Sisbacen: o que é e como funciona?

O Sisbacen é um dos sistemas mais importantes do Banco Central e essencial para o armazenamento e a transmissão de todas as informações bancárias no país. Saiba mais!

O Sisbacen (Sistema de Informação do Banco Central) é um sistema eletrônico no qual são catalogadas e centralizadas todas as informações financeiras do Brasil. Ele é essencial para o funcionamento de todo o sistema bancário e financeiro do país.

Mas você sabia que qualquer operação de compra e venda de moedas estrangeiras, remessas internacionais e cargas de cartões pré-pagos também passa pelo Sisbacen?

Sim, no Brasil, é obrigatório o registro de todas as operações de câmbio realizadas, e o Sisbacen é a principal ferramenta usada pelo Banco Central para monitorar e fiscalizar esse mercado. 

Quer conhecer e saber mais sobre o sistema? Veja abaixo o que é, quais são as suas funções, como funciona e qual é a sua importância para o mercado financeiro.

Sisbacen – O que é e como funciona?

Como falamos anteriormente, o Sisbacen é um sistema eletrônico integrado ao Banco Central que centraliza todas as informações financeiras no país. 

Sendo assim, esse sistema é responsável por coletar, armazenar e trocar informações que ligam o Banco Central aos agentes do sistema financeiro nacional (bancos comerciais, bancos múltiplos, corretoras de câmbio e outras instituições financeiras). 

Dessa forma, o Sisbacen é uma maneira de unificar o sistema financeiro no país, garantindo maior rapidez e segurança na concessão de crédito. Isso porque as operações realizadas entre clientes e instituições financeiras são registradas automaticamente em uma base de dados.

Assim, com essa base, todo o Sistema Financeiro Nacional funciona de modo integrado, evitando fraudes e o seu colapso.  

Quais são as suas funções?

O Sisbacen tem diversas funções. Entre elas, é seu dever disponibilizar para os órgãos e entidades públicas, pessoas físicas e jurídicas informações que estão em suas bases de dados, desde que obedeçam aos sigilos previstos por leis que envolvem tais informações. Além disso, existem outras funções importantes, como veremos a seguir.  

 

Registrar e oferecer informações sobre crédito, financiamentos e investimentos

Uma das funções do Sisbacen é registrar e disponibilizar para consultas informações sobre créditos, financiamentos e investimentos no país. Após o usuário se cadastrar no sistema, ele pode consultar e repassar informações de acordo com seu perfil.

Para regular a atividade financeira no Brasil, o Sisbacen utiliza o Sistema de Informação de Crédito do Banco Central (SCR). Dessa forma, qualquer operação de crédito, financiamento, avais, fianças, investimentos, entre outras operações realizadas, tem suas informações registradas na base de dados do SCR. 

E a fim de manter os dados do SCR atualizados, as instituições financeiras devem repassar mensalmente as informações para o sistema, como o cumprimento ou não dos contratos assinados. Dessa maneira, é possível saber se o usuário está pagando em dia ou não e assim evitar futuras inadimplências. 

 

Colaborar com a melhoria na qualidade de análise sobre limites de crédito

Outra função importante é sua colaboração com a análise de crédito no país. Com o Sisbacen, todo o Sistema Financeiro Nacional funciona de forma unificada. Desse modo, antes da liberação de um limite de crédito, é realizada uma análise da capacidade de pagamento do cliente. E, caso a análise seja negativa, o crédito não será liberado, evitando uma possível inadimplência.

 

Proteger o sistema financeiro contra colapso

Além disso, o Banco Central do Brasil (Bacen) pode intervir no mercado financeiro caso seja necessário, comprando e vendendo moedas estrangeiras. Dessa forma, ele estabiliza taxas de câmbio em caso de problemas no setor, protegendo assim o sistema financeiro de entrar em colapso. 

 

Prevenir crises e nos proteger contra fraudes

Outra função do Sisbacen é proteger o sistema financeiro contra fraudes. Como todo o sistema financeiro está interligado, com informações essenciais é possível evitar golpes.

Por exemplo, toda operação financeira é cadastrada nessa base de dados; dessa forma, a empresa pode consultar os dados e não liberar crédito para uma pessoa com falhas em seu histórico, que sinalizam a possibilidade de fraude.

Como a entidade protege nosso câmbio?

O Bacen é responsável por conduzir a política monetária, cambial e de crédito no Brasil, para que não haja instabilidades financeiras. A política cambial seguida pela entidade é definida pelo Conselho Monetário Nacional.

Portanto, é sua função regulamentar o mercado de câmbio e autorizar as instituições que nele operam. 

Assim, qualquer instituição que queira atuar no mercado financeiro precisa de autorização do Banco Central.

Também é sua responsabilidade fiscalizar o mercado e, em certas ocasiões, é possível punir dirigentes e instituições por desvio de conduta ou por não seguirem as normas, com a aplicação de multas, suspensões ou outras sanções já previstas em lei. 

Ainda, a alta ou queda de uma moeda estrangeira interfere diretamente nos preços de produtos ou insumos importados, por isso o Bacen pode operar diretamente no mercado.

Dessa forma, em situações específicas e limitadas, a entidade pode comprar e vender moedas estrangeiras para conter movimentos desordenados da taxa de câmbio. Assim, protege-se o câmbio no país. 

Quem pode acessar o Sisbacen?

Qualquer cidadão brasileiro que possua um CPF ou CNPJ cadastrado no Sisbacen pode fazer consultas, seja por correspondência ou diretamente no Banco Central por meio do site do Sisbacen. 

No entanto, as empresas precisam de autorização prévia do cliente para poder solicitar suas informações. 

Por que o Sisbacen é importante?

Diante de todas as funções mencionadas acima, fica clara a sua importância para o Brasil, uma vez que o sistema é o principal meio de o Banco Central fiscalizar e analisar o movimento e o comportamento do mercado financeiro no país. 

O sistema é fundamental para prevenir fraudes e ajudar empresas a conhecer e entender o comportamento financeiro de seus clientes. Assim, as empresas têm o seu apoio para tomar decisões com mais responsabilidade. 

Além disso, consultar o Sisbacen é a melhor forma de entender o comportamento individual no mercado e, assim, manter o equilíbrio nas finanças e ter auxílio na tomada de decisões. 

Agora que você já conhece como funciona o Sisbacen e sabe de sua importância para o Sistema Financeiro Nacional, continue se informando sobre o mercado financeiro. Acompanhe mais dicas em nosso blog, assine nossa newsletter e receba outras notícias sobre investimento, economia e finanças.

Recomendados

Investimentos

Depósito compulsório: entenda esse mecanismo do Banco Central

Depósito compulsório obriga bancos a alocar recursos em conta no Banco Central. ...

2 anos atrás

Investimentos

Mercado Monetário: como funciona e como é a atuação do BC

O mercado monetário é diferente do mercado de capitais. Entenda as características ...

2 anos atrás

Investimentos

BacenJud: Como funciona o bloqueio de bens pelo BC?

Operado pelo Banco Central do Brasil, o BacenJud tem como objetivo tornar o andamento ...

2 anos atrás