Como fazer short e os principais cuidados nessa hora

Quer lucrar com a queda de um ativo na bolsa de valores? Veja como fazer short e conheça os principais cuidados nessa hora.

Entender como fazer short de uma ação é o primeiro passo para quem deseja ganhar dinheiro com a queda de um ativo na bolsa de valores. 

Embora esperar pela valorização seja a atitude mais comum – e intuitiva – de quem investe em uma ação na bolsa de valores, essa não é a única maneira de lucrar na renda variável. Ao fazer short de uma ação, você ganha quando a ação cai, e perde quando a ação se valoriza.

Por isso, essa estratégia é utilizada para proteger a carteira e também para lucrar em momentos de depreciação do ativo. Neste artigo, você vai descobrir como fazer short de uma ação na prática e também vai conhecer os principais cuidados que essa operação exige. 

O que é fazer short em uma ação

Fazer short de uma ação significa vender a descoberto. Ou seja: vender uma ação que você não possui.

Mas por que você faria isso? Na prática, para poder comprar a ação em um valor mais barato.

Falando de forma simplificada, fazer short de uma ação é apostar contra a sua valorização. Portanto, apostar que a ação vai cair.

Se a ação se valoriza, você perde dinheiro. Se a ação se desvaloriza, você ganha.

Por isso, o short é utilizado para lucrar com momentos de queda do mercado, quando você percebe que o humor dos investidores não é positivo com determinada empresa, e também para proteger parte do seu patrimônio.

A estratégia de short pode ser feita de duas maneiras: isolada, quando você aluga uma ação e vende ela sozinha, porque está pessimista com o seu futuro no curto ou médio prazo, ou em conjunto com uma operação long.

Neste caso, a operação se chama long & short, e funciona como uma combinação, em que você aposta em um ativo contra o outro.

Aqui, a ação não precisa necessariamente cair para você lucrar. Se o ativo que você shorteou subir menos do que o ativo que você fez long, a operação será lucrativa.

Portanto, quando alguém diz que está long em uma ação, significa dizer que ele está comprado – apostando na valorização.

Agora, quando alguém está short em uma ação, significa dizer que ele está vendido – apostando na desvalorização.

Cuidados ao fazer short

Confira, a seguir, alguns cuidados que você precisa ter ao fazer short de uma ação:

Entenda o que você está fazendo

O primeiro cuidado é o mais importante: fazer short de uma ação exige conhecimento e estudo.

Se você já tem experiência com o mercado de ações, já entende o funcionamento do mercado de renda variável e compreende por que os ativos oscilam, então pode partir para o estudo das operações de long & short.

Mas entender como calcular todas as variáveis é um desafio complexo, que vai demandar horas de estudo.

Por isso, estude e analise toda a natureza da operação com profundidade, para ter certeza do que você está fazendo, antes de embarcar em uma aventura que pode custar caro.

Comece pequeno

Se você está começando a fazer operações short, não utilize uma fatia relevante do seu patrimônio na operação.

Comece pequeno, fique atento à alavancagem e aprenda com os erros e prejuízos das primeiras operações.

Se você investir um valor significativo logo no começo, corre o risco de colocar tudo a perder.

Diversifique seus investimentos

Para fazer shorts na bolsa, você precisa, antes, diversificar os seus investimentos. 

Isso garante que os erros que você cometer não vão tirá-lo do jogo, e permite que você aprenda com os prejuízos.

Como fazer short na bolsa 

Listamos, a seguir, um passo a passo para você fazer entender como fazer short na bolsa de valores.

Abra uma conta em uma corretora

O primeiro passo para fazer short na bolsa é abrir conta em uma corretora de valores credenciada junto à B3.

Para encontrar a melhor corretora, analise as taxas cobradas e compare com os serviços oferecidos por cada uma.

Depois disso, você precisa conhecer o home broker da corretora e as regras que ela impõe para a as operações de short.

Transfira o dinheiro para a corretora 

Agora que você abriu conta na corretora e já conhece o home broker, é hora de transferir dinheiro para sua conta na corretora. 

Basta fazer uma transferência para conta de mesma titularidade, com os dados bancários que a sua corretora disponibilizou.

Defina sua estratégia de short

Agora, vem a parte mais complicada do processo: definir a sua estratégia para shortear a ação.

Neste momento, você precisa levar em consideração tudo que estudou e aprendeu sobre o tema, avançando sobre todos os detalhes da operação que está imaginando.

É hora de responder algumas perguntas básicas:

  • Por que você quer shortear essa ação? 
  • Qual oportunidade você está enxergando? 
  • Você vai fazer uma estratégia de long & short, ou apenas short? 
  • Quais eventos precisam ocorrer para a estratégia se confirmar? 
  • Quando você vai encerrar a operação? 
  • Quanto você pode perder se o mercado não se comportar como você está imaginando?
  • Quais serão os seus mecanismos de proteção?

Dedique boa parte do seu tempo para desenvolver a estratégia, e lembre-se de apenas dar prosseguimento se estiver seguro.

Alugue as ações

Para fazer a venda a descoberto em uma operação que vai durar mais do que um dia, você precisa alugar as ações.

Aqui, os passos vão depender da corretora que você escolheu e da maneira como ela lida com o aluguel de ações.

Em geral, é necessário acessar o home broker, escolher o doador das ações, de acordo com o volume de ações e a taxa definida, e inserir a quantidade desejada.

Fique atento, neste momento, à margem de garantia solicitada, porque, dependendo dos valores, a operação pode ficar inviabilizada.

Venda as ações a descoberto

Depois, é só vender o ativo alugado no seu home broker.

Em geral, isso é feito pela boleta de day trade, mesmo que a operação tenha um prazo maior.

Compre as ações quando a operação terminar

Quando você estiver satisfeito com o resultado da operação e desejar encerrar o short, basta comprar as ações vendidas, na mesma quantidade.

Neste momento, a margem de garantia será devolvida, e você terá encerrado a sua operação short.

Agora que você já sabe como fazer short, pode continuar seus estudos na bolsa de valores.

Se você gostou do artigo, continue navegando pelo blog da Capital Research, e entenda tudo sobre o mercado financeiro.

Recomendados

Investimentos

Long & Short: O que é essa operação e quais são os riscos?

Uma opção para quem deseja inovar na forma de investir na Bolsa de ...

3 anos atrás

Investimentos

Long & short: o que é, como funciona e exemplos de operação

Long & short é um tipo de operação que envolve a compra de um ativo e a venda de ...

2 anos atrás

Investimentos

Análise técnica: o que é e como lucrar com ações

Análise técnica é uma ferramenta utilizada para qualificar o investimento no ...

2 anos atrás