Entenda o que é e como calcular o grau de alavancagem operacional

Realizar uma alavancagem operacional é uma das formas que as empresas encontram de impulsionar os resultados

O conceito de alavancagem no mercado financeiro pode ser definido como uma maneira de impulsionar os recursos para atingir melhores resultados. Através dessa alavancagem, é possível realizar uma aplicação de valores maiores do que está disponível na conta do investidor.

É importante ressaltar que existem dois tipos de alavancagem: a financeira e a operacional. Neste artigo, vamos abordar o que é alavancagem operacional, como calcular o grau de alavancagem operacional, exemplos práticos e muito mais! Confira!

O que é alavancagem operacional?

 Alavancagem operacional é um dos tipos de alavancagem que podem ser realizadas no mercado financeiro por uma empresa. A finalidade é fazer com que produção gere mais lucros. Esses resultados podem ser medidos mediante a proporção dos custos fixos em comparação aos custos variáveis.

A matemática é simples: quanto menor for a produção de uma empresa, mais difícil será de abater os custos fixos dela. Neste cenário, muitas empresas buscam na alavancagem operacional uma solução para captar novos recursos visando aumentar a produção e em paralelo, manter os valores dos custos fixos intactos. Outro cenário bastante comum que enquadra-se na alavancagem operacional é quando ampliação da produção e vendas são usadas para abater os custos fixos da empresa. 

Como calcular o grau de alavancagem operacional? 

O cálculo do Grau de Alavancagem Operacional, também conhecido como GAO, possui duas finalidades: medir a distância que a empresa está do Ponto de Equilíbrio e medir a variação no lucro em razão de uma variação nas vendas.

Para calcular o Grau de Alavancagem Operacional é necessário que a empresa atente-se às informações financeiras e contábeis do negócio, mais precisamente o Lucro Operacional e a Variação Percentual nas Vendas. A fórmula do GAO é constituída da seguinte maneira:

GAO = variação percentual no lucro operacional dividido pela variação percentual nas vendas.

Com esta fórmula, o próximo passo entender qual o tipo de alavancagem operacional será aplicada na operação da sua empresa. Existem quatro categorias:

  • Grau de alavancagem operacional

É a mais utilizada, sendo aplicada quando ocorre uma alteração da receita bruta, gerando uma ampliação ou redução do resultado operacional num percentual sempre superior.

  • Grau de alavancagem em equilíbrio

Já este pode ser aplicado em uma situação em que a empresa está operando no vermelho, em uma situação na qual os custos fixos são tão elevados que são o dobro em comparação a margem de contribuição. Nesta situação, para diminuir o prejuízo, uma solução é utilizar a alavancagem para ampliar a receita bruta.

  • Grau de alavancagem modesta

É praticamente a mesma situação da alavancagem em equilíbrio, com a diferença que os custos fixos são ainda maiores a redução do prejuízo é percentualmente menor.

  • Grau de alavancagem negativa

Por fim, esta é aplicada quando torna-se negativa a margem de contribuição ou em uma situação em que ampliação da receita bruta também aumenta os gastos com as despesas fixas, resultando em uma redução no resultado da operação. 

Exemplo de alavancagem operacional

Para deixar tudo mais simples, vamos dar um exemplo de como funciona exatamente o cálculo da alavancagem operacional.

Suponha que uma empresa vende mensalmente R$ 20 mil e possui um lucro operacional de exatamente R$ 8 mil. No entanto, em determinado período, ela decide adquirir novos recursos e amplia suas vendas para R$ 30 mil, porém, seu lucro operacional é reduzido para R$ 5 mil.

Neste caso portanto, o cálculo do GAO será baseado através das variações nas vendas e lucro utilizando a seguinte fórmula:

Variação do lucro operacional: 5 mil – 8 mil / 5 mil = – 0,6  ou -60%

Variação nas vendas: 30 mil – 20 mil / 30.000 = 0,33 ou 33%

GAO = – 0,6 ÷ 0,33

GAO = – 1,8

O resultado que chega-se é que por conta de uma alavancagem mal feita, ocorreu um aumento dos custos e despesas operacionais. 

Entendeu como funciona e qual é a importância da alavancagem operacional? Entenda qual é a situação da sua operação, aplique corretamente o cálculo e encontre no GAO, uma forma de alavancar os resultados. Porém, seja cuidadoso na hora de fazer!

Confira nosso newsletter abaixo, para receber atualizações diárias do Mercado Financeiro!

 

 

Recomendados

Investimentos

Anbima: entenda o papel dessa associação reguladora do mercado financeiro

Saiba mais sobre o que é a Anbima, entendendo seu papel regulador do mercado e ...

3 anos atrás

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás

Investimentos

Como comprar ações: confira o passo a passo e 4 formas diferentes para voce começar a investir agora!

Devido à queda da taxa SELIC e a baixa rentabilidade da renda fixa, demanda-se ...

3 anos atrás