Dólar futuro: como investir, riscos e rentabilidade

Investimento para perfis arrojados, o dólar futuro é um tipo de contrato que aposta na alta ou queda da moeda. Entenda suas regras.

Investir em dólar futuro pode ser uma opção atrativa de investimento, especialmente quando a moeda americana está em alta.

Nessa modalidade, você compra dólares hoje e os vende no vencimento, absorvendo riscos e ganhos da operação.

Tem interesse em aprender como investir em dólar futuro? Então, continue por aqui para descobrir como comprar e vender a moeda americana com lucro.

O que é dólar futuro?

O dólar é, atualmente, a moeda mais forte do mercado. Assim, ela serve como referência monetária em todo o mundo.

Portanto, o dólar é considerado uma commodity financeira – isto é, um produto financeiro básico negociado nas Bolsas de Valores de todo o planeta. No Brasil, a moeda estadunidense é operada na B3.

Assim como as demais commodities, ela também é comprada e vendida no mercado futuro, através de contratos. Dessa forma, o dólar futuro é a negociação da moeda norte-americana com preços e datas determinados no ato da compra. Quando chegar o dia do vencimento, o comprador exerce o direito escolhido.

A ideia é que, nesse meio tempo entre a aquisição do contrato e sua execução, a moeda se valorize e o investidor tenha lucro com a operação.

Como funciona o dólar futuro?

Existem duas maneiras para a compra do dólar futuro: contratos cheios (DOL) ou mini contratos (WDOL). Os contratos cheios são padronizados em lotes equivalentes a US$ 1.000,00. Já os mini contratos podem representar 1/5 de 1 DOL.

Os WDOLs foram criados com o objetivo de facilitar a negociação dos contratos futuros da moeda americana por pessoas físicas, em volume reduzido. Assim, o investidor compra seu mini contrato ou contrato cheio, com preço e data de vencimento estabelecidos.

No dia da execução do contrato, se o dólar estiver mais alto do que o valor contratado, o investidor tem lucro. Mas, se moeda desvalorizou, ele amarga o prejuízo pela operação.

Existe, ainda, a possibilidade de negociar os contratos antes da data do vencimento. Dessa forma, caso o comprador entenda que o dólar atingiu um valor satisfatório antes do dia de execução do direito, poderá vender seu papel no mercado de investimentos.

Vale a pena investir em dólar futuro?

A negociação de contratos futuros é um tipo de investimento com riscos altos. Como compensação, a rentabilidade da aplicação pode ser vantajosa.

Portanto, antes de começar a comprar e vender dólar futuro, é preciso ponderar as margens de risco e vantagens oferecidas por este formato de investimento. Confira!

 

Riscos do dólar futuro

A cotação do dólar sofre alterações a todo o momento. Sendo uma referência monetária mundial, ela recebe a pressão de compradores e vendedores o tempo inteiro. Assim, mesmo sendo uma unidade forte frente ao real, o valor do dólar pode mudar rapidamente.

Dessa forma, a observação da economia internacional é parte muito importante do investimento em mercado futuro – especialmente, o cambial. É necessário, ainda, entender como a moeda nacional está frente ao dólar. Afinal, é sobre a sua subvalorização que o investidor vai lucrar.

 

Vantagens do dólar futuro

Por outro lado, apostar na compra e venda de dólares vêm se mostrando cada dia mais rentável. As altas da moeda estadunidense proporcionaram boas margens de rentabilidade ao comprador do dólar futuro.

Além disso, você conta com um investimento baseado na moeda mais forte do panorama econômico atual. Assim, aplicar em dólar futuro também é uma maneira de fazer uma reserva financeira contra intempéries do mercado de investimentos.

Como investir em dólar futuro: passo a passo

Para investir em mercado futuro, comprando e vendendo dólares, é bem simples. Basta seguir este passo a passo:

 

1 – Abrir uma conta em uma corretora de investimentos

As operações na Bolsa de Valores só podem acontecer por intermédio de uma corretora. Por isso, você deve abrir uma conta em uma instituição autorizada a intermediar as transações na B3. Depois que a conta for aberta, transfira dinheiro para ela.

 

2 – Escolher os contratos de dólar

Em seguida, a corretora dará acesso ao home broker – uma espécie de plataforma em que você conseguirá ver todos os ativos disponíveis para negociação na B3.

Então, basta observar o mercado futuro e ver os preços dos contratos. Os mini contratos e contratos cheios são descritos em códigos, dessa maneira:

Mês

Código

Janeiro

F

Fevereiro

G

Março

H

Abril

J

Maio

K

Junho

M

Julho

N

Agosto

Q

Setembro

U

Outubro

V

Novembro

X

Dezembro

Z

O WDOLX22, por exemplo, representa um mini contrato de dólar futuro com vencimento em novembro de 2022.

 

3 – Enviar remessa de compra

Depois que você analisou e escolheu uma das opções, certifique-se de que está tudo correto e envie a sua remessa de compra.

Viu como pode ser simples investir no mercado futuro? Ponderando os riscos e vantagens, você consegue fazer investimentos mais rentáveis. Descubra agora outras aplicações com boas remunerações nas carteiras recomendadas da Capital Research.

Recomendados

Investimentos

Alta do dólar: as razões e seus impactos nos investimentos

...

2 anos atrás

Investimentos

Investir em dólar: veja 7 dicas e conselhos antes de comprar a moeda

Investir dólar pode fazer a diferença nos investimentos. Veja as principais dicas e ...

2 anos atrás

Investimentos

Fundo de dólar: o que é e por que investir

Investir em fundo de dólar pode diversificar sua carteira e proteger o patrimônio ...

2 anos atrás