Luiz Alves Paes de Barros: lições e trajetória do investidor

Luiz Alves Paes de Barros é um dos sócios do Alaska e um dos maiores investidores brasileiros. Conheça suas principais lições.

Com mais de 50 anos de experiência no mercado de ações, Luiz Alves Paes de Barros é considerado uma das lendas do mercado financeiro no Brasil.

Atualmente na condição de sócio fundador e CIO do fundo Alaska, LAPB, como é conhecido no mercado, está entre os maiores investidores do Brasil, com fortuna superior a R$ 1,5 bilhão.

Mas como Luiz Alves Paes de Barros enriqueceu e qual a sua estratégia para investir? É o que você vai descobrir ao longo do artigo.

Quem é Luiz Alves Paes de Barros

Com 72 anos completados em 2020, Luiz Alves Paes de Barros é considerado um dos mais renomados investidores do mercado de ações brasileiro.

Ele é formado em Economia pela FEA-USP, mas atualmente ocupa o posto de sócio fundador e CIO da Alaska Asset Management, uma das gestoras de fundos de ações mais famosas e populares do país, fundada em 2015.

Mas, antes de fundar a Alaska ao lado de Henrique Bredda e outros co-fundadores, Luiz Alves Paes de Barros acumulou mais de 50 anos de experiência na compra e venda de ações.

Integrante de uma família de classe alta, que enriqueceu com a indústria do açúcar, Luiz Alves Paes de Barros começou a se interessar por dinheiro muito cedo, ainda na adolescência.

Mas ele acabou se diferenciando dos familiares. Enquanto a família gastava muito, LAPB era mais contido e discreto – características que carrega até hoje, com hábitos simples, longe dos holofotes.

Por esse motivo, Alves foi um dos poucos que não se desesperou quando o negócio da família quebrou, pois tinha dinheiro guardado.

Seus primeiros passos no mercado financeiro foram na década de 80, quando ele firmou sociedade com Luis Stuhlberger, até hoje um dos mais reconhecidos gestores do Brasil, para fundar o que viria a ser a Credit Suisse Hedging-Griffo.

Com o passar do tempo, LAPB foi acumulando patrimônio e acertando nas suas estratégias de investimentos, que têm um objetivo muito claro: comprar boas ações a preços baixos. É isso que detalharemos a seguir. 

Estratégia de investimento de Luiz Alves Paes de Barros

A exemplo de outros bilionários da Bolsa de Valores, como Luiz Barsi Filho, Luiz Alves Paes de Barros tem uma estratégia de investimento com foco na análise fundamentalista.

Ou seja: ele avalia os fundamentos das ações para descobrir boas oportunidades de investimento.

O objetivo é conhecer as empresas, descobrir como elas ganham dinheiro, conhecer suas vantagens competitivas e entender a sua saúde financeira para, em seguida, projetar o seu potencial de geração de caixa, trazendo esse valor para o presente.

Dessa maneira, ele consegue encontrar ações baratas, que carrega por um longo prazo, até que elas cheguem ao preço que considera “caro”.

Ele adotou essa estratégia com o seu patrimônio pessoal no fundo Poland, criado em 2003. O fundo conta com três cotistas: ele, a esposa e o filho.

Desde a criação até junho de 2020, o fundo já acumulou 2.901% de rentabilidade, contra 521% do Ibovespa – quase seis vezes mais do que o índice.

Lições de Luiz Alves Paes de Barros para o investidor

A seguir, listamos algumas das lições de Luiz Alves Paes de Barros para quem deseja investir melhor. Algumas dessas lições foram divulgadas no Twitter por Henrique Bredda, sócio de LAPB no Alaska, enquanto outras foram colhidas por meio de suas entrevistas e declarações.

É melhor acumular pagando pouco

Ao contrário do que alguns investidores que focam no curto prazo imaginam, Luiz Alves Paes de Barros gosta de começar a comprar uma ação e ver o seu preço cair. “Gosto de pagar e acumular pagando pouco, e não pagando muito”, ensina. 

Como ele pretende carregar a ação para o longo prazo e não escolheu o ativo pensando na sua variação em alguns dias ou semanas, faz sentido comemorar a queda. Afinal, é possível comprar mais papéis por menos. 

Para conhecer uma ação, se envolva com ela

O investidor não conhece de fato uma ação e o comportamento do seu preço até se envolver com ela. Ou seja: comprar e vender. “Se você quiser conhecer uma ação mesmo, comece se envolvendo com ela. Compre um pouco, venda um pouco e veja se o preço na tela é de verdade ou de mentira”, orienta.

Atenção aos fundamentos, não à política

Uma história emblemática da filosofia de investimento de Luiz Alves Paes de Barros foi contada no episódio 12 do podcast Stock Pickers. O apresentador Thiago Salomão revela uma conversa que teve com o então candidato a presidência Jair Bolsonaro ao lado dos sócios do Alaska, Henrique Bredda e Luiz Alves. 

Ao término do papo, em uma sala de aeroporto, LAPB foi questionado por Bredda para dar uma avaliação da conversa, e revelou que não estava prestando atenção, porque estava comprando ações da Petrobras, que estavam em queda no dia. Isso mostra como o investidor e gestor dá muito mais atenção às empresas e seus fundamentos do que a ruídos políticos no dia a dia.

Você ganha dinheiro pensando

No mesmo episódio, Luiz Alves Paes de Barros dá um conselho contra-intuitivo: não procurar um bom emprego, e sim uma maneira de ganhar dinheiro “usando a cabeça”. “Não seja assalariado de ninguém. O pior caminho é encontrar um bom trabalho em uma empresa e constituir família, porque aí você precisa desse salário para viver. Você está liquidado. A gente ganha dinheiro pensando com a cabeça.”

E aí, as lições de Luiz Alves Paes de Barros fazem sentido para você? Se você está montando sua carteira de investimentos e quer ganhar dinheiro no mercado de ações, assine o plano Capital e tenha acesso às recomendações dos analistas da Capital Research, com as melhores oportunidades em renda variável.

Recomendados

Investimentos

Henrique Bredda: lições e trajetória do gestor da Alaska

...

2 anos atrás

Investimentos

Fundo Alaska: filosofia da gestora e como investir

O fundo Alaska está entre os mais populares do mercado brasileiro, com mais de 200 ...

2 anos atrás

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás