Padrão de vida: como investir e gastar para o futuro

Manter um padrão de vida confortável exige planejamento e investimento. Descubra estratégias para alcançar a saúde financeira.

Você sabe qual é o seu padrão de vida atual? Tem alguma projeção de como ele vai ser no futuro? 

Para manter e até elevar seu nível de gastos atual, o planejamento financeiro deve ser feito o quanto antes. Dessa forma, você garante um orçamento satisfatório no longo prazo, que dê conta das suas necessidades e metas.

Mas como elaborar uma estratégia eficaz? Saiba que ela passa necessariamente pelos investimentos. Ao fazer aplicações financeiras, mais do que manter o padrão de vida atual, é possível elevá-lo com o tempo. Neste guia, descubra o passo a passo para usar o seu dinheiro com sabedoria.

Padrão de vida e o planejamento financeiro

O padrão de vida pode ser traduzido como os gastos referentes à compra e manutenção de itens que compõem o estilo de vida de uma pessoa. E ele está diretamente relacionado ao planejamento financeiro. 

Sem ele, é fácil perder o controle das finanças e se endividar. Aí, as chances de você ter que reduzir o padrão de vida para dar conta das dívidas aumentam.

Mas antes de entender como gerenciar o padrão de vida, é preciso saber o que é planejamento financeiro. Para os escritores de finanças Kevin Voigt e Alana Benson, trata-se de um processo contínuo que reduz estresse relacionado a dinheiro, dá suporte às necessidades e ajuda a construir objetivos de longo prazo. É o que eles afirmam em um artigo para o site NerdWallet.

“O planejamento financeiro é importante porque permite que você aproveite ao máximo seus ativos e ajuda a garantir que você atinja suas metas futuras”, destacam os autores. 

Como controlar as finanças sem alterar o padrão de vida

A seguir, descubra as medidas essenciais para gerenciar as finanças e manter o seu padrão de vida atual:

1. Controle o orçamento

Controlar o orçamento e mapear gastos e renda é uma estratégia fundamental para entender qual é o seu padrão de vida e para se manter dentro dele. Trata-se da etapa básica para gerenciar as finanças com eficácia e garantir a saúde do orçamento no longo prazo.

2. Fique longe das dívidas

Esta dica é uma consequência da anterior: com o controle do orçamento, é mais fácil evitar o endividamento. Conforme mencionamos, isso é essencial para que você sustente o padrão de vida ao longo do tempo, sem a necessidade de eventualmente reduzi-lo para pagar dívidas acumuladas.

3. Comece a investir

Por fim, invista o seu dinheiro para garantir um padrão de vida confortável no futuro. Se você ainda não faz aplicações financeiras, não se preocupe: é possível começar aos poucos e de forma segura. 

Identificar o seu perfil de investidor e tolerância ao risco, estudar sobre os diferentes tipos de investimentos e ter paciência para alcançar uma boa rentabilidade são passos essenciais.

Como investir para manter o padrão de vida no futuro

A seguir, descubra opções de investimentos para garantir um padrão de vida confortável no futuro:

Títulos atrelados à inflação

Títulos atrelados à inflação são aqueles em que a rentabilidade acompanha o Índice de Preços ao Consumidor Amplo. O IPCA funciona como um termômetro da inflação no Brasil. 

Por isso, aplicações nessa categoria devem render além da taxa de inflação para garantir uma rentabilidade capaz de manter o poder de compra do investidor.

Entre os investimentos na categoria, estão:

  • Tesouro Direto
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI)
  • Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)
  • Fundos de investimento.

 

Fundos de previdência privada

Os fundos de previdência privada são oferecidos por bancos e corretoras e funcionam como um investimento de longo prazo para complementar a aposentadoria do INSS. 

Nesse caso, a rentabilidade varia conforme o fundo e os ativos nos quais o dinheiro é aplicado, que podem ser de renda fixa e de renda variável. 

Além disso, quanto maior é o tempo de aplicação, mais vantajoso se torna o investimento, sobretudo devido à possibilidade de alcançar alíquotas mais baixas de Imposto de Renda e de fazer restituição de valores. Outra vantagem dos fundos de previdência privada é o baixo risco para o investidor que tem foco no longo prazo.

Fundos multimercado

Outra opção para diversificar os investimentos são os fundos multimercado. Neles, o investidor tem liberdade para aplicar valores em diferentes classes de ativos em uma única carteira de investimentos. 

Assim, é possível investir em renda fixa e renda variável ao mesmo tempo, combinando diferentes níveis de risco e rentabilidade.

Além da flexibilidade, há a vantagem de que a gestão do investimento é feita por um profissional especializado, que leva em conta o seu perfil de investidor e objetivos financeiros para definir a melhor estratégia.

Fundos de ações

Os fundos de ações são uma alternativa para quem busca rentabilidade maior em relação aos ativos de renda fixa. Os fundos comercializam ações negociadas na Bolsa de Valores e reúnem dinheiro de diversos investidores, que adquirem cotas. 

Trata-se de uma opção acessível para quem não domina o mercado acionário, uma vez que a alocação dos recursos e o acompanhamento dos números do mercado é feito por um gestor especialista.

Fundos imobiliários

Os fundos imobiliários, conhecidos como FIIs, também reúnem diversos investidores cotistas. Mas nesse caso o investimento é feito no setor imobiliário. As cotas são negociadas na Bolsa de Valores, o que torna os fundos imobiliários um investimento em renda variável. 

A remuneração pode vir tanto do recebimento de valores referentes a aluguéis (com isenção de Imposto de Renda para pessoa física) quanto da valorização das cotas do investidor ao longo do tempo.

E aí, gostou das dicas para cuidar das finanças? Lembre-se de que investir é o caminho não apenas para manter o padrão de vida, mas para elevá-lo com o tempo. Se este conteúdo foi útil para você, compartilhe.

Recomendados

Investimentos

Longo prazo nos investimentos: o que é e como chegar lá

...

2 anos atrás

Investimentos

Previdência privada: como funciona para fazer uma aposentadoria complementar

A previdência privada é um investimento de longo prazo que atende a diferentes ...

2 anos atrás

Investimentos

Como fazer um planejamento financeiro para o longo prazo

...

2 anos atrás