Custo Oportunidade: veja o que você precisa saber sobre o termo

O Custo Oportunidade é o quanto você está abrindo mão em nome de mais rendimento. Entenda sua importância em nosso artigo

Todos os dias e em quase todos os momentos estamos tomando decisões. Agora, por exemplo, você vai decidir se quer continuar lendo esse artigo ou tomar um cafézinho.

O que você vai ganhar ou perder em cada uma dessas decisões? Isso é o Custo Oportunidade. É tudo o que pode perder ao decidir por uma opção em detrimento da outra. Ou seja, o custo oportunidade está presente em quase todas as decisões da sua vida.

Mas como ela funciona no mundo dos investimentos? É isso que vamos te explicar nos próximos parágrafos. Por isso, adie o cafézinho por apenas alguns minutos e entenda tudo sobre custo oportunidade!

Custo oportunidade: o que é?

Como mencionamos acima, o Custo Oportunidade é o valor do que você renuncia ao tomar alguma decisão.

Diferente de muitos dos termos que abordamos nos artigos do blog, o Custo Oportunidade está presente em todos os aspectos da sua vida. Seja na hora de escolher se vai investir dinheiro no exterior ou se irá deixar de comer carne às segundas.

 

Como o Custo Oportunidade funciona?

Diferente do Custo Contábil, o Custo Oportunidade é uma estimativa do que pode ou poderia ganhar ao fazer uma escolha. Na verdade, os conceitos de escolha e escassez estão sempre presentes quando falamos em custo oportunidade. Confira um pouco sobre cada um nos próximos parágrafos.

Escolha x escassez: como as palavras definem o termo

Escolha e escassez estão no cerne do custo oportunidade. Enquanto um serve para seguir uma direção, o outro mostra o que está renunciando em nome dessa decisão. Se você quiser ficar rico, terá de entender estes conceitos.

 

Escolha: o que é melhor para você?

Nada mais angustiante do que se ver diante de uma decisão difícil. É raro estarmos preparados para fazer uma escolha importante, já que, mesmo sem conhecer o termo, estamos calculando o Custo Oportunidade de cada uma das opções disponíveis.

Quando falamos em finanças, a escolha se refere ao melhor caminho para ter mais rentabilidade ou segurança. Em outros aspectos, esse custo pode ser de tempo, saúde e até mesmo felicidade.

 

Escassez: o que está renunciando em nome dessa escolha?

O Custo Oportunidade está diretamente ligado ao conceito de escassez. Isso porque ele explica o cenário de escassez que um investidor passa ao estudar as diferentes opções de investimento à sua disposição.

Sacrificar a segurança de uma renda fixa pela maior chance de rentabilidade na renda variável? Operar no mercado de câmbio ou é melhor investir em ações? Poupança ou investir no Tesouro Direto?

Cada escolha que fizer acima também significará uma renúncia de qualquer benefício que decidiu deixar de lado. Escassez significa não poder ter todos os objetos da escolha simultaneamente.

Agora, como calcular o Custo Oportunidade nos investimentos? Isso é o que vamos ensinar a seguir, então continue nos acompanhando!

Como calcular o custo oportunidade?

O conceito parece mais difícil do que o próprio cálculo do Custo de Oportunidade, principalmente quando falamos no mercado financeiro.

Por exemplo, imagine que irá fazer uma transação. Essa transação tem juros, como a taxa Selic?

Então pronto, os juros que irá pagar são o custo oportunidade. Mas esse não é o único exemplo.

 

E quando não há juros?

Nesse caso, o custo oportunidade pode ser calculado de acordo com o que pode ser obtido do retorno ao fazer um investimento. Usar o nível de risco de um investimento também pode entrar nesse cálculo.

 

Anote quais oportunidades está perdendo ao escolher um investimento

Não importa em qual ativo está investindo. Antes de fechar a compra de um e enviar o dinheiro, você deve antes anotar tudo o que está perdendo ao escolhê-lo.

Rentabilidade, segurança, liquidez, tudo deve ser anotado e considerado antes de fechar negócio. Compare também com outras opções, como costumamos fazer ao analisar fundos de investimento.

 

Definir qual delas é a que vale mais

Anotou todas as opções, o que ganha com elas e, principalmente, o que perde com elas? Então chegou a hora de avaliar o custo oportunidade de cada uma e descobrir qual é a que vai trazer mais benefícios de acordo com o seu perfil.

Uma dica que pode usar na avaliação é verificar se em alguma das opções é possível investir o dinheiro sem risco algum.

Quando uma operação não traz risco ou não existem outras opções, podemos dizer que seu custo oportunidade é zero.

 

Avaliar se o benefício cobre o Custo de Oportunidade

O passo final do cálculo é definir se o benefício do investimento que escolheu cobre o custo oportunidade de todas as opções que está deixando para trás.

Você pode fazer isso ao considerar os indicadores como a taxa Selic ou o CDI. É possível comparar as taxas acumuladas em um período do investimento passado e compará-las com as de um investimento futuro, comparando a expectativa dos mercados acumulados nesse período.

Tipos de custo oportunidade

Existem diversos tipos de custo oportunidade. Alguns deles você não consegue nem enxergar!

Confira cada um dos tipos logo abaixo.

 

Escondido

É o custo camuflado, impossível de enxergar. Dizemos isso pois esse custo não fica claro. Ou seja, não sabemos o que vamos perder na tomada de uma decisão. Por isso, ele não pode ser medido.

Ele costuma ser representado por taxas somadas automaticamente a um tipo de investimento específico.

 

Aberto

O inverso do anterior. O custo oportunidade aberto não está embutido automaticamente em uma operação e pode ser calculado sem problemas.

 

Ambiental

Usado exclusivamente em cálculos que envolvem o uso de recursos naturais.

O látex é um exemplo disso. Ele pode ser usado tanto para a fabricação das borrachas de escritório quanto para a confecção de pneus.

Porém, quando decide por um deles, você inviabiliza todas as outras opções de produtos que podem ser fabricados com esse mesmo látex.

 

Contábil

Mencionamos esse tipo no começo do artigo. Mais direto que as outras alternativas, ele calcula o custo direto de quanto lucro sacrificou ao optar por um investimento ou recurso no lugar do outro.

Quer saber como reduzir seu Custo Oportunidade e escolher o investimento certo e que vai de acordo ao seu perfil de investidor? Então nos envie já uma mensagem para que possamos lhe ajudar a fazer as melhores escolhas!

Recomendados

Investimentos

Análise de custos: o que é, para que serve e como fazer

Entenda a importância, quais os métodos mais utilizados e de que forma a análise ...

3 anos atrás

Investimentos

Day trade: como funciona na prática (e dá dinheiro?)

Tire suas dúvidas sobre day trade, como funciona esse tipo de investimento na bolsa ...

3 anos atrás

Investimentos

Entenda o que é capital fixo e confira as principais dúvidas sobre o assunto

Vamos explicar o que é o capital fixo, respondendo as principais questões que ...

3 anos atrás