Capitalização simples: entenda o conceito e impactos nos investimentos

Saiba mais sobre a capitalização simples, como calcular e qual sua utilidade para o meio de investimentos e mercado financeiro

Um dos conteúdos mais básicos – e importantes – sobre investimentos é o de capitalização simples. O que você sabe a respeito?

Independente da resposta, siga a leitura para conferir um guia que vai direto ao ponto, com o que há de mais importante sobre o assunto.

Capitalização simples: o que é?

Capitalização simples é uma forma de remuneração sobre uma quantia de dinheiro investida.

Ela funciona como juros simples. Ou seja, o retorno sobre o investimento se dá apenas sobre o capital que, inicialmente, foi aplicado.

Dessa forma, a taxa de juros é calculada sobre a primeira quantia investida.

Com o tempo, o valor total de juros vai crescer de maneira linear. Em outras palavras, a taxa será sempre a mesma para qualquer parte do período em que for aplicada.

Mais à frente, ao abordarmos o cálculo e trazermos exemplos, ficará visualmente mais fácil de compreender como a capitalização simples funciona.

Esse é um formato de remuneração encontrado com mais frequência em países com baixa inflação, já que ela pouco impacta as aplicações financeiras dessa forma.

No entanto, pode aparecer em negociações variadas, seja qual for a variação no índice de preços da economia.

Diferenças para a capitalização composta

A principal diferença entre a capitalização simples e a composta, está na maneira de calcular seus juros. Enquanto a capitalização simples possui taxa de juros simples, a composta utiliza juros compostos, no qual as taxas aumentam exponencialmente e não de maneira linear.

A capitalização simples nas operações financeiras

Se a rentabilidade é de 0,5% ao mês e você aplicou R$ 1.000 inicialmente, a correção sempre será sobre o saldo atual.

Ou seja, no primeiro mês será de 1.000 + 0,5% (R$ 1.005) . No segundo, de 1.005 + 0,5% (R$ 1.010,02). No terceiro, de 1.010,02 + 0,5% (R$ 1.015,07). E assim sucessivamente.

Mas a capitalização simples pode ser encontrada em operações bancárias, como o Hot Money.

O “Dinheiro Quente”, como é chamado por aqui, é uma modalidade de empréstimos que são feitos a curtíssimo prazo – em geral, em 1 dia útil.

Pode ser uma escolha de empresas para cobrir despesas urgentes.

Seu regime de capitalização é simples, com juros comerciais – considerando o ano comercial, que tem 360 dias -, e as taxas são dadas em termos mensais.

Cálculo e aplicação da capitalização simples

Dentre outros fatores – como análise de risco e diversificação de investimentos – é fundamental saber se a operação será atrativa ao fim do período.

Com a capitalização simples, o cálculo para descobrir o valor final é, também, descomplicado.

Existe uma fórmula para os juros simples que facilita o seu cálculo e a descoberta do montante final de um investimento ao fim de determinado período.

  • A fórmula é: J = Pv x i x n

Nela:

  • J = juros
  • Pv = Presente Valor (a primeira quantidade de dinheiro investida)
  • i = taxa de juros
  • n = período de tempo

Dessa forma, os juros totais de uma operação realizada sob capitalização simples podem ser calculados ao multiplicar o capital inicial pela taxa de juros e o tempo de investimento.

 

Exemplo de capitalização simples

Você tomou um empréstimo de R$ 1.000 sob juros de 0,5% ao mês.

O pagamento deve acontecer em 24 meses.

Colocando os dados na fórmula, temos o seguinte:

  • Pv = R$ 1000
  • i = 0,5% a.m. (ou 0,005)
  • n = 24 meses

O cálculo para a capitalização simples é, então:

  • J = 1000 x 0,005 x 24
  • J = 120

Somente de juros, você deverá pagar R$ 120 no prazo de 2 anos.

Somado ao valor emprestado, o total devido chega a R$ 1.120 (R$ 1.000 + R$ 120).

Como podemos ver na prática, a capitalização simples representa uma remuneração linear sobre o valor inicial, sem incidência de juros sobre juros.

Agora que você aprendeu como fazer, deu mais um passo para gerenciar seu dinheiro com segurança e assertividade, seja para buscar crédito ou fazer investimentos.

As casas de research são ideais para aqueles que precisam de orientação adequada no ramo de investimentos. São empresas que têm justamente essa função de dar suporte aos investidores.

Se você já investe e quer ter acesso a informações valiosas sobre o mercado, ou se está em busca de uma oportunidade para começar, pode contar com a Capital Research.

Visite o site para saber mais.

Recomendados

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás

Investimentos

Tipos de Inflação: conheça todos e entenda como impactam a economia de um país.

A inflação é uma variação de preços que acontece em todos os países, o tempo ...

3 anos atrás

Investimentos

Taxa de juros: saiba como calcular, de forma simples e rápida

Compreender como funciona as taxas de juros pode mudar totalmente a sua vida ...

3 anos atrás