Short Squeeze: o que é e como funciona?

Short Squeeze é um movimento de forte valorização súbita de ativos e uma das operações usadas na área especulativa. Acesse e saiba mais!

O short squeeze é um movimento do mercado financeiro que provoca a valorização de algum ativo de forma muito significativa. Ou seja, há um aumento súbito do seu valor. A principal causa deste aumento é o alto volume de operações vendidas que faz com que os investidores sejam obrigados a vender os seus ativos. 

Para entender melhor o que é o short squeeze, porque essa forte valorização acontece, se é possível prevê-los e ainda conhecer um famoso exemplo, confira o artigo a seguir.

Short Squeeze: o que é e como funciona?

Short squeeze é nome utilizado para definir um movimento brusco de aumento significativo no preço de uma ação na bolsa de valores. Esse é um movimento puramente especulativo do mercado financeiro e ocorre quando há falta de uma ação no mercado. 

Os principais motivos que levam a um short squeeze são:

  • Doadores de ações (investidores que fazem o aluguel das suas ações) não estão mais dispostos a renovar o empréstimo;
  • Doadores de ações solicitam uma taxa muito alta pelo aluguel dos seus ativos;
  • Quando a ação está próxima ao limite de free float (porcentagem de ações que a empresa emite para serem negociadas na bolsa) estabelecido pela B3, que é de 20%.

É importante destacar também que o short squeeze não tem como base os movimentos do mercado financeiro. Portanto, ele é independente dos “humores” da bolsa e do mercado financeiro. Outra característica é que ele é temporário e geralmente dura um curto período de tempo.

Operar vendido: o que significa?

Para entender bem o que é o short squeeze, é preciso antes entender o conceito de operar vendido. Esse tipo de negociação também é chamada de vender a descoberto ou de short. O seu principal objetivo é vender um ativo por um valor e recomprá-lo por um preço menor posteriormente, lucrando com essa transação.

Segue um bom exemplo para que você possa entender. Vamos supor que você tenha um lote de 150 ações da empresa XYZ e que cada uma dessas ações esteja valendo R$ 25,00. Ou seja, o total que você tem investido nesse ativo é de R$ 3.750,00. 

Naquele dia, assim que o pregão abriu, você vendeu todo o seu lote de ações da XYZ. Ao longo do dia, essas ações sofreram uma pequena desvalorização, passando a valer R$ 23,00 cada uma. Se, ao final do dia, você recomprar o mesmo lote de 150 ações, você pagará por elas R$ 3.450,00. Isso significa que você teve um lucro de R$ 300,00 com essa transação.

Geralmente, os investidores que operam vendido fazem isso por meio do aluguel de ações. E, por mais que a maioria dos investidores faça essas operações no curtíssimo prazo (em um dia), elas também podem ser feitas a prazos mais longos, como meses, por exemplo.

Por que o short squeeze acontece?

Basicamente, um short squeeze se resume à falta de oferta ao mesmo tempo em que há excesso de demanda de um determinado ativo. Mas, para que ele aconteça, é fundamental que haja uma sequência de eventos. São eles:

  1. Primeiramente, é preciso ter investidores operando vendido um determinado ativo. Portanto, eles estão apostando que esse ativo irá desvalorizar;
  2. Entretanto, esses investidores começam a ter dificuldades para encontrar esses ativos para alugar;
  3. Desta forma, eles são obrigados a zerar suas posições, ou seja, vender todas as ações que eles compraram.

Dito isso, fica claro que é perfeitamente possível forçar para que short squeeze aconteça. Isso pode ser feito alugando-se um grande volume de ações de um determinado ativo de uma só vez, provocando a escassez do ativo no mercado. Com menor quantidade de ações, os preços irão subir temporariamente.

Como prever um short squeeze?

Prever o que vai acontecer no mercado financeiro é impossível. Entretanto, os analistas trabalham justamente avaliando diferentes indicadores que possam apontar para algum tipo de movimento. 

O mesmo princípio se aplica ao short squeeze, em que o mercado dá sinais de que ele pode acontecer. Portanto, você deve se atentar a duas coisas para tentar antever um short squeeze:

  • Proporção de ações alugadas e as ações que estão disponíveis no mercado;
  • Proporção entre ações alugadas e o volume de operações que vem sendo realizado com o ativo.

Quanto maiores forem essas proporções, maior será a chance de ocorrer um movimento de short squeeze.

Exemplo de short squeeze

Entre os diversos eventos de short squeeze que já aconteceram, há uma situação importante que  ocorreu entre 2012 e 2018. Ele envolveu a empresa Herbalife, nos Estados Unidos. O evento ficou tão conhecido que serviu de inspiração para o filme “Apostando no Zero” (título original “Betting on Zero”).

Ele ocorre com Bill Ackman, CEO e fundador da Pershing Square Capital Management, uma gestora de fundos americana. Durante muitos anos, Bill esteve envolvido em uma forte campanha para desacreditar a Herbalife. Entre outras coisas, ele acusava a empresa de funcionar em esquema de pirâmide.

Entretanto, o que Ackman realmente queria era fazer com que o valor das ações da Herbalife caíssem. Tudo isso porque ele estava operando vendido com as ações da empresa, ou seja, ele lucraria somente se as ações desvalorizassem. 

Apesar da campanha de Ackman para denegrir a Herbalife, os ativos da empresa se valorizaram e começaram a apresentar a tendência de alta. Então, em 2018, ele zerou a sua posição. Este evento ficou conhecido como “a mãe de todos os short squeezes”.

Caso ainda tenha ficado com alguma dúvida sobre o funcionamento do short squeeze, você pode escrever para a Capital Research. Nós temos uma equipe de especialistas que irão te auxiliar.

Ainda, se adquirir um dos planos da Capital Research, você poderá acessar conteúdos exclusivos na nossa plataforma, terá assessoria para investimentos e também poderá fazer cursos gratuitos. 

Além disso, no  blog da Capital Research você tem acesso a diversas dicas de investimentos. Acompanhe!

Recomendados

Investimentos

Ajuste de Avaliação Patrimonial: entenda o conceito e como aplicar

Saiba como funciona o Ajuste de Avaliação Patrimonial. Confira nosso artigo e ...

3 anos atrás

Investimentos

Business to business: saiba o que é e seus desafios

Você realmente sabe o que é B2B ou Business to business? Vamos explicar para você ...

3 anos atrás

Investimentos

Ciclo econômico: o que é e como ganhar dinheiro com cada um

É essencial compreender o ciclo econômico para gerir seus investimentos e ganhar ...

2 anos atrás