O que é ação, afinal?

Saiba definitivamente o que é ação, quais são os principais tipos, porque existem e como fazer para investir de maneira simples. Confira!

Em algum momento todo mundo já ouviu falar em Bolsa de Valores, investimentos, lucros, dividendos e em ações. Mas a pergunta que não quer calar: Afinal, você sabe o que é ação?

Caso não tenha a resposta na ponta da língua não se preocupe! A Capital Research vai explicar o que é ação e como fazer para investir em ações. Também vamos passar por todas as referências que foram feitas para você ficar expert no assunto. 

O que é ação?

Uma ação é a menor parcela pela qual uma empresa de capital aberto, ou seja, sociedade anônima, dispõe de seu capital social para negociação em uma Bolsa de Valores.

Quem possui uma ação é o acionista. Ele passa a ter parte como sócio da empresa da qual comprou a ação. Quanto mais ações compradas de uma empresa, maiores são os riscos e ganhos proporcionais à participação acionária. A não ser que você possua a maior fração de ações de uma companhia, você será um sócio minoritário. 

Para ter o capital aberto a companhia precisa ter o registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Essa condição que se conquista após cumprir uma série de determinações.

As ações são comercializadas por intermédio de instituições financeiras que podem ser contratadas ao se abrir uma conta com elas. Dessa maneira o investidor pode ter acesso ao mercado de ações. Nele é possível decidir com quais empresas quer ser sócio e quando quer que isto ocorra, ao emitir solicitações de compra ou venda. 

Agora que você entendeu o que é uma ação a Capital Research irá explicar quais são os tipos de ações. Também vai aprender quais os motivos que levam uma empresa a abrir o capital e mostrar como é possível ganhar dinheiro com ações. Acompanhe!

Quais os tipos de ações?

 As duas ações mais recorrentes que todos precisam conhecer são denominadas ordinárias e preferenciais. As diferenças ficam quanto às garantias e restrições que cada uma oferece. Vamos a cada uma delas.

1- Ações Ordinárias

Ao comprar uma ação ordinária o acionista adquire o direito de, como sócio da empresa, participar de assembleias com direito a voto sobre as decisões da companhia. No entanto o peso do voto está relacionado à quantidade de ações.

Um característica é que o patrimônio dos acionistas fica seguro em casa de quebra da empresa. E, se ela for vendida, os acionistas têm direito ao chamado “tag along” que é o recebimento de pelo menos 80% do valor pago aos controladores da companhia.

2- Ações Preferenciais

Estas ações não dão direito a voto, porém o recebimento de lucros e dividendos, como o nome diz, é preferencial a estes acionistas, isto é: recebem primeiro. Mesmo em caso de falência a preferência é mantida.

São estas as ações mais negociadas nas Bolsas de Valores, com maior liquidez e menor risco. Elas têm a característica de serem exigíveis, o que significa que a companhia tem o direito de comprá-las de volta quando bem entenderem. 

Por que abrir o capital de uma empresa?

As grandes companhias precisam investir a todo momento. Uma empresa que não pensa em expandir estará abrindo brechas para que outra ocupe o seu lugar. A grande concorrência torna o mercado cada vez mais competitivo e chega um ponto que uma empresa se torna muito grande para o seu capital continuar fechado. E, ao mesmo tempo precisa de novos recursos para financiar o projeto de expansão.

Qual é a maneira de fazer isto? Abrindo o seu capital para o mercado financeiro. Para tal a empresa, no caso do Brasil, após estar no cadastro CVM, se prepara para uma Oferta Pública Inicial (conhecida pela sigla em IPO – Initial Public Offering). E por ela que serão vendidas as suas ações pela primeira vez na Bolsa de Valores. 

Nesta fase, chamada de mercado primário, o capital conquistado com a primeira oferta é recolhido pela companhia que pode utilizá-lo para aquisição de outras empresas. Também pode ser usado, para financiar a sua expansão de projetos, melhorar a sua gestão e, consequentemente, valorizar seus papéis.

É um momento fundamental também pela exposição que a empresa ganha. Ela pode melhorar ainda mais o valor de suas ações conforme o seu desempenho inicial, o que pode atrair ainda mais acionistas. Por isso que, ao comprar ações, os investidores ajudam as empresas a crescerem. Ao mesmo tempo que apostam em seus resultados para obter lucros e dividendos.

Como é possível ganhar dinheiro investindo em ações?

Ganhar dinheiro com ações basicamente pode ser feito pela valorização de ações que geram lucro, ou pelo pagamento de dividendos ou de juros sobre capital próprio. 

Venda de ações valorizadas: o lucro é contabilizado por um acionista quando o preço pelo qual ele vende uma ação é maior do que pagou, contabilizando lucro ao vendê-la. Este é o processo clássico quando se pensa em mercado de ações. Todos sabem que investir na bolsa carrega riscos por conta das flutuações financeiras, por isso sempre é bom acompanhar as constantes mudanças desse dinâmico mundo. Isso também é válido para comprar as ações em um momento mais oportuno para obter lucro posteriormente com a valorização.

Dividendos: toda companhia que tem lucro pode dividi-lo com os seus acionistas, dependendo do tipo de ação comprada. Esta é uma forma de se ter uma renda rotineira caso invista em empresas com histórico de distribuição de ótimos dividendos, o que atrai muitos investidores.

Por lei é obrigatório a distribuição de 25% do lucro líquidos para os acionistas. Mas, caso a empresa não estaja em boa situação financeira ela pode ser desobrigada de fazer a distribuição. Pode ser também que o estatuto social da empresa estabeleça outra porcentagem de distribuição, o que também é aceito. Mas muitas empresas optam pelo o que está em lei. 

Juros sobre capital próprio: assim como os dividendos, esta também é uma forma de remunerar acionistas feita a partir do desempenho do investimento realizado. As empresas oferecem este modelo ao invés de pagamento obrigatório de dividendos para captar mais acionistas pela oferta de melhores retornos. Com esse artifício a companhia pode ter maior margem. Isso acontece devido ao fato de usarem o juros sobre capital próprio para remunerarem diretamente acionistas, auferindo assim menor lucro mas que propicia menos impostos

Viu o que é ação e como é fácil começar a investir? Veja o passo a passo de como comprar ações preparado pela Capital Research e torne-se sócio de empresas pelas quais você tem admiração e quer crescer junto!

 

Recomendados

Investimentos

Análise de custos: o que é, para que serve e como fazer

Entenda a importância, quais os métodos mais utilizados e de que forma a análise ...

3 anos atrás

Investimentos

Como comprar ações online

Investir na Bolsa de Valores é uma realidade que pouco a pouco vem conquistando os ...

3 anos atrás

Investimentos

Fundos Multimercado: por que investir e como escolher

Fundos multimercado são aplicações administradoras por gestoras para entregar ...

3 anos atrás