Como aplicar dinheiro com lucratividade em renda fixa e variável

Ainda não faz investimentos financeiros? Saiba como aplicar dinheiro da forma certa e fazer seu patrimônio aumentar.

Muitas pessoas desejam fazer investimentos, mas ainda não sabem como aplicar dinheiro da forma certa. A boa notícia é que não há grandes segredos para vencer esse desafio.

Se você quer ser um investidor, com retornos atrativos, precisa de conhecimento, organização e planejamento. É dessa forma que vai encontrar as melhores oportunidades de aumentar seu patrimônio e realizar metas.

Tudo isso vamos abordar ao longo deste artigo, no qual você vai conhecer as principais maneiras para investir com segurança e garantindo boa rentabilidade.

Siga acompanhando!

Como aplicar dinheiro hoje e obter lucro

Investir é uma tarefa que exige foco e disposição ao risco. Ao aplicar dinheiro em um ativo, você espera ser pago com juros ao fim do período. 

Porém, até os tipos mais conservadores de investimentos têm seus riscos – como os de mercado, liquidez e crédito. Significa que você pode ter perdas e que os ganhos não são garantidos.

Contudo, conforme aprende como aplicar dinheiro, você se qualifica para ficar muito mais próximo do lucro.

É necessário, antes de tudo, entender sua disposição ao risco, objetivos com a aplicação e compreender o mercado financeiro. A seguir, a gente vai te ajudar a entender os principais tipos de investimento e suas indicações.

 

Como aplicar dinheiro em títulos de renda fixa

Títulos de renda fixa são o tipo mais conservador de investimento. Ao aplicar dinheiro em uma das opções, o investidor tem baixos riscos de perda. Em contrapartida, os retornos com as aplicações em renda fixa também tendem a ser menores do que outros ativos.

São algumas opções de títulos em renda fixa:

  • CDB: Certificado de Depósito Bancário
  • LCI / LCA: Letras de Crédito Imobiliário ou do Agronegócio
  • CRI / CRA: Certificados de Recebíveis Imobiliários ou do Agronegócio
  • Fundos de Renda Fixa.

 

Como aplicar dinheiro no Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um tipo de renda fixa emitida pelo governo federal. O Tesouro Nacional faz a emissão de títulos públicos pré ou pós-fixados.

Os ativos do Tesouro são considerados muito seguros e rentáveis. Você pode aplicar dinheiro em um dos seus formatos:

  • Tesouro Direto Prefixado – taxas de juros fixas em todo o investimento
  • Tesouro Direto Selic – indexado à taxa básica de juros
  • Tesouro Direto IPCA – indexado ao índice de inflação.

 

Como aplicar dinheiro na Bolsa de Valores

Quem deseja maiores ganhos – e lida bem com a maiores riscos – pode investir na Bolsa de Valores. No Brasil, a B3 faz o trabalho de negociar papéis das empresas brasileiras.

Assim, se você quer comprar e vender renda variável (como ações, fundos de investimento, moeda e commodities) pode investir na B3.

A bolsa tem diferentes tipos de investimento com rentabilidade, riscos e prazos variados. Mas todos os papéis negociados na Bolsa de Valores devem ser intermediados por uma corretora ou gestora de investimentos.

Portanto, você deve abrir uma conta em uma das instituições financeiras autorizadas e, então, começar a investir na bolsa.

Como aplicar dinheiro para render: 3 dicas

O principal objetivo do investidor é fazer seu dinheiro render, não é mesmo? Para que isso aconteça, é importante ficar atento a algumas questões sobre investimentos.

Confira, assim, 3 dicas práticas e saiba como aplicar dinheiro para ter ganhos

 

1. Defina objetivos e estratégias de investimento

Você quer que o dinheiro renda. Mas quanto? E em quanto tempo? Quais riscos você está disposto a enfrentar para ter maiores chances de retorno?

As respostas a essas questões vão direcionar todo o seu investimento. Portanto, estabeleça objetivos e metas claros para as aplicações. Em seguida, defina maneiras para alcançar os ganhos que você planejou.

 

2. Corte gastos e taxas

Uma das formas de aumentar a rentabilidade dos investimentos é ir no ponto que afeta diretamente os ganhos: as taxas.

Existem diferentes taxas sobre as aplicações, como: taxas de administração, corretagem, custódia, gestão, performance e outras. Em alguns casos, elas são obrigatórias e não há para onde fugir. Mas, sempre que for possível optar por corretoras e investimentos com taxas 0%, faça essa escolha.

Além disso, confira impostos e tarifas e estude maneiras para reduzir o impacto desses gastos sobre as aplicações.

 

3. Acompanhe seu planejamento

Um plano de investimento considera os objetivos do investidor e as estratégias para fazer o dinheiro render mais, certo?

Mas o mercado pode mudar, suas ambições e a propensão ao risco podem ser alteradas e, ainda, você pode ver que fez escolhas equivocadas em investimentos.

Portanto, mais do que fazer um planejamento para investir, você deve acompanhar o progresso do plano. O ideal é que você tenha foco e disciplina nas aplicações financeiras. No entanto, caso seja necessário, faça alterações na rota e realinhe as táticas.

O importante é que você tenha em mente quais são seus objetivos e como suas estratégias de investimento estão te levando até lá.

Para entender a quantas andam seus investimentos, mantenha-se atualizado. Leia sobre as notícias do mercado financeiro, das políticas monetárias e sobre os acontecimentos do mundo, de modo geral.

Além disso, acompanhe os nossos materiais para entender tudo sobre investimentos. Conte com a Capital Research e saiba como aplicar dinheiro para render mais!

Recomendados

Investimentos

Descubra 4 Aplicações financeiras em renda fixa para começar agora

Procurando as melhores aplicações financeiras em renda fixa? Confira nosso guia ...

2 anos atrás

Investimentos

Como aplicar na bolsa de valores: passo a passo

Quer ganhar dinheiro no mercado de ações de olho no longo prazo? Descubra como ...

2 anos atrás

Investimentos

Entenda o que é e como funciona o fundo de investimento

Uma das opções mais populares do mercado, o fundo de investimento pode ser a ...

3 anos atrás