O que significa índice e como usar o conceito nos investimentos

Saber o que significa índice é requisito básico para acompanhar o desempenho dos seus investimentos. Tire suas dúvidas agora.

Entender o que significa índice é o primeiro passo para acompanhar o desempenho dos seus investimentos e seguir de perto as tendências do mercado financeiro. A partir desses parâmetros, você consegue avaliar os movimentos da economia e comparar os principais indicadores com o retorno das suas aplicações. 

Entre os índices que interessam aos investidores, os principais são a taxa Selic, indicadores de inflação, CDI e Ibovespa. Ao longo do artigo, você vai compreender exatamente o que significa índice e qual sua importância nas estratégias de investimentos.

Continue lendo e aprenda a ler as variações do mercado. 

O que é índice

É simples entender o que significa índice no contexto financeiro: um parâmetro que serve como base para entender o desempenho e variação de um determinado objeto. Em outras palavras: é um indicador de desempenho utilizado como referência para avaliar os movimentos da economia.

Por exemplo, um dos índices mais básicos da economia é o Produto Interno Bruto (PIB), que mede o total de riqueza gerada pelo país. Outro exemplo é o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mostra a situação da inflação no país. 

Além disso, temos os índices de taxas de juros, que representam a relação “preço/custo” do dinheiro e definem os comportamentos relacionados ao consumo e investimentos. 

O que significa índice nos investimentos

Saber o que significa índice nos investimentos é fundamental para acompanhar os movimentos do setor financeiro e entender o desempenho de diferentes ativos. Isso porque os índices funcionam como benchmarks para guiar a performance de investimentos, ou seja, são usados como referência para determinar a rentabilidade e comparar o retorno de determinada aplicação com os resultados do mercado.

Por exemplo, muitos investimentos de renda fixa utilizam o CDI (Certificado de Depósito Interbancário) como índice de referência para sua rentabilidade. É o caso dos CDBs que rendem 90%, 100% ou 110% do CDI, e dos fundos de investimento que têm como meta superar o CDI em longo prazo. 

O que significam índices famosos da economia

Para entender melhor o que significa índice, você precisa conhecer os principais indicadores da economia. Veja quais são e como funcionam.

IPCA

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é um indicador que mede a inflação dos produtos e serviços consumidos pelas famílias no Brasil. Ele é medido mensalmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e considerado o índice oficial da inflação no país pelo Banco Central. 

Muitos títulos e fundos de investimento de renda fixa têm o IPCA como seu principal indexador, e são utilizados pelos investidores para manter o poder de compra do dinheiro.

IGP-M

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) é outro indicador que mede a inflação no país, criado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A diferença é que ele é mais abrangente do que o IPCA, pois leva em conta a variação de preços no atacado, varejo e construção civil — daí sua aplicação como indexador de contratos. 

Ele também é conhecido como “inflação do aluguel”, pois serve como base para o reajuste dos contratos de locação.

Selic

A taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é a taxa de juros básica da economia, calculada com base na média ponderada dos juros praticados por instituições financeiras. Ela é definida pelo Comitê de Política Monetária (COPOM) e serve de parâmetro para todas as outras taxas praticadas no mercado.

CDI

O CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é o principal indicador de desempenho dos investimentos de renda fixa. A taxa média do CDI (taxa DI) é calculada com base nos empréstimos interbancários e segue de perto a taxa Selic, determinando a rentabilidade de títulos privados como CDBs e LCIs/LCAs.

Ibovespa

O Ibovespa, ou IBOV, é o indicador de desempenho mais importante da bolsa de valores, que serve como termômetro para o mercado de ações. Ele representa uma carteira teórica com as ações mais negociadas da bolsa, medindo o desempenho médio da bolsa de valores por meio de um sistema de pontos baseados em reais. 

A B3 reavalia a composição do Ibovespa a cada 4 meses, de acordo com o volume financeiro das principais ações. Ao acompanhar a cotação desse índice, o investir consegue avaliar a tendência da bolsa e tomar decisões sobre seus ativos de renda variável

Ptax (taxa de câmbio)

A Ptax é a taxa de câmbio calculada diariamente pelo Banco Central, que representa a variação do dólar frente ao real. Ela é usada como parâmetro para investimentos com lastro em moedas estrangeiras, como os fundos cambiais. 

Entendeu o que significa índice e como usar esses indicadores de desempenho nos seus investimentos? Para se manter bem informado sobre o mercado, assine a newsletter da Capital Research e veja quais ativos estão valendo mais a pena na renda fixa e variável.

Recomendados

Investimentos

SELIC: guia completo sobre a taxa básica de juros da economia brasileira

Aprenda tudo sobre a taxa SELIC, quanto vale atualmente e porque você deve te-la ...

3 anos atrás

Investimentos

IPCA: como o principal índice de inflação da economia afeta seus investimentos

IPCA, ou índice de preços ao comsumidor amplo é o principal indicador da ...

3 anos atrás

Investimentos

Ibovespa ou IBOV: Entenda como ganhar mais com esse índice [Guia para Iniciar]

...

3 anos atrás