Indicador MACD: o que é e como interpretar?

Indicador permite que o investidor veja os ativos comprados e vendidos, facilitando sua tomada de decisão.

Interpretar as mudanças do mercado financeiro e saber quando, como e onde investir exige alguma prática e muita técnica. O desafio fica ainda mais complicado quando o investidor não tem conhecimento ou acesso às ferramentas apropriadas. Este artigo irá explicar o funcionamento do indicador MACD, que diz respeito à Média Móvel Convergente e Divergente.

Embora pareça muito complicado de entender, o MACD é bastante simples de usar. Abaixo, exploraremos sua definição e como utilizá-lo como uma poderosa ferramenta para compor a sua estratégia de investimentos.

Lembre-se de que muitos investidores baseiam seus investimentos em ações apenas nas perspectivas de desempenho das empresas, mas se esquecem que uma série de outros fatores podem influenciar no comportamento dessas ações no mercado financeiro no curto, médio e longo prazo.

Resultados diferentes do esperado que não foram precificados, crises políticas, oscilações no preço do petróleo e outros fatores externos podem surpreender até o investidor mais preparado. E nós sabemos que tudo o que o investidor não quer é ser surpreendido!

Para driblar os riscos das aplicações de renda variável, foram criados vários indicadores e osciladores para avaliar o mercado.

O que são indicadores de tendência de mercado

Os indicadores de análise técnica do mercado são sistemas que identificam valores derivados da aplicação de uma fórmula sobre as variações de preço das ações. Muitos indicadores são utilizados pelos analistas para estudar o comportamento do mercado e fazer previsões mais certeiras do preço das ações.

Claro que não existe uma fórmula secreta que assegure o lucro do investidor, mas os indicadores aumentam as chances de sucesso e favorecem sua estratégia de investimentos. Um desses indicadores é o próprio MACD, que visa captar tendências de precificação. Basicamente, é empregado em operações de trading e especulação.

O que é o MACD?

O MACD é a sigla para Moving Average Convergence Divergence que, traduzido para o português, é o mesmo que Média Móvel Convergente e Divergente. A lógica matemática desse tipo de análise técnica é derivada da diferença entre as Médias Móveis Exponenciais (MMEs).

Ao mesmo tempo em que esse indicador revela alguns pontos de reversão das tendências de comportamento das ações, também possibilita que o investidor veja os ativos comprados e vendidos, facilitando sua tomada de decisão nos investimentos.

MACD: qual sua utilidade?

Da mesma forma que as Médias Móveis Comuns, o cruzamento entre a linha de sinal e a linha MACD podem indicar que é hora de comprar/vender um ativo. O que indica a compra é o comportamento da linha MACD cruzando a linha de sinal de baixo para cima. Já a venda deve ser feita quando a linha MACD cruza a linha de sinal no sentido contrário, ou seja, de cima para baixo.

O indicador MACD funciona também como um oscilador, já que os valores representados graficamente oscilam abaixo ou acima de um referencial que divide o mercado comprado ou vendido. Assim, quando as linhas se encontram muito acima do referencial significa que o ativo está comprado. Quando estão muito abaixo do referencial, o ativo é considerado vendido. Diante dessa situação, analistas afirmam que a melhor hora de comprar é quando o ativo está bem abaixo da área vendida.

Como utilizar o MACD?

Muitos investidores vão observar uma média móvel de curto prazo (representada pela linha azul) cruzar acima de uma média móvel de longo prazo (linha vermelha), e interpretar esse gráfico como uma tendência de crescimento dos preços das ações no mercado.

Por outro lado, se o cruzamento de linhas acontecer de forma contrária (a média móvel de curto prazo cruzando abaixo da média móvel de longo prazo), esse pode ser um bom momento para considerar a venda.

Divergências no MACD

Algumas divergências entre o MACD e a linha dos preços indicam possíveis pontos de reversão das tendências do mercado. Desse modo, quando uma divergência de baixa nas ações ocorre, ou seja, quando a linha MACD está bastante acima do referencial zero e dá início a um movimento de queda, ao mesmo tempo em que a linha dos preços se mantém alta, esse pode ser um sinal de que uma tendência de queda irá se estabelecer.

Por outro lado, quando a linha do indicador MACD está bem abaixo da linha referencial e indica alta ao mesmo tempo em que a linha dos preços aponta queda, os analistas, por divergência, podem interpretar uma tendência de alta que se aproxima.

Histograma do MACD

O histograma de MACD permite a visualização da diferença entre a linha MACD e a linha de sinal. Essa diferença é visível em barras ou gráfico de área e auxilia o investidor na tomada de decisão no mercado acionário.

O histograma pode ser interpretado da seguinte forma: quando o indicador está acima da linha referencial e começa a se aproximar dela, pode ser que a tendência de alta do mercado esteja perdendo força. Por outro lado, quando as barras do histograma estão abaixo da linha de referencial zero, a tendência de queda pode estar perdendo força.

Outros indicadores

O indicador MACD é uma das ferramentas mais populares de análise técnica do mercado acionário já que oferece ao investidor a possibilidade de identificar as tendências de mercado a curto prazo.

Os sinais de transição entre alta e baixa minimizam a subjetividade dos investimentos e a visualização gráfica das linhas de sinal facilitam a vida dos acionistas. Justamente por isso, poucos indicadores são tão confiáveis e úteis quanto o MACD. Além disso, a interpretação desse indicador é relativamente simples, o que faz com que ele possa ser incorporado a praticamente toda estratégia de trade de curto prazo.

Se você achou o MACD interessante, talvez valha a pena dar uma olhada em outros indicadores de análise técnica também:

  • Índice de Força Relativa
  • CCI
  • Stop de Volatilidade ATR
  • Suporte e Resistência
  • Linhas de Tendência
  • Estudo do Volume
  • Bandas de Bollinger

Esperamos que esse conteúdo tenha solucionado algumas dúvidas sobre o MACD.  Lembre-se de que o indicadores servem para auxiliar os investidores na tomada de decisão e, quanto mais amparados pelas ferramentas de análise técnica, menores os riscos de investir de forma equivocada no mercado financeiro.

Recomendados

Investimentos

Anbima CEA: tudo sobre a Certificação de Especialista em Investimentos

Entenda mais sobre como essa certificação pode ser importante para você e quais ...

3 anos atrás

Investimentos

CDI: conheça tudo sobre um dos principais parâmetros de rentabilidade do mercado

CDI é a principal taxa de referência para a avaliação da rentabilidade de ...

3 anos atrás

Investimentos

Conheça os principais tipos de investimento do mercado financeiro

Aprenda sobre os tipos de investimento disponíveis, seus respectivos níveis de ...

3 anos atrás