Cursos de trader: 5 cuidados e 4 dicas para aprender melhor

Quer operar na bolsa? O primeiro passo é conhecer os cursos de trader à disposição e os cuidados antes de se inscrever.

Se você quer ganhar a vida fazendo trades na Bolsa de Valores, um dos primeiros passos é conhecer os cursos de trader disponíveis no mercado.

Não importa se você deseja operar índice, pensa em fazer day trade ou swing trade. Passar por um curso de trader é praticamente uma obrigação para ter sucesso no longo prazo.

Mas, na hora de escolher o curso de trader ideal, todo cuidado é pouco: com a popularização do investimento na Bolsa de Valores nos últimos anos, o setor percebeu uma multiplicação de cursos – alguns de qualidade duvidosa.

Neste artigo, você vai entender como analisar os cursos para não errar, e também vai conhecer alguns dos principais cursos de trader do mercado.

Cursos de trader: o que ensinam?

O objetivo dos cursos de trader focados na Bolsa de Valores é ensinar o aluno a se transformar em um day trader, scalper trader ou swing trader.

Mas você sabe quais as diferenças entre essas modalidades de traders? Confira:

  • Day trader: opera compra e venda no mesmo dia. Às vezes, com segundos ou minutos de diferença
  • Scalper trader: costuma fazer diversas operações de compra e venda no mesmo dia, sempre com oscilações pequenas. Assim, o volume negociado é maior, mas as operações são mais curtas
  • Swing trader: faz operações que podem levar dias, semanas e até meses para serem finalizadas.

Há outras modalidades mais específicas de trader na Bolsa, mas listamos acima as principais.

Em alguns cursos de trader mais básicos, você vai entender o funcionamento do mercado de ações.  Quais empresas fazem parte no Brasil, quem são os agentes, como funciona o processo de valorização e desvalorização das ações e como ganhar dinheiro no crescimento e na queda do mercado.

Além disso, você vai conhecer os tipos de papéis que poderá operar na Bolsa. Há três principais: mini-contratos, opções e ações.

Depois, vai compreender os dois principais tipos de análise que guiam quase todos os investidores: a análise fundamentalista, baseada nos indicadores, nos múltiplos de mercado e na saúde financeira da empresa, e a análise técnica, que dá atenção apenas à oscilação dos ativos nos gráficos.

É possível ganhar dinheiro com ambas estratégias, como diversos investidores já provaram, mas é preciso definir e ter consistência nessa estratégia.

Além do conhecimento básico sobre o mercado de ações, alguns cursos de trader ensinam, na prática, técnicas para operar de acordo com a modalidade escolhida.

5 cuidados com cursos de trader

Listamos, a seguir, os principais cuidados que você precisa tomar ao escolher um curso de trader:

1. Fique atento a promessas ilusórias

Se o curso que você está cogitando fazer tem promessas de ganhos incríveis, garantindo um percentual de retorno a cada mês, por exemplo, há motivos de sobra para ficar desconfiado com a qualidade do curso.

Por melhor que seja o conteúdo e a estratégia ensinada, nada no mercado de renda variável é efetivamente garantido. Por isso, fique longe de promessas irreais, porque elas mostram que o material não é sério, e pode conter algum tipo de fraude ou golpe por trás.

2. Verifique a reputação

Uma das melhores maneiras de avaliar um curso de trader é analisar a reputação da instituição que está oferecendo o curso, além dos professores que fazem parte da grade.

Descubra há quanto tempo a empresa está no mercado e quantos cursos o professor já ministrou.

Busque informações sobre a reputação da empresa com outros agentes do mercado financeiro antes de tomar qualquer decisão.

3. Converse com ex-alunos

Ainda na análise da reputação do curso, uma boa ideia é conversar com ex-alunos, que fizeram o curso recentemente.

Ouvindo o depoimento pessoal dos alunos, você entende como funciona a dinâmica das aulas e descobre se os estudantes estão aplicando os ensinamentos na vida real.

