ADX: O que é e como se usa esse indicador?

Saiba de que maneira o ADX indica a força de uma tendência para investir melhor. Aprenda o que é e como analisar.

Quer investir mais e melhor? Então saiba que o ADX é uma importante ferramenta disponível para o investidor entender qual é a tendência do mercado de ações. Através da análise desse e de outros dois índices, é possível saber se a tendência do mercado é de alta ou baixa e, assim, entender qual o melhor momento para comprar ou vender ações.

Para te ajudar a entender melhor como este índice funciona e conseguir se posicionar melhor no mercado, preparamos o artigo abaixo. Vamos lá?

O que é o ADX (Índice Direcional Médio)

ADX é a sigla utilizada para identificar o termo Índice Direcional Médio (do inglês, Average Directional Index). Ele foi criado pelo engenheiro mecânico norte-americano Welles Wilder. De maneira geral, ele decidiu deixar a sua carreira para investir no mercado imobiliário, partindo em seguida para o mercado de ações. Após anos de experiência, Wilder foi o responsável pela criação de diversos índices importantíssimos do mercado financeiro. A maior parte deles publicados em 1978 em seu livro New Concepts in Technical Trading Systems.

Mas qual a importância da ferramenta criada por Wilder? Este índice é utilizado para verificar qual é a força de uma tendência no mercado financeiro e possui uma classificação que varia de 0 a 100. Quando está acima de 25, o ADX indica uma tendência forte de alta, enquanto que, quando está abaixo disso, a tendência é de queda.

Além disso, o ADX também está relacionado com o DMI (Índice de Movimento Direcional), cuja função também é rastrear e verificar a força da tendência. É importante mencionar que o ADX deve ser analisado em conjunto com o DI+ (Positive Directional Indicator) e o DI- (Negative Directional Indicator). A seguir explicaremos melhor como a análise deve ser feita.

Como se usa o ADX

Para se obter o ADX, é preciso efetuar alguns cálculos que tem como base os outros índices mencionados acima, DI+ e DI-. Todos esses índices devem ser analisados em conjunto e são representados em gráficos de tendência. Ao observar o gráfico, é possível perceber que ele é composto por três linhas: a linha cinza representa o ADX, a linha verde o DI+ e a linha vermelha o DI-.

Com relação ao ADX, a curva apresentada no gráfico pode ser interpretada da seguinte forma:

  • Quando ela está acima de 25, isso indica que uma tendência forte;
  • Quando ela está abaixo de 25, a indicação é de uma tendência fraca;
  • O ADX raramente fica acima de 50, mas isso indica uma tendência muito forte.

O ADX mostra apenas a força da tendência, por isso, para saber se ela é positiva ou negativa, é necessário avaliar os indicadores de direção, DI+ e DI-:

  • Quando a linha de crescimento do DI+ fica acima da linha do DI-, a indicação é de alta, podendo ser considerado como um sinal para comprar ações;
  • Quando a linha de crescimento do DI- fica acima da linha do DI+, a indicação é de baixa, podendo ser considerado como um sinal para vender ações.

Portanto, o ADX ajuda os investidores a determinar a força da tendência, enquanto DI- e DI+ ajudam a determinar a sua direção. Assim, dois índices direcionais são usados ​​para ajudar a avaliar se uma negociação deve ser realizada no curto ou longo prazo. Ainda, se uma negociação de ações deve ser realizada.

Conheça a fórmula do ADX

A fórmula utilizada para calcular o ADX inclui as variações dos indicadores de direção de movimento, DI+ e DI-. O cálculo do ADX é feito da seguinte forma:

ADX = MA [((DI+) – (DI-)) / ((DI+) + (DI-))] x 100

Saiba como identificar uma tendência usando o índice ADX

O ADX tem sido utilizado como um dos índices mais populares entre os investidores para avaliar a tendência do mercado financeiro. Portanto, é uma poderosa ferramenta para quem investe ou pretende investir na bolsa de valores.

Ao utilizar o índice, será possível identificar as tendências de alta e de queda e o quão fortes elas são. Assim, você conseguirá se posicionar melhor no mercado financeiro e tem mais chances de conseguir vender ou comprar as ações no momento que for mais conveniente. Quanto antes as tendências puderem ser verificadas, melhor para o investidor.

Para te ajudar a identificar qual é a tendência usando o índice ADX, seguem algumas dicas e exemplos:

  • Se o DI+ estiver acima do DI- e o ADX for maior do que 25, então a tendência é de alta;
  • Se o DI- estiver acima do DI+ e o ADX for maior do que 25, então a tendência é de baixa;
  • Quando o ADX for menor do que 25 e estiver abaixo do DI+ e do DI-, isso significa que não há nenhuma tendência;
  • Quanto mais próximas forem o DI+ e o DI-, mais próximo do 0 o ADX estará. Isso mostra que não há nenhuma tendência;
  • Quanto mais distantes o DI+ e o DI- estiverem um do outro, maior será o ADX. O resultado é que a tendência poderá ser forte e a direção vai depender de qual índice de direção for maior.

Uma excelente maneira de conseguir identificar quando uma nova tendência se inicia é prestando atenção à linha que representa o ADX no gráfico de tendências. Quando essa linha estiver crescente, isso é indicativo de que há aceleração de tendência. Caso a linha esteja se movimentando na direção contrária, então a tendência é de perda de força.

Para conseguir identificar quais são os melhores momentos para compra e venda de ações, também é importante prestar atenção nas linhas DI+ e DI- e quando elas cruzam uma com a outra:

  • As compras são indicadas quando a DI+ cruza a DI- em sentido crescente, ou seja, de baixo para cima;
  • As vendas são indicadas quando a linha DI- cruza a DI+ em sentido crescente, ou seja, de baixo para cima.

Se você estiver à procura de um grande aliado para os seus investimentos, confira os planos da Capital Research. Assinando qualquer um dos planos, você terá acesso a muitos conteúdos exclusivos e poderá montar uma carteira de investimentos com auxílio de uma equipe de especialistas, conforme as suas metas.

Recomendados

Investimentos

OPEX: o que esse indicador de despesas tem a ver com a minha empresa?

despO Opex se refere às esas operacionais da sua companhia em contrapartida às ...

3 anos atrás

Investimentos

Dividend Yield: o indicador de rendimento de dividendos para acionistas

Já ouviu falar do Dividend Yield? Nós, da Capital Reseach, preparamos um artigo ...

2 anos atrás

Investimentos

Conheça os principais tipos de investimento do mercado financeiro

Aprenda sobre os tipos de investimento disponíveis, seus respectivos níveis de ...

3 anos atrás