XBOV11: Entenda tudo e saiba como investir neste fundo de índice

Entenda o que são os fundos de índice, ou ETFs, e saiba mais sobre um deles: o XBOV11

O mercado de capitais é um sistema de distribuição de valores mobiliários, proporcionando liquidez aos títulos de emissão de empresas e viabilizando o processo de capitalização. Esse mercado é constituído pelas bolsas de valores, sociedades corretoras e outras instituições financeiras autorizadas.

Os títulos mobiliários negociados representam o capital social das empresas ou empréstimos (debêntures), conversíveis em ações, bônus de subscrição ou outros papéis. Isso permite a circulação de capital e também custeia o desenvolvimento econômico. 

Um tipo de ativo negociado na bolsa é o ETF (Exchange Traded Fund), também chamado de fundo de índice. Trata-se de um fundo de investimento negociado na Bolsa de Valores como se fosse uma ação, acompanhando um índice. O perfil do investidor de ETFs é de moderado a arrojado, mas também pode ser uma boa alternativa a iniciantes, já que sua exposição é indireta, quando comparado às ações.

Existem inúmeros ETFs, e um deles é o XBOV11, sobre o qual  iremos explicar nos próximos tópicos.  

O que é XBOV11?

O XBOV11, ou Caixa ETF Ibovespa Fundo de Índice, é um ETF que replica o desempenho do índice Ibovespa. Ele é composto pelas ações da Bolsa de Valores com maior volume financeiro. O XBOV11 é gerido e administrado pela Caixa Econômica Federal e seu lote padrão é de 10 cotas, sendo cobrada uma taxa de administração de 0,50% ao ano. 

Como funciona o XBOV11

O XBOV11 possibilita a aplicação de dinheiro em ações de várias empresas de uma só vez. Suas cotas são emitidas e resgatadas em lotes mínimos de 50 mil cotas, e essas transações são recebidas e processadas em dias úteis até às 16h55. 

É possível aplicar e resgatar o investimento no XBOV11 a qualquer momento, mas o crédito e o débito na conta do cotista ocorrem somente três dias úteis após o fechamento da operação no mercado. 

Como investir em XBOV11

Existem duas alternativas para quem deseja começar a investir no ETF da Caixa Econômica Federal: o mercado primário e secundário.

O cotista pode se dirigir diretamente a um agente e requerer a compra de lotes do XBOV11. Ele também pode realizar essa compra com uma corretora de investimentos. Outra possibilidade é efetuar a compra e venda pelo home broker da Caixa Econômica Federal, para quem é correntista desse banco. 

Prós e Contras de investir em XBOV11

 

Prós

Diversificação

Ao investir no XBOV11, o investidor está agregando várias ações de diferentes empresas à sua carteira.

Riscos menores

Como o índice é composto de muitas empresas, as mais negociadas da Bolsa, os riscos diminuem.

Alto custo-benefício

Como os custos operacionais são baixos, já que a compra e venda de várias ações em conjunto compreendem um único custo de corretagem, essa transação possui um ótimo custo-benefício.

Acesso facilitado

Não é preciso ter um grande conhecimento do mercado de capitais para ter acesso a esse investimento.

Flexibilidade

ETFs como o XBOV11 podem ser comprados e vendidos sempre que o mercado estiver aberto.

Transparência

A composição dos fundos de índice é transparente, e os cotistas conseguem saber exatamente o que têm em mãos.

Contras

Carteira pouco inteligente

Para investidores mais avançados, a gestão individualizada de ativos pode trazer melhores resultados.

Sem benefício tributário

Nos fundos de índice, a alíquota do IR é sempre de 15% sobre os lucros obtidos. Nas ações, o investidor tem isenção de IR para vendas que não ultrapassem R$ 20 mil. 

Quer investir de acordo com seu perfil? Encontre as melhores recomendações de investimentos no site da Capital Research.

Recomendados

Investimentos

BRAX11: Entenda tudo e saiba como investir neste fundo de índice

BRAX11: Entenda tudo e saiba como investir neste fundo de ...

2 anos atrás

Investimentos

Como investir em ações com pouco dinheiro: passo a passo

Aprenda como investir e comprar ações com pouco dinheiro, confira nosso passo a ...

3 anos atrás

Investimentos

FGC: O que é e como funciona o Fundo Garantidor de Créditos?

Descubra o que significa, como funciona e quem pode contar com a garantia do ...

2 anos atrás