Como as figuras de autoridade nos investimentos nos ajudam a decidir

Figuras de autoridade podem lhe dar muitos conselhos relacionados ao universo dos investimentos. Mas nem sempre eles estão corretos.

Em um mundo repleto de informações, é necessário tomar muito cuidado e filtrar todos os conteúdos que absorve diariamente. Ao aprender sobre investimentos, isso não é diferente.

Figuras de autoridade podem lhe dar muitos conselhos relacionados ao mercado financeiro e é boa ideia acompanhá-los, principalmente quando se é um investidor iniciante. Porém, infelizmente, nem sempre esses influenciadores estão corretos. 

O ideal é analisar tudo que foi dito e estudar bem os ativos nos quais pretende investir antes de aplicar seu dinheiro. Descubra mais sobre o assunto nos próximos parágrafos e entenda como figuras de autoridade nos investimentos podem influenciar suas decisões.

Figuras de autoridade – o que são e como nos influenciam?

Essas figuras são pessoas que exercem certa importância ou até mesmo poder sobre você. Muitas vezes, sua influência afeta toda a nossa relação com o dinheiro e a vida.

Isso foi provado por meio do chamado Experimento de Milgram, que comprovou que, quando há uma figura de autoridade a ordenar, seres humanos comuns são capazes de violência extrema.

Voltando nossa atenção à nossa relação com o dinheiro, podemos exemplificar o efeito das figuras de autoridade de acordo com nosso nível geral de educação financeira. Sabemos que muitos brasileiros, por exemplo, não tiveram acesso adequado a essa matéria.

Esses brasileiros formam famílias e ensinam aos seus filhos os mesmos hábitos – sejam eles bons ou ruins – em relação ao dinheiro. O que acontece?

Uma espécie de roleta. Se o pai ou mãe tiver aprendido bons hábitos em relação ao dinheiro, o filho terá mais chances de uma boa educação financeira. Agora, se forem maus hábitos, aumentam as chances dos filhos os reproduzirem também em suas vidas.

O contexto social nos leva a atribuir a alguns indivíduos o status de figuras de autoridade, o que a torna um viés cognitivo também estudado pela economia comportamental.

O que é economia comportamental? Vamos mostrar logo abaixo!

Economia comportamental – o que é?

Essa matéria tem menos de cem anos. Apesar de relativamente nova, trouxe muito progresso ao estudo sobre como as pessoas usam seus recursos financeiros.

Ao revelar que boa parte de nossas decisões de compra e investimento acontecem de maneira subconsciente, o estudo passou a pesquisar ferramentas para lidar com o que chamamos de vieses cognitivas, como as próprias figuras de autoridade.

A seguir, veja quais tipos de figuras podem ser reconhecidas como de autoridade em suas decisões sobre investimentos.

Quais figuras podem ser reconhecidas como de autoridade?

 

  • Pais, mães ou pessoas que te criaram: essas pessoas exercem influência sobre todos os aspectos da sua vida. Foram elas também que te ensinaram alguns dos principais hábitos que carrega até hoje, inclusive em relação a como usa seu dinheiro;

 

 

  • Influenciadores digitais: atualmente, existe uma leva de influenciadores especializados na área financeira. Como seu trabalho os levou ao status de autoridades, suas recomendações também influenciam suas decisões na Bolsa de Valores;

 

 

  • Gestores de investimento: embora não sejam autorizados a recomendar ativos específicos, o fato de assessorar sua relação com a corretora os dá o status de especialistas. Portanto, podem ser vistos por você como figuras de autoridade.

 

Os diferentes vieses da economia comportamental

Estas figuras não são as únicas a influenciar suas decisões. A seguir, veja alguns dos principais vieses cognitivos e como eles afetam seus investimentos!

 

Viés de reciprocidade

Quando alguém te dá um presente ou faz um favor, você sente vontade de dar ou fazer algo em retorno? Esse é o viés de reciprocidade agindo.

Apesar de difícil de acreditar, ele pode influenciar seus investimentos. Existem investidores que têm dificuldade de se desfazer de ativos que já não rendem tanto, apenas pelo fato de eles terem oferecido boa rentabilidade no passado. Como se devessem a um ativo.

 

Viés de influência social

Parecido com o viés que estamos tratando nesse artigo, mas o de influência social funciona de forma um pouco diferente. 

Ao invés dela ser exercida por um indivíduo que exerce certo poder, o viés de influência social acontece quando um grupo no qual está inserido influencia suas decisões.

 

Viés de diversificação

Um dos vieses que costumam ter efeito positivo nas decisões. Nele, descobrimos que nossas decisões buscam diversificar opções, principalmente quando compramos e investimentos em maior escala.

Por exemplo, esse viés pode fazer com que opte por ativos de diferentes empresas, ao invés de colocar todo o seu dinheiro apenas no seu ativo mais rentável. Quando faz isso, corre o risco de perder muito dinheiro em uma futura desvalorização.

 

Viés de status quo

Um viés que pode se relacionar com o das figuras de autoridade, o de status quo está ligado em nossa aversão natural as mudanças.

Nele, costumamos decidir pelo que parece mais familiar, ou seguindo padrões que já estabelecemos anteriormente. Muitas vezes, mesmo quando a opção menos conhecida parece a melhor.

Como as figuras de autoridade nos investimentos nos afetam?

Nossa capacidade de investir sofre forte influência dessas figuras. Por conta dos seus ensinamentos e hábitos estarem bem instalados em nosso subconsciente, algumas vezes é difícil se desvencilhar da maneira que nos indicam a agir.

Nem sempre isso é negativo, principalmente quando estamos lidando com especialistas. Ainda assim, é necessário estudar por conta própria, avaliar opções diversas e, algumas vezes, se arriscar a ir na direção contrária dessas figuras de autoridade.

Quer entender melhor como seu cérebro funciona em relação aos investimentos? Então entre em contato com nossa equipe de especialistas e comece já seus estudos sobre o mercado financeiro!

Recomendados

Investimentos

Conheça 5 melhores podcasts sobre economia e finanças

Os streamings de áudio são uma ótima opção para se manter bem informado sobre o ...

2 anos atrás

Investimentos

5 melhores podcasts para ouvir e aprender mais sobre negócios

Na Era dos Podcasts não faltam opções para quem está buscando dicas sobre ...

2 anos atrás

Investimentos

Bolsa de Valores para iniciantes: tudo o que você precisa saber

Entenda o que é, como funciona e as principais características da bolsa de valores ...

2 anos atrás