Investimentos em renda variável: como e onde aplicar para ter lucros maiores

Procurando investimentos em renda variável? Nosso artigo apresenta sugestões e ainda traz dicas para atingir seus objetivos.

Os investimentos em renda variável prometem trazer bons retornos financeiros a quem escolhe esse tipo de aplicação. Em tempos de juros baixos, com a renda fixa sendo menos atrativa, muita gente escolhe esse formato para investir.

Por outro lado, são papéis que também oferecem maior exposição ao risco. Por isso, se você está pensando em negociar ativos como ações, fundos de investimento, commodities e derivativos, precisa ponderar bastante os prós e os contras do investimento.

Neste texto, vamos a apresentar a você as vantagens e riscos de investir na renda variável e os seus principais ativos. 

Acompanhe!

Investimentos em renda variável: o que são?

Os investimentos em renda variável são aplicações financeiras das quais se desconhece a taxa de remuneração. Em muitos casos, a rentabilidade possui um histórico e valores médios de pagamento. No entanto, o investidor não pode ter certeza sobre o valor dos ganhos futuros – nem se os terá.

Por isso, a renda variável é um tipo de investimento considerado de risco elevado e é indicada para perfis moderados ou arrojados

Por outro lado, ativos dessa modalidade tendem a oferecer remunerações maiores do que as ofertadas pela renda fixa. Esse é, inclusive, o grande atrativo do tipo de investimento. E é justamente a possibilidade de ter altas taxas de rentabilidade que faz com que o risco da renda variável seja aceito pelos investidores.

Como funcionam os investimentos em renda variável

Para a gente entender como funcionam os investimentos em renda variável, é interessante fazer uma comparação com a renda fixa. A renda fixa pode ser entendida como qualquer investimento que determine alguma taxa de remuneração aos investidores. Assim, a alíquota ou o indexador são conhecidos durante todo o tempo de investimento.

A renda variável, por outro lado, não apresenta qualquer taxa fixada de rentabilidade. Enquanto o investidor faz suas aplicações financeiras em um ativo dessa modalidade, a remuneração pode variar entre positiva e negativa.

É possível, ainda, que a pessoa que investe em renda variável ganhe dinheiro através da especulação. Ou seja, ela compra ativos por determinado preço com a intenção de vendê-los, no futuro, por valores maiores.

Para diminuir a imprevisibilidade da remuneração da renda variável, o investidor pode conferir o histórico de pagamentos anteriores, Dividend Yield (DY), previsões de mercado, análise de cenários e estudos realizados por especialistas.

Vantagens dos investimentos em renda variável

Veja na lista abaixo as principais razões para você fazer investimentos em renda variável:

  • Maiores taxas de rentabilidade
  • Grande variedade de investimentos, ampliando as possibilidades de remuneração do investidor
  • Oportunidade para diversificar a carteira de investimentos
  • Facilidade para investir sem sair de casa
  • Sem valor mínimo para começar a comprar ativos.

Riscos dos investimentos em renda variável

Agora, alguns pontos de atenção que precisa considerar ao montar uma estratégia de investimentos em renda variável:

  • Maior exposição ao risco
  • Alguns ativos são mais complexos, o que exige maior atenção e tempo para investir
  • Possíveis oscilações significativas na rentabilidade.

3 investimentos em renda variável para sua carteira

Gostou das possibilidades que a renda variável oferece? Então, veja alguns tipos de investimentos que podem ser negociados na bolsa de valores:

 

1. Ações

Já pensou em ser sócio de uma grande empresa? Através da compra de ações, você pode se tornar acionista de empresas como Walmart, Petrobras e Visa. As ações são papéis que representam pequenas partes da sociedade de grandes companhias. 

Os ativos podem ser preferenciais (PN) ou ordinários (ON). Investidores detentores de PN têm vantagens, como a prioridade no recebimento da divisão dos lucros – os dividendos. Em contrapartida, os donos de ON têm direito a voto em assembleias da empresa, dentre outras características da ação.

Os acionistas podem ser remunerados com os dividendos ou rentabilizar o papel com sua venda futura.

 

2. Fundos de investimento

Vários investidores reúnem seus capitais para formar um grande volume de dinheiro. Com o valor, eles investem em ativos diversificados, potencializando a rentabilidade ao mesmo tempo em que pulverizam os riscos.

Essa é a lógica de funcionamento dos fundos de investimento. Uma instituição financeira é a responsável por reunir os cotistas interessados, administrar o montante e realocar os recursos.

Existem diferentes tipos, com focos distintos de investimento, como fundos imobiliários, multimercados, de ações, renda fixa e outros. Vale observar as taxas cobradas pela gestora dos fundos, além de estudar o melhor modelo de rentabilidade para o seu perfil de investidor.

 

3. Commodities

Outra maneira para investir em renda variável é através das commodities. Produtos básicos comercializados em larga escala e a nível global como soja, petróleo, moedas e ouro também são uma maneira para investir e ser rentabilizado.

A operação com commodities é realizada através da compra e venda de contratos do mercado futuro. Dessa forma, o investidor adquire papéis com valores a serem realizados em alguma data posterior.

No dia da liquidação do ativo, as commodities podem ser vendidas por preço menor ou maior do que o valor contratado. É aí que o investidor poderá amargar prejuízos ou receber lucros com a operação.

Além das dicas deste texto, existem várias outras maneiras para fazer investimentos em renda variável, como derivativos e imóveis. Quer conhecer mais sobre eles? Então, conheça as carteiras recomendadas da Capital Research e fique por dentro de nossos conteúdos e análises!

Recomendados

Investimentos

Renda Variável: Guia para investir com segurança

É possível investir em renda variável de maneira consciente e segura, saiba ...

3 anos atrás

Investimentos

Hedge: entenda o que é esse termo do mercado da renda variável

O hedge é um mecanismo bastante usando no mercado de renda variável. Entenda o que ...

2 anos atrás

Investimentos

Como aplicar dinheiro com lucratividade em renda fixa e variável

Ainda não faz investimentos financeiros? Saiba como aplicar dinheiro da forma certa ...

2 anos atrás