Conheça a Teoria de Maslow e como ela pode levar ao sucesso

Veja mais sobre a Teoria de Maslow, e aplique essa teoria, tanto em sua vida pessoal, como em sua vida profissional

A Teoria de Maslow representa uma pirâmide de necessidades humanas que precisam ser saciadas de acordo com ordens de urgências.

Ao estudar os passos da teoria, os adeptos podem usá-la tanto na vida pessoal quanto na profissional, e alcançar excelentes resultados.

Todo ser humano possui uma série de necessidades básicas que são extremamente naturais. A Teoria de Maslow foi criada por um psicólogo que relacionou essas necessidades à intenção de ser bem sucedido e satisfazê-las cada vez mais.

Esse esquema de hierarquia é frequentemente usado como método de crescimento no marketing, no universo da psicologia e da administração. 

Assim, a partir desse recurso, torna-se uma tarefa mais simples compreender quais são os desejos dos indivíduos, para que todos cresçam conforme diferentes realidades.

Quer saber mais? Vamos mostrar como a Teoria de Maslow funciona e qual é a melhor maneira de aplicá-la no dia a dia. Acompanhe:

Quem é Maslow?

O psicólogo e pesquisador americano Abraham H. Maslow ficou mundialmente conhecido após criar, na década de 50, a Pirâmide de Maslow, também conhecida como hierarquia das necessidades de Maslow. 

Durante sua carreira, trabalhou para o Massachusetts Institute of Technology e fundou o centro de pesquisa National Laboratories for Group Dynamics. 

Outro ponto de muita relevância de sua contribuição aos estudos do comportamento humano é a pesquisa que envolve dinâmicas e interações de grupo e técnicas significativas de resolução de conflitos. 

No entanto, nenhuma delas se tornou tão significativa no mercado de maneira geral como a teoria de divisão das necessidades.

 

As necessidades mais comuns

Para Maslow, os humanos apresentam uma série de necessidades comuns que precisam ser saciadas para seguir ao próximo nível da pirâmide. 

Na prática, as necessidades fisiológicas são o primeiro passo para nos mantermos em bem estar elevado e, só assim, compreendermos outras questões relevantes. 

Veja, a seguir, quais são as necessidades fisiológicas, determinadas de forma hierárquica por Maslow:

  • Condições de homeostase, que estão diretamente ligadas ao funcionamento do organismo, como temperatura corporal e estabilização dos hormônios;
  • Respiração, sono regulado e digestão dos alimentos;
  • Alimentação e sede;
  • Necessidade de abrigo.

Segundo o pensamento desenvolvido pelo psicólogo, é impossível uma pessoa se preocupar com os níveis seguintes da pirâmide sem ter essas necessidades supridas inicialmente.

 

O que é a Teoria de Maslow?

A partir das necessidades consideradas primárias da pirâmide, Maslow criou outros cinco níveis de escala. Assim, após ter as necessidades fisiológicas saciadas, o próximo passo envolve as necessidades de segurança, que vão muito além de ter um abrigo adequado e seguro. Veja alguns exemplos:

  • Renda garantida e um bom emprego;
  • Proteção contra ameaças corporais;
  • Saúde, como contratação de plano de saúde ou ausência de doenças;
  • Segurança na família;
  • Casa própria ou garantia de bens.

 

Necessidades de amor e relacionamentos

O senso de pertencimento também é muito importante para o desenvolvimento do ser humano como um indivíduo em sociedade. Afinal de contas, fazer parte de um grupo e se sentir valorizado é um elemento muito importante quando se trata de felicidade. 

Como resultado, ter um bom relacionamento com as pessoas ao redor se mostra uma motivação nas outras fases da teoria. Exemplos:

  • Amizades e família;
  • Relacionamento amoroso;
  • Relacionamentos sexuais;
  • Grupos sociais, como escola, trabalho, igreja, turma do clube, entre outros.

 

Necessidade de estima

Em um relacionamento saudável com os outros, o ser humano precisa se enxergar como alguém estimado por todos que o cercam. Além da autoestima, também é necessário sentir que seus pares valorizam suas qualidades e reconhecer seu próprio potencial pelo olhar de quem ele estima. Entre os principais fatores, estão:

  • Sensação de confiança;
  • Realizações em diferentes áreas da vida;
  • Reconhecimento dos pares amorosos;
  • Respeito dos outros. especialmente familiares e chefes ou ;
  • Respeito aos outros.

