Engenharia econômica: o que é e como ingressar na área

A engenharia econômica une a visão econômico-financeira às técnicas de engenharia. Veja como ingressar nessa área.

A engenharia econômica é uma área que trata dos processos econômicos-financeiros utilizando técnicas da engenharia. Além de fazer parte dos cursos de Engenharia de Produção, essa disciplina é útil para qualquer profissional interessado em tomar melhores decisões de investimentos e analisar a viabilidade econômica de projetos em empresas.

Para ingressar na área, é preciso entender de matemática financeira, taxas, índices, mercado financeiro e métodos de avaliação de investimentos, por exemplo. Se você tem interesse na carreira de engenharia econômica, vale a pena conferir este artigo e aproveitar as dicas de cursos. 

Siga a leitura e veja se você se encaixa na área.

O que é engenharia econômica

Engenharia econômica é uma área que utiliza as técnicas de engenharia para realizar análises de custos, investimentos e processos econômico-financeiros em geral. Além de ser uma disciplina do curso de Engenharia de Produção, é uma importante área do conhecimento para a tomada de decisão financeira nas empresas do segmento. 

Na engenharia econômica, são definidas estratégias para avaliar a viabilidade econômica de projetos e encontrar alternativas de crescimento, tendo como base a matemática financeira.  Por isso, é uma competência essencial para otimizar custos e direcionar investimentos nas empresas.

O primeiro livro sobre o assunto foi The Economic Theory of Railway Location (Wiley, 1914) de A. M. Wellington, publicado originalmente em 1877. Décadas depois, em 1930, Eugene L. Grant publicou Principles of Engineering Economy (Wiley, 1990), que traz os fundamentos da nova disciplina e estrutura seu ponto de vista econômico sobre a engenharia. 

Cursos de engenharia econômica

Se você se interessou por engenharia econômica, é possível fazer um curso online ou mesmo uma especialização na área.

Confira algumas opções de formações. 

Engenharia Econômica (Veduca)

O curso online Engenharia Econômica está disponível na plataforma Veduca e é ministrado pelo Professor Doutor do departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP Erik Rego. Sua carga horária é de 45 horas, com 7 horas de vídeo e certificado incluso por R$ 97,00. 

O curso aborda conceitos aplicados para a gestão de recursos financeiros em projetos de inovação em empresa. Algumas das matérias da ementa são juros simples e compostos, dinheiro do tempo, sistemas de amortização de financiamento, estimativa de custo de capital, taxas de mercado, entre outras. 

Análise de Investimentos e Engenharia Econômica (Unicesumar)

O curso Análise de Investimentos e Engenharia Econômica da Unicesumar está disponível no portal Universo EAD. Seu conteúdo trata dos fundamentos da engenharia econômica, embasado na matemática financeira e análise do valor do dinheiro em relação ao tempo.

O curso é organizado por unidades e conta com o apoio de e-books, videoaulas em full HD, atividades de autoestudo, além de tutoria especializada realizada 100% online pelo Ambiente Virtual de Aprendizagem. Não é exigida escolaridade ou idade mínima para a matrícula, e a duração é variável. 

Especialização em Engenharia Econômica (UFRGS)

Para quem busca uma formação mais sólida, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) oferece o curso de Especialização em Engenharia Econômica e Análise Gerencial de Custos. O objetivo é capacitar, atualizar e especializar alunos para modelar, planejar e otimizar processos econômico-financeiros dentro dos melhores padrões de eficiência e produtividade.

A formação é voltada a profissionais que atuam nas áreas financeira, de análise de custos, estudos de viabilidade técnica e econômica de projetos, engenharias, administração e demais áreas afins.

O que você vai aprender em engenharia econômica 

Antes de fazer um curso de engenharia econômica, é importante saber o que você vai aprender nesse tipo de formação.

Veja quais são as principais disciplinas. 

Matemática financeira

A disciplina de matemática financeira é uma das bases da engenharia econômica e essencial para todo profissional que lida com dinheiro. Seus conteúdos incluem fórmulas de juros simples e compostos, porcentagem, razão e proporção, frações, etc.

Gestão de riscos

No campo de gestão de riscos, você vai aprender a organizar, planejar, controlar e dirigir os materiais e recursos humanos para reduzir os possíveis riscos para a empresa ou projeto. O processo abrange a identificação do risco, mensuração de seus efeitos e medidas de mitigação. 

Análise de custos 

Os cursos de engenharia econômica também capacitam os profissionais para fazer análise de custos e otimização dos gastos da empresa. Dessa forma, é possível avaliar o custo-benefício de projetos, melhorar os processos de precificação e aumentar o lucro do negócio.

Mercado financeiro

Para orientar melhores decisões sobre investimentos, a engenharia econômica também abrange o conhecimento do mercado financeiro. Nessa disciplina, o funcionamento dos mercados é estudado em profundidade, permitindo a alocação inteligente de ativos.

Inclusive, você pode se informar sobre o mercado e investimentos na Capital Research, que disponibiliza inúmeros conteúdos no blog e uma newsletter diária com as melhores recomendações e oportunidades. Então, se você gostou da área de engenharia econômica, já pode começar seus estudos. 

Recomendados

Investimentos

ADX: O que é e como se usa esse indicador?

Saiba de que maneira o ADX indica a força de uma tendência para investir melhor. ...

2 anos atrás

Investimentos

Como investir em debêntures: conheça melhor essa opção de investimento

As debêntures são mais uma opção para você diversificar seus investimentos. ...

2 anos atrás

Investimentos

Conheça os principais tipos de investimento do mercado financeiro

Aprenda sobre os tipos de investimento disponíveis, seus respectivos níveis de ...

3 anos atrás