Além disso, é possível pedir referências aos alunos: afinal, eles recomendam o curso? Essa informação pode ser valiosa antes de investir.

4. Conheça o prazo de duração

Desconfie de cursos de curta duração, como um final de semana, que garantem ensinamentos robustos em pouco tempo.

É preciso reconhecer que um curso de trader leva tempo, e mais tempo ainda você vai precisar até colocar efetivamente na prática aquilo que for aprendido.

Por isso, vale a pena comparar os prazos de duração de cada opção de cursos de trader, e descartar aqueles que destoam, tanto para mais, como para menos.

5. Encontre o melhor custo-benefício

O melhor curso de trader sempre será aquele que apresentar o melhor custo-benefício para o seu caso.

Por isso, não hesite em solicitar o valor total do investimento para poder comparar cada curso. Nunca tome uma decisão sem fazer a análise do custo-benefício de cada alternativa.

4 dos principais cursos de trader

Listamos, a seguir, quatro dos principais cursos de trader disponíveis na Internet, para você comparar e conhecer algumas das opções.

1. O Mapa do Trade, XP Educação

O Mapa do Trade é um curso oferecido pela XP Educação, braço da XP Investimentos, a maior corretora de valores do Brasil.

Trata-se de um treinamento online pensado para explicar o funcionamento das técnicas de swing trade, day trade e scalp.

Ministrado pelo analista Aliakyn Pereira de Sá, o curso traz uma série de relatos sobre suas experiências na sala de operações da XP. O instrutor também possui um canal com mais de 26 mil inscritos no YouTube.

O valor total do curso é de R$ 2.180, à vista.

2. Tudo que Aprendi em 12 Anos de Day Trade, XP Educação

Ministrado por André Moraes, o curso Tudo que Aprendi em 12 de Anos de Day Trade faz parte do portfólio de cursos da XP Educação.

Analista de investimentos professor, Moraes é autor do livro “Se Afastando da Manada”, considerado uma das referências para traders da Bolsa de Valores.

O curso custa R$ 1.280 à vista, e é totalmente online.

De acordo com o material informativo do curso, o aluno conhecerá o caminho completo para  o day trade, o que inclui a análise técnica, a psicologia do mercado e o gerenciamento do risco das operações.

3. Análise Técnica: Como Ser um Trader da Bolsa de Valores

Este curso oferecido pela Udemy possui 17 artigos e quatro horas de vídeos, entre outros conteúdos disponíveis para download.

O curso custa R$ 23,99 e ensina a identificar as tendências do mercado, além de explicar como encontrar as melhores oportunidades de ganho para traders na Bolsa de Valores.

É um curso dedicado a quem está começando a estudar o assunto.

4. Curso Aprenda Day Trade, Portal do Trader

O Curso Aprenda Day Trade é um curso gratuito oferecido pelo Portal do Trader.

Voltado aos iniciantes, o curso tem 152 minutos de duração, e ensina o que é day trade, quais são os requisitos para operar, os ativos mais recomendados, além das vantagens e desvantagens dessa prática.

O curso entrega uma abordagem geral da profissão de trader, introduzindo boa parte dos conceitos para quem deseja seguir a carreira.

Gostou das dicas? Então assine a newsletter da Capital Research e receba, diariamente, novidades sobre investimentos

Recomendados

Investimentos

7 dicas para você investir sem medo

Quer investir, mas não sabe por onde começar? Confira nossas dicas para perder o ...

2 anos atrás

Investimentos

Swing trader: como ter sucesso ao operar na bolsa

O swing trader é aquele que compra e vende ações na bolsa a partir do swing trade, ...

3 anos atrás

Investimentos

Day trade: como funciona na prática (e dá dinheiro?)

Tire suas dúvidas sobre day trade, como funciona esse tipo de investimento na bolsa ...

3 anos atrás