ROI negativo: o que é e importância para o investidor

Descubra o que é ROI negativo, o que representa esse indicador e por que analisar antes de investir na Bolsa de Valores.

ROI negativo

Entender o conceito de ROI negativo é essencial ao investir em renda variável. Afinal, a sigla, que se refere ao Retorno Sobre Investimento, é um indicador relevante ao tratar do desempenho das empresas e da sua alocação de recursos.

O ROI negativo significa um mau resultado para o seu investimento. Ele pode ser usado no contexto interno das empresas e de suas decisões de expansão ou corte de cursos, por exemplo, ou no contexto da busca pelos melhores retornos em aplicações financeiras.

Com esse conceito em mente, você consegue avaliar a sua estratégia em uma janela temporal específica para ter certeza de que está no caminho certo para um futuro financeiro melhor e mais confortável.

Para ajudar nessa missão, preparamos este guia explicando o que é ROI negativo, o que ele significa na realidade do investidor e como adotar o conceito na prática.

O que é ROI negativo

ROI é a sigla em inglês para retorno sobre investimento. É um indicador que representa o lucro que a empresa ou o investidor obteve a partir de um determinado investimento realizado.

O ROI negativo, portanto, é quando um investimento não gerou lucro, e sim prejuízo. Em outras palavras, quer dizer que houve perda de dinheiro a partir de um investimento realizado.

Antes de continuar a leitura, é válido saber como calcular o ROI.

A fórmula é simples:

  • ROI = (ganho obtido – valor do investimento) / valor do investimento x 100.

Com a equação, o resultado é a porcentagem do retorno obtido. Se a resposta for negativa, a porcentagem representa o prejuízo da empresa.

O que significa quando o ROI é negativo

Como você acabou de ver, o ROI negativo significa prejuízo para a empresa. Dito de forma breve, alcançar um ROI negativo significa que a empresa fez um investimento ineficiente.

Geralmente, é um sinal de que a gestão não tomou as decisões assertivas ou não soube alocar recursos de maneira adequada. Sendo assim, o ROI negativo pode ocorrer devido a diferentes fatores.

Na prática, um dos geradores do ROI negativo é a necessidade de fazer um investimento muito alto para implementar um projeto desejado. No fim das contas, nem sempre o investimento alto compensa os benefícios do projeto em questão.

Outro fator que gera ROI negativo é o alto risco de um investimento, em que os gestores não têm certeza de que o projeto a ser implementado realmente vai dar certo. Ao lidar com risco, o prejuízo sempre é uma possibilidade.

O ROI negativo ainda pode ser causado por um período inicial de prejuízo. É o que explica o escritor de negócios e finanças Neil Kokemuller, em artigo para o site Bizfluent. “Espera-se que os investimentos tenham um ROI negativo após um ano ou um período inicial, mas melhorem com o tempo”, pontua o autor.

Segundo ele, isso pode ocorrer quando é feito um investimento em um novo negócio, que pode levar vários anos para gerar lucro a partir do investimento inicial.

ROI negativo: importância para o investidor

Agora que você sabe o que é ROI negativo, é hora de compreender a sua importância ao tomar suas decisões de investimento, seja em renda fixa ou variável. Em qualquer um dos casos, o seu objetivo é obter o maior ROI possível.

Normalmente, os maiores retornos estão associados, no longo prazo, à renda variável. Os riscos associados ao capital produtivo costumam ser recompensados com resultados melhores.

Para usar o conceito do ROI na avaliação e na comparação das empresas na bolsa de valores, há diversas alternativas. Uma delas é investigar os investimentos que essas companhias estão fazendo, qual o ROI que essa alocação está apresentando e como essa expansão pode se traduzir, mais tarde, em retorno palpável para o lucro dos acionistas.

Outra forma de analisar o ROI é analisar o LPA, isto é, o lucro por ação. Trata-se de um indicador dos fundamentos da empresa e que indica, na prática, ROI negativo ou positivo.

Quando o LPA for baixo ou negativo, a companhia está com dificuldades operacionais, como custo alto, margens de lucro reduzidas, entre outros.

Há ainda o ROIC, o retorno sobre capital investido. Com esse indicador, você descobre se a empresa multiplica o capital investido nela e se ela tem condições de transformar o seu dinheiro em um valor mais elevado no futuro.

Nesse sentido, a busca pelo ROI negativo pode se valer de vários indicadores com o objetivo de eliminar aquelas empresas que não estão dando lucro e que vão demorar até apresentarem retornos consistentes para o acionista.

E agora, ficou mais fácil compreender o ROI negativo e a sua importância nos investimentos na Bolsa de Valores? Assine a newsletter da Capital Research e fique sempre bem informado sobre investimentos.

Recomendados

Investimentos

ROIC: o que é e porque você deve ter esse indicador na cabeça

Aprenda o que é ROIC, as vantagens, desvantagens, como calcular e porque é ...

3 anos atrás

Investimentos

Ativo gerador de renda: o que é, tipos e como investir

Entenda mais sobre investimentos em ativos geradores de renda como imóveis ou ...

3 anos atrás

Investimentos

Aporte mensal: o que é e qual a importância nos investimentos

Aporte mensal é uma estratégia de investimento que mira maiores rentabilidades ao ...

3 anos atrás