Título de Capitalização: vale a pena?

Um dos produtos mais oferecidos pelos bancos como investimento é o Título de Capitalização. Saiba tudo sobre esse produto e entenda se vale a pena investir nele!

Um dos produtos mais conhecido dos brasileiros é o título de capitalização. Este é um produto regulado pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) e é basicamente uma maneira de guardar dinheiro e ainda concorrer a sorteios. Mas será que vale a pena colocar o dinheiro em um título de capitalização?

 

O que é um Título de Capitalização?

Um Título de Capitalização é um produto feito para que seja realizada uma economia com compromisso. Basicamente, o banco vai tirar uma quantia da sua conta para comprar esse título dentro de um período definido no momento da contratação.

Além dessa economia compromissada, você irá concorrer a sorteios de prêmios de acordo com o que estava definido no momento da contratação. No final do prazo do seu título de capitalização, você recebe de volta todo o dinheiro colocado.

Mesmo sendo vendido pelos bancos, esse tipo de produto é considerado um seguro, inclusive sendo regulado pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados é uma autarquia da Administração Pública Federal brasileira).

Outro fator importante de se ter em mente: os títulos de capitalização não são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). Ou seja, caso a instituição financeira tenha algum problema, existe a chance de perder o dinheiro economizado.

 

Tipos de Títulos de Capitalização

Existem alguns tipos de Títulos de Capitalização, que eles seguem uma estrutura bem parecida. Vamos conhecer agora os tipos de títulos de capitalização disponíveis no mercado.

  • Tradicional

Esse é o Título de Capitalização mais encontrado no mercado. No final do prazo de vigência, você recebe o valor total do dinheiro aplicado, desde que esteja em dia com os pagamentos. Em casos de resgate antecipado, pode ser que seja resgatado um valor inferior ao total de aplicações feitas até o momento.

  • Popular

Essa modalidade é mais focada na participação dos sorteios, e não existe a obrigatoriedade da devolução do valor total aplicado.

  • Compra Programada

Um título de capitalização na modalidade Compra Programada precisa preencher uma ficha cadastral, onde indica se prefere receber a quantia guardada de volta, ou um serviço específico no final do prazo de vigência do título. Nesta modalidade, além do saldo já aplicado, os sorteados durante o prazo de pagamento podem receber o valor total do título.

  • Incentivo

Esse tipo de título de capitalização está mais ligado a ações promocionais de empresas, e servem como motivação para manter os pagamentos em dia e continuar a participar dos sorteios.

 

Prazos de um Título de Capitalização

Como qualquer produto do mercado financeiro, o título de capitalização possui especificidades que precisam ser levadas em conta, e uma delas são os prazos. Vamos entender agora o que são estes prazos.

  • Prazo de pagamento

O prazo de pagamento é o tempo em que o consumidor se compromete a fazer os pagamentos acordados do título de capitalização. Existem três modalidades:

  • Pagamento Único (PU): é realizado um único pagamento no momento da compra do título
  • Pagamento Mensal (PM): como o próprio nome sugere, são realizados pagamentos em parcelas mensais, durante o prazo de vigência.
  • Pagamento Periódico (PP): quando não existe correspondência entre o número de pagamentos e o número de meses no prazo de vigência.

É importante ter em mente que, dependendo das regras do título de capitalização, os pagamentos atrasados podem sofrer multas.

Além disso, o atraso nos pagamentos pode trazer outras penalidades, como a suspensão dos direitos aos prêmios sorteados.

  • Prazo de vigência

O prazo de vigência é a duração do título de capitalização. Enquanto estiver dentro do prazo, os valores aplicados continuam a ser reajustados de acordo com as regras acordadas no início do título, e o consumidor continua participando dos sorteios.

Após o prazo de vigência terminar, os valores aplicados param de serem remunerados e o consumidor não tem mais direito ao sorteio.

  • Prazo de carência

Em alguns títulos de capitalização existe um prazo de carência, que é quando nenhum valor aplicado poderá ser resgatado. Além disso, após esse prazo inicial, é possível que exista uma multa para o resgate antecipado que pode chegar em até 10%.

 

Vantagens e desvantagens de um título de capitalização

  • Investimento automático

Um dos argumentos das pessoas que entram em um título de capitalização é o investimento automático. Alguns títulos de capitalização permitem que os pagamentos possam ser programados para serem retirados automaticamente da conta-corrente.

  • Rentabilidade

Quando se compra um título de capitalização, uma parte do seu dinheiro vai para custear os prêmios e as taxas do banco. Depois de cobradas essas taxas, o que sobra é o que será rentabilizado. Na maioria dos casos, você receberá exatamente o mesmo valor que foi aplicado, ou seja, terá uma rentabilidade menor que a poupança e a inflação, perdendo poder de compra.

  • Possibilidade de prêmios

Mais um forte argumento dos bancos e de quem entra em um título de capitalização é a possibilidade de ser sorteado e ganhar algum dos prêmios. Apesar dessa possibilidade realmente existir, e os sorteados terem a chance de ter um ganho alto, são pouquíssimos os participantes que realmente irão ganhar alguma coisa. A maioria irá realizar os pagamentos e acabar o Título de Capitalização sem ter sido sorteado.

  • Tempo de resgate

O tempo de resgate dos títulos de capitalização geralmente são em torno de 12 meses, mas isso pode variar de acordo com o título contratado. Isso é algo que deve ser levado em consideração pois, caso o consumidor desista da ideia ou precise do dinheiro e queira resgatar antecipadamente, pode perder até 10% do valor aplicado.

 

Vale a pena investir em um Título de Capitalização?

Podemos notar que, se você busca rentabilidade e crescimento do seu patrimônio, não vale a pena aplicar em um título destes.

No final das contas, um Título de Capitalização é um jogo, onde existe a possibilidade de ganhar alguns prêmios. Por isso é importante ter em mente que estes títulos são muito mais próximos de uma loteria do que de um investimento.

Além disso, o Título de Capitalização só traz vantagens aos bancos: o dinheiro aplicado está sob custódia daquele banco, onde será rentabilizado e trará outros lucros para o banco.

Enquanto isso, o investidor recebe uma rentabilidade abaixo da poupança, e ainda paga pela administração e pelos prêmios que serão sorteados.

Considerando todos estes pontos, o investidor consegue produtos muito melhores para aplicar seu dinheiro e ter uma rentabilidade verdadeira.

Descubra novas formas de rentabilizar seu dinheiro e aumentar seu patrimônio. Confira os planos da Capital Research e invista com a orientação de especialistas certificados.

Recomendados

Investimentos

Capitalização composta: o que é, exemplos e como aproveitar

...

3 anos atrás

Investimentos

Capitalização simples: entenda o conceito e impactos nos investimentos

Saiba mais sobre a capitalização simples, como calcular e qual sua utilidade para o ...

3 anos atrás

Investimentos

Taxa Over: o que é, quando é aplicada e como calcular

Taxa Over é uma taxa de capitalização por dia útil. Descubra como ela é ...

3 anos atrás