O que são e como avaliar os índices de liquidez

Indicadores de desempenho financeiro das grandes empresas são uma poderosa ferramenta de análise para os investidores

Indicadores ou índices financeiros são métodos de coleta de informações que demonstram, com números e dados, o quão saudável financeiramente é um empreendimento ou uma aplicação. 

Aprender a analisar esses índices e utilizá-los a seu favor, seja ele o Ibovespa (que mede a performance das ações na Bolsa brasileira), o IFIX (uma avaliação do desempenho dos Fundos de Investimentos Imobiliários) ou qualquer outro, é uma grande vantagem técnica para qualquer investidor. 

Com os índices de liquidez, não é diferente: em resumo, eles apontam a capacidade de uma empresa em cumprir suas obrigações financeiras e gerar lucro – inclusive para seus investidores/acionistas.

 Aprenda a comprar ações!

 Saiba o que é liquidez e como ela impacta nos investimentos!

Afinal, o que são os índices de liquidez?
Os índices de liquidez são informações extraídas do Balanço Patrimonial de uma empresa que avaliam a capacidade da mesma em cumprir com suas obrigações. Ao comparar os Ativos Circulantes (ou seja, dinheiro acessível a curto prazo) com os Passivos Circulantes (os compromissos e os custos a serem pagos), os índices de liquidez apresentam um resumo fiel e atual da situação financeira de uma organização. 

Se a relação não for boa e os ativos forem inferiores aos passivos, significa que aquela empresa não tem condições de honrar suas dívidas e não aparenta ser um bom investimento.

Existem quatro tipos principais de índices de liquidez que costumam ser utilizados como base para realizar a análise financeira de uma empresa. Para que a avaliação seja a mais completa possível, é recomendado que esses quatro índices sejam analisados e comparados simultaneamente – uma vez que cada um aponta diferentes tipos de informação. Confira quais são:

Índice de Liquidez Corrente
Esse índice aponta a capacidade de pagamento de uma empresa em curto prazo. Ele é calculado a partir da divisão do Ativo Circulante (dinheiro em caixa, saldo bancário, aplicações, estoque) pelo Passivo Circulante (dívidas, impostos, empréstimos, financiamentos, etc.). Se o resultado da divisão for maior que 1, a empresa demonstra ter lastro para cumprir suas obrigações; igual a 1, aponta uma equivalência de capacidade; e menor que 1 indica uma incapacidade da instituição em quitar seus compromissos. 

Índice de Liquidez Seca
O cálculo que é feito para chegar a esse índice é o mesmo do anterior – com a diferença de que são desconsiderados como parte do Ativo Circulante os estoques da empresa. Isso porque o estoque é mais difícil de ser convertido em dinheiro a curto prazo. Assim, o Índice de Liquidez Seca é uma avaliação mais rigorosa que considera somente os valores que a empresa de fato possui naquele determinado período.

Índice de Liquidez Imediata
Ainda mais conservador do que o índice de liquidez seca, o Índice de Liquidez Imediata desconsidera, além do estoque disponível, as contas e valores a receber (como os de vendas realizadas a prazo). É, portanto, uma divisão do dinheiro em caixa, do saldo bancário e dos investimentos a curto prazo por todo o Passivo Circulante.

Índice de Liquidez Geral
É um índice mais adequado para fazer análises de futuro, já que ele leva em consideração os direitos e obrigações a longo prazo. Portanto, o cálculo do Índice de Liquidez Geral é feito com a divisão do Ativo Circulante + Ativos a longo prazo, pelo Passivo Circulante + Passivo não Circulante.

Como avaliar os índices de liquidez ao investir?
Como mencionamos anteriormente, a forma correta de se avaliar os índices de liquidez de uma empresa é estudando e comparando simultaneamente os 4 tipos principais de índices explicados acima. Um índice de liquidez alto costuma indicar a boa saúde financeira de uma organização; porém, se analisado isoladamente, pode levar o investidor a uma conclusão equivocada e a possíveis prejuízos no futuro. No fim, fatores como o segmento em que a empresa está inserida, o modelo de negócios em questão e a análise das empresas concorrentes precisam ser levados em conta juntamente com os índices de liquidez para uma conclusão completa e uma decisão correta na hora de investir.

Saiba mais sobre investimentos!
A Capital Research é uma casa independente que recomenda apenas o que acreditamos ser o melhor para o investidor. Nosso objetivo é ajudar você a escolher as melhores aplicações de forma rápida e direta: para isso, possuímos um time de analistas que acompanha diariamente o mercado financeiro, fazendo as análises mais completas e objetivas e trazendo as melhores recomendações de investimentos.

Oferecemos conteúdo especializado e ainda cursos exclusivos para assinantes! Acompanhe nosso blog e fique por dentro das melhores informações e notícias mais quentes do mercado financeiro! Abra sua conta e tenha acesso a conteúdo exclusivo e gratuito sobre investimentos e finança! Aproveite e assine nossa Newsletter para ter acesso também a análises diárias do cenário financeiro nacional e internacional!  

Recomendados

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás

Investimentos

Come-cotas: entenda melhor o que é e qual investidor pode afetar

Saiba como o imposto come-cotas age, quais alíquotas, como funciona a tabela ...

3 anos atrás

Investimentos

Entenda como utilizar o Excel para calcular juros compostos

Veja em passos simples e explicados como usar o Excel para calcular rapidamente e ...

3 anos atrás