Taxa Over: o que é, quando é aplicada e como calcular

Taxa Over é uma taxa de capitalização por dia útil. Descubra como ela é utilizada no mercado financeiro, impactando nos seus investimentos

o-que-e-taxa-over

Todo investimento pode, ao fim de um período, apresentar rendimento ou não, conforme certos indicadores, como a Taxa Over.

Certamente, você já deve ter assistido no noticiário ou lido na internet que a Taxa Selic aumentou ou diminuiu, gerando assim aumento ou redução nos juros da economia.

Então, a Taxa Over é, de certa forma, um índice tal como a Selic. Ela é usada por instituições financeiras para determinar o quanto um ativo rende.

Vale a pena conhecê-la melhor, em especial se você pensa em investir em algum fundo ou aplicação cujos rendimentos sejam indexados por essa taxa.

Mesmo que não seja seu objetivo fazer um investimento por agora, ainda assim é bastante útil entender o mecanismo por trás dela. Ou seja, você só tem a ganhar ao continuar lendo este artigo.

Vamos em frente?

O que é a Taxa Over?

Em jogos eletrônicos, uma partida só acaba de duas formas: quando o objetivo maior é cumprido ou quando o jogador visualiza a mensagem “game over”.

No mercado financeiro, o termo “over” tem um sentido parecido, sendo usado para definir o fim de um período, no caso o dia útil.

Mas, atenção: a Taxa Over é ligeiramente diferente da Overnight, embora cumpram, na prática, a mesma função, que é remunerar ou taxar o capital investido.

No caso da Taxa Over, o que conta mesmo são os dias úteis, enquanto na Overnight todos os dias são válidos.

Dito isso, é de se esperar que uma aplicação sujeita à Overnight tenha rendimentos ou seja taxada em valores brutos superiores.

A Taxa Over, por sua vez, é um índice nominal, por meio do qual se sabe a quantidade de dias úteis em que os juros serão capitalizados.

Assim, é possível apurar a taxa efetiva de um período, por meio de cálculo que utiliza uma fórmula específica.

Quando a Taxa Over é aplicada?

Dependendo do tipo de aplicação ou operação financeira, a Taxa Over pode representar ganhos ou perdas. Isso porque existe a chance de uma taxa de juros variar para cima ou para baixo, uma vez que seja aplicada.

Um bom exemplo disso é a taxa de juros do cheque especial, normalmente indexada pela Taxa Over. Contudo, nem sempre ela é usada para o “mal”. Isso porque diversos fundos de investimentos remuneram investidores tomando-a como referência. Ou seja, ela é aplicada tanto para expressar a rentabilidade quanto o custo de um ativo financeiro.

Um outro exemplo de investimento indexado por essa taxa é o CDI Over, que tem rentabilidade diária. Assim sendo, a Taxa Over é aplicada para investimentos de curto prazo e cada banco opera com taxas próprias.

Como funciona a incidência de Taxa Over

Ao conhecer a Taxa Over diária, é possível identificar a rentabilidade ou o quanto se paga por um ativo ao longo de meses ou de um ano.

Ela incide, como vimos, diariamente, o que influencia no cálculo em períodos mensais e anual.

Se estivermos falando da taxa para um mês, então, devemos considerar 23 dias, ou a quantidade de dias úteis, levando que meses podem ter de 28 a 31 dias.

E se o objetivo é conhecer a Taxa Over para um ano, então, devem ser considerados 252 dias, que podem variar, dependendo da quantidade de feriados ou se for um ano bissexto.

Basicamente, a taxa vai incidir conforme um ativo financeiro permaneça aplicado.

Por isso, quanto mais dias ele estiver na sua carteira, mais juros vai render ou maior será o custo do capital.

Sabendo disso, é possível comparar o custo e a rentabilidade de aplicações em diferentes instituições financeiras.

Para tanto, é preciso apenas calcular a Taxa Over para períodos diários e mensais.

Dessa forma, você poderá saber com antecedência o quanto seu orçamento será impactado por um empréstimo ou um investimento financeiro.

Fórmula da Taxa Over

Digamos que você pretende fazer uma aplicação em CDI Over e deseja saber o quanto ele vai render ao longo do ano.

Como vimos, a Taxa Over é aplicada somente em dias úteis, que variam de um ano para o outro.

Logo, a primeira informação a ser apurada é a quantidade de dias úteis que o ano em questão terá.

Para facilitar, você pode simplesmente acessar este site, no qual a quantidade de dias úteis de cada ano já é previamente calculada.

Isto posto, vamos à fórmula da Taxa Over anual (a.a) supondo que se saiba a taxa por dia único (d.u.):

  • Taxa Over = [(1 + Taxa Over d.u./100)252 – 1] x 100

Nessa fórmula, tomamos como 252 o número de dias úteis em um ano.

Exemplo de aplicação da Taxa Over

Vamos agora a um exemplo prático para sedimentar o conhecimento.

Considere que a Taxa Over está estipulada em 4,5% a.m. e, no período de 30 dias, haverá 23 dias úteis.

Primeiro, passamos a Taxa Over mensal para diária por meio de uma divisão, encontrando a taxa nominal:

  • Taxa Over = 4,5/30 → 0,15% a.d.

Agora, basta aplicar a fórmula para encontrar a taxa para os dias úteis:

  • (1+iN) = (1+0,0015) x 23
  • iN = 1,0345 -1
  • iN = 0,0345 x 100
  • taxa efetiva = 3,45% a.m.

Para saber a taxa anual, o cálculo será o seguinte:

  • Taxa Over = [(1 + 0,0345/100)252 – 1] x 100.

Então, ficou claro para você?

Agora que você sabe como calcular a Taxa Over, fica muito mais fácil saber o quanto se paga de juros ou os rendimentos de um investimento.

Não deixe de calculá-la sempre que for realizar uma aplicação.

Se tiver dúvidas, deixe um comentário.

Na Capital Research, a gente explica de forma acessível o que em outras fontes pode parecer complicado.

Aproveite para acessar nosso site e descobrir mais sobre como encontrar as melhores oportunidades de investimento de forma gratuita.

Obrigado pela leitura!

Recomendados

Investimentos

Análise de custos: o que é, para que serve e como fazer

Entenda a importância, quais os métodos mais utilizados e de que forma a análise ...

3 anos atrás

Investimentos

Aprenda já a calcular juros de empréstimo

Entenda um pouco mais sobre Juros Simples e Juros Compostos e veja como realizar o ...

3 anos atrás

Investimentos

Cálculo de depreciação: como fazer e qual sua importância

...

3 anos atrás