 

Necessidade de realização pessoal

Essa etapa final da pirâmide retrata as necessidades mais complexas do ser humano em todos os estágios de vida. Segundo a teoria, existem alguns fatores pessoais que são indispensáveis para que alguém se sinta completamente feliz, tanto no âmbito pessoal quanto profissional. Saiba quais são:

  • Definir um sistema moral que justifique suas ações;
  • Conhecer valores fundamentais como guia de decisões;
  • Ser autossuficiente e ter liberdade de escolha;
  • Tomar decisões baseadas em criatividade dentro de sua própria rotina;
  • Capacidade de agir de maneira espontânea e autêntica em alinhamento com suas próprias percepções;
  • Controle de suas emoções e pensamentos;
  • Autoconhecimento.

 

Outras necessidades

As necessidades mais complexas exigem reflexões e comprometimento. Dentro desse ponto de vista, Maslow listou ainda mais três necessidades depois de concluir a teoria da pirâmide. Elas funcionam como uma espécie de complemento dos outros fatores. São elas:

  • Ânsia de aprender e acumular conhecimento durante a vida;
  • Busca pela beleza e perfeição estética;
  • Fé e espiritualidade, conexão com a natureza e outras necessidades de autoconhecimento e questionamentos do universo.

Além disso, existem outros pontos da pirâmide que devem ser mencionados para acelerar sua compreensão. Por exemplo, para que o indivíduo passe ao nível seguinte, é preciso completar pelo menos uma das etapas de cada etapa da pirâmide.

Com o andamento da vida, sempre surgem novos objetivos. Ou seja, as necessidades de autorrealização nunca são completamente saciadas. Tenha em mente também que, como as necessidades fisiológicas já nascem com o ser humano, exatamente por isso são as mais fáceis de saciar.

 Além disso, ao conseguir alcançar novas escalas em um grupo, o indivíduo se motiva a seguir pelos próximos estágios da pirâmide.

 

Motivação no dia a dia

A pirâmide de Maslow pode ser adaptada tanto no ambiente profissional quanto no pessoal, de acordo com a realidade de cada pessoa. Mesmo que a regra central gire em torno de cumprir uma etapa para seguir para o próximo nível, atualmente, a pirâmide é vista como uma questão muito mais flexível.

Ao observar as características de cada pessoa de maneira particular, alguns passos da pirâmide se tornam mais ou menos essenciais. Agora, quando observada pelo âmbito profissional, as etapas de realização condizentes com a carreira costumam fazer muita diferença na motivação de colaboradores e no crescimento do negócio. Veja, a seguir, as adaptações:

  • Base: salário suficiente, descanso físico e mental, pausas no expediente;
  • Nível 2: ambiente de trabalho seguro, livre de acidentes, garantia de estabilidade e equilíbrio nas finanças pessoais;
  • Nível 3: relações saudáveis com os chefes e colegas, construir amizades, sentir-se valorizado como uma boa companhia;
  • Nível 4: reconhecimento pelos bons resultados, ganhar mais dinheiro ou recompensas, poder se expressar em um ambiente acolhedor.

Pronto! Agora você já sabe como a Teoria de Maslow pode ser decisiva no sucesso pessoal e profissional. 

O grande diferencial, nesse caso, está em usar as evoluções da pirâmide como um fator motivacional, o que ajuda muito na hora de partir em busca de objetivos. Só assim será possível alcançar todo o potencial em uma vida mais equilibrada.

Por isso, é bom ficar de olho nos movimentos da economia e acompanhar as novidades do mercado pela Capital Research.

Aproveite para assinar a newsletter e receber recomendações exclusivas de investimentos.

Recomendados

Investimentos

Keynesianismo: o que é e como a teoria entende o papel do Estado

Entenda a diferença entre Keynesianismo, Liberalismo e Neoliberalismo, seus ...

2 anos atrás

Investimentos

Saiba o que é a curva de indiferença e os seus principais impactos

A curva de indiferença é uma das principais teorias do consumidor. Confira tudo ...

3 anos atrás

Investimentos

Educação financeira pessoal: aprenda a cuidar melhor do dinheiro

A educação financeira pessoal aproxima você de metas e sonhos. Confira dicas e ...

2 anos atrás