O que é e como investir em CRI?

Conheça o título de renda fixa CRI, suas vantagens e desvantagens

Os investimentos financeiros são divididos em renda fixa, variável e fundos. Os investimentos de renda fixa, como CRI, são aqueles que possuem um valor de renda fixado, ou seja, o investidor sabe quanto vai ganhar e em que período de tempo. Por ser mais seguros, esses rendimentos também são mais baixos. Já os de renda variável, como ações e commodities, não possuem um rendimento conhecido, oscilando de acordo com o mercado. No entanto, é possível obter muito mais rentabilidade com esse tipo de investimento.

Por sua vez, os fundos de investimento são uma mistura de investimentos de renda fixa e variável, para que se crie um equilíbrio entre risco e rentabilidade e se consiga chegar a ganhos maiores, minimizando os riscos.

A seguir, saiba mais sobre o CRI – Certificado de Recebíveis Imobiliários -, um título de renda fixa que pode ser adquirido de forma única ou junto a um fundo de investimentos. Acompanhe!

Como funcionam os Certificados de Recebíveis Imobiliários?

Os Certificados de Recebíveis Imobiliários – CRI – são títulos de renda fixa que representam a promessa de um pagamento futuro. Os emissores de CRI são empresas securitizadoras. Explicando: uma construtora, por exemplo, constrói um condomínio e vende apartamentos financiados para os clientes. Para não ter que esperar o recebimento das parcelas, ele contrata uma empresa securitizadora, que a paga o valor total adiantado.

Essa securitizadora vende, então, os CRI, que são as promessas de compra dos clientes da construtora, e é assim que ela consegue pagar adiantado. Em troca, os investidores ganham uma certa rentabilidade sobre o valor investido, em um determinado período de tempo (vencimento). Esse investidor não poderá resgatar os valores antes, a menos que venda o título a outro investidor, e receba de volta o dinheiro sem a rentabilidade.

Como em todo título prefixado, o investidor sabe o quanto irá ganhar, ou seja, a remuneração é previsível.

Diferença entre CRI e CRA

Um CRI é um Certificado de Recebíveis Imobiliários, e um CRA é um Certificado de Recebíveis Agrícolas. Enquanto, no CRI, o investidor compra uma promessa de pagamento de imóveis, no CRA ela é de um produto agrícola, e também é adquirida por meio de uma empresa securitizadora.

No caso do CRA, uma empresa parcela uma negociação com a outra, que contrata uma securitizadora para receber o dinheiro total com antecedência. Os investidores que compram esses papéis estão ajudando a movimentar o agronegócio e, também, recebem um valor prefixado ao fim de um determinado prazo.

Quais os riscos e retornos de investimento em CRI?

Ao contrário de investimentos intermediados por instituições financeiras, o CRI não conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito – no entanto, as securitizadoras podem contar com algumas garantias ao repassar os títulos. Os investidores podem, também, levar em conta as notas das agências de rating aos CRI. Mesmo com esse risco inerente, os Certificados de Recebíveis Imobiliários ainda são considerados investimentos seguros.

Já o retorno será relativamente baixo, como qualquer investimento de renda fixa, mas ainda assim maior que o da poupança, por exemplo.

E quais as vantagens e desvantagens?

Vantagens:

  • Isenção de IR e IOF para pessoa física
  • Não há outras taxas envolvidas
  • Aquisição simples, direto com a securitizadora

Desvantagens

  • Pouca liquidez e longo prazo
  • Baixo rendimento
  • Alguns CRI só podem ser adquiridos por investidores profissionais e qualificados
  • Esses títulos não permitem resgate antecipado

Como investir em CRI

É possível investir sozinho em CRI (assim como em CRA), diretamente com a securitizadora, ou por meio de uma corretora, dentro de uma carteira de fundos de investimentos. Alguns CRI podem ser adquiridos pelo valor mínimo de R$ 1.000. Já outros somente investidores profissionais ou qualificados podem adquirir, com valores iniciais bem mais elevados.

Se quiser saber mais sobre esse e outros tipos de investimentos, cadastre-se na Capital Research e obtenha notícias frescas e atualizadas sobre os assuntos de seu maior interesse no mercado financeiro.

Recomendados

Investimentos

Bancos múltiplos: o que são e quais serviços oferecem

Quer entender melhor o que são bancos múltiplos e quais são os serviços que eles ...

2 anos atrás

Investimentos

Debêntures: o que é, como funciona, vantagens e riscos

Entenda o que são debêntures, seus rendimentos, e se vale a pena aplicar neste tipo ...

2 anos atrás

Investimentos

Entenda o que é e como calcular o grau de alavancagem operacional

Realizar uma alavancagem operacional é uma das formas que as empresas encontram de ...

3 anos atrás