NOPAT: Saiba se seu negócio é realmente lucrativo

O NOPAT é um indicador essencial para países em que as cargas tributárias influenciam de forma determinante o resultado das empresas.

Na administração financeira, existe uma série de indicadores utilizados para medir o desempenho e a lucratividade de um negócio e para a análise de investimentos.  Entre eles está o Nopat, que apesar de menos conhecido do que a maioria, é um excelente indicador para se ter em mente ao analisar a rentabilidade de uma empresa, considerando que ele leva em conta os lucros líquidos descontada a carga tributária.

Continue lendo esse artigo para entender melhor como funciona o Nopat e como ele pode ser utilizado.

O que é NOPAT?

NOPAT é uma sigla em inglês para Net Operating Profit After Taxes, ou seja, lucros líquidos após os impostos. Esse indicador mede a capacidade de uma empresa de gerar receita, e seu desempenho, afim de determinar se ela é lucrativa.

Esse número também indica quanto a empresa pode pagar a acionistas e investidores, caso ela não possua nenhuma dívida. No Brasil, o NOPAT é determinado após a dedução do Imposto de Renda para Pessoas Jurídicas (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)

EBTIDA, EBIT e NOPAT

Os principais indicadores utilizados para a análise da lucratividade de uma empresa são o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) e EBIT (lucros antes de juros e tributos).

No caso do EBITDA, ele demonstra a capacidade de geração de caixa antes da dedução de impostos, sendo muito utilizado por empresas de capital aberto, em fusões e aquisições e por analistas de mercado.

De forma semelhante, o EBIT representa o lucro operacional de uma empresa antes do desconto de juros e imposto

Dessa maneira, o  NOPAT apresenta uma vantagem sobre esses indicadores por permitir uma análise longo prazo de uma empresa contra a sua concorrência. Uma vez que você determina a capacidade do negócio de gerar receita, você consegue compreender a sua lucratividade diante das demais.

Qual a importância do NOPAT?

O NOPAT acaba sendo mais interessante que os demais indicadores porque consegue apresentar os resultados descontados o tributos. A maioria dos indicadores foram desenvolvidos em um contexto em que as cargas tributárias e operacionais são menos custosas ao empresariado, o que está longe de ser o caso do Brasil. Ou seja, o indíce apresenta uma gigantesca vantagem em países como o nosso, em que a carga tributária possui um grande peso sobre o resultado das empresas.

O índice também leva em conta a amortização e depreciação, fator importante especialmente para  o caso das indústrias que dependem de altos investimentos em maquinário. Esse tipo de ativo possui um alto índice de depreciação, impactando qualquer avaliação ligada ao valor econômico da empresa.

 Como o Nopat pode compor outros indicadores?

Além de ser utilizado de forma isolada, para analisar a lucratividade de um negócio, o NOPAT também pode ser combinado para a composição de outras fórmulas e indicadores do mercado financeiro. Exemplos disso são o ROIC (Retorno sobre o Capital Investido), FCFF (FLuxo de Caixa Livre para a Firma) e FCFE (Fluxo de Caixa Livre para acionistas).

No caso do ROIC, essa métrica é muito utilizada para realizar analíses de investimentos em setores como o de marketing. Ele indica quanto cada real investido em determinada campanha retornou em forma de receita para o negócio, por exemplo.

Nesse tipo de associação é preciso ter em mente que o valor de um indicador específico desempenha uma grande influência sobre os demais. Por isso é importante saber exatamente como calcular esse indicador, evitando assim um efeito cascata sobre os resultados da empresa.

Como Calcular o NOPAT?

O cálculo do NOPAT se dá através da dedução de custos operacionais, incluindo depreciações e amortizações, além de ajustes específicos de cada negócio e os impostos sobre a receita líquida.

Existe mais de uma fórmula para realizar o cálculo do NOPAT, mas uma das mais utilizadas é a seguinte:

NOPAT = EBIT * (1 – Impostos)

*EBIT = Lucro antes de Juros e Imposto de Renda

É possível ainda, utilizar sistemas informatizados de gestao empresarial (ERP) que conseguem realizar o cálculo do NOPAT de forma mais precisa, evitando incongruência nos dados. Muitos deles trazem o cálculo do NOPAT, EBTDA e outros indicadores no mesmo dashboard.

É extremamente importante ter precisão ao realizar o cálculo do indicador para que a empresa apresente um melhor controle financeiro, além de uma gestão mais eficiente.

Recomendados

Investimentos

Ação Vale: saiba as informações principais e o que pode afetar em seu valor

Conheça mais sobre a VALE3, código das ações da Vale, e entenda quais fatores ...

3 anos atrás

Investimentos

Anbima CEA: tudo sobre a Certificação de Especialista em Investimentos

Entenda mais sobre como essa certificação pode ser importante para você e quais ...

3 anos atrás

Investimentos

Conselho Monetário Nacional: o que é e qual é sua importância?

Entenda o que é e como funciona o Conselho Monetário Nacional ...

3 anos atrás