Como começar a investir dinheiro com segurança e rentabilidade

O que acha de fazer o dinheiro trabalhar a seu favor? Veja como começar a investir e atinja seus objetivos com os ganhos.

Quer saber como começar a investir e ganhar dinheiro com aplicações financeiras? Então, você está no lugar certo. Neste artigo, vamos mostrar como você pode entrar para o mundo dos investimentos.

Com conhecimento do próprio perfil e do mercado, é possível fazer boas aplicações e ter retornos financeiros interessantes. Veja, então, como começar a investir e os principais erros que deve evitar para não comprometer a rentabilidade dos investimentos.

Como começar a investir dinheiro?

Todo investidor deve ter em mente os seguintes princípios sobre investimentos:

  1. Eles têm riscos reais de perdas e prejuízos
  2. Você precisa aplicar dinheiro, com tempo e estratégia para fazer com que eles tenham bons retornos.

Ou seja, apenas comprar um título ou ação não faz o bom investidor. É preciso compreender os riscos inerentes aos investimentos e trabalhar sobre eles.

Dessa forma, para começar a investir dinheiro, você deve elaborar estratégias que busquem diminuir o impacto dos riscos sobre a aplicação e, ao mesmo tempo, adotar táticas que ampliem as possibilidades de ganho. O primeiro passo neste caminho é entender seu perfil de investidor. Existem três principais:

  • Conservador: prefere ganhos mais seguros, mesmo que a rentabilidade seja menor
  • Moderado: equilibra ganhos e riscos, a fim de encontrar boas alternativas
  • Arrojado/arriscado: está disposto a enfrentar grandes riscos para ter grandes retornos.

Em qual destes perfis você se encaixa? O quanto está disposto a perder para poder ganhar? Depois de descobrir essas respostas, você estará mais preparado para entender o mercado de investimentos.

Existem, basicamente, dois formatos para investir:

  • Renda fixa: mais segura
  • Renda variável: ganhos potencialmente maiores.

Os investidores conservadores aplicam 100% em renda fixa. Os moderados, equilibram as aplicações entre renda fixa e variável. Já os arrojados apostam grande parte na renda variável.

De um modo geral, se você está começando a investir agora, a renda fixa é a mais indicada. Afinal, ela tem poucas possibilidades de perda e custos menores. Entre as modalidades de renda fixa, os títulos públicos e privados são os mais conhecidos. Então, vamos entender como eles funcionam?

Como começar a investir em títulos públicos

Os títulos públicos são considerados uma das formas mais seguras de investir. Eles formam o Tesouro Direto, que é administrado pelo Tesouro Nacional. Ou seja, os papéis são emitidos pelo próprio governo e as possibilidades de calote são mínimas.

Investir em títulos do Tesouro é fácil e você pode começar com valores a partir de R$ 30. Além disso, os papéis têm liquidez diária. Isso significa que é possível resgatar o investimento sempre que precisar.

Os ativos são remunerados a taxas fixas ou indexadas a índices como taxa Selic, IPCA e IGP-M. Em contrapartida, os títulos são tributados pelo Imposto de Renda, podem sofrer desconto de IOF e têm taxas, como a de custódia.

Para começar a investir em títulos públicos, você precisa abrir uma conta em uma corretora de investimentos. Através dela, poderá comprar e vender os ativos do governo.

Como começar a investir em títulos bancários

Os títulos bancários funcionam, basicamente, da mesma maneira que os públicos. A diferença é que eles são emitidos por bancos privados

A remuneração desses papéis é feita com base nos valores dos Certificados de Depósitos Interbancários, ficando em torno de 80% a 120% do CDI. Os títulos bancários são negociados por intermédio de uma corretora de investimentos. Conheça alguns formatos da renda fixa:

Alguns ativos são cobertos pelo Fundo Garantidor de Crédito e, outros, têm isenção de impostos. Então, confira mais detalhes sobre cada um dos papéis antes de investir.

Como começar a investir na Bolsa de Valores

Se você quer apostar em ganhos maiores, pode aplicar em renda variável. As ações e os fundos de investimento são os tipos mais conhecidos deste formato.

Para começar a investir na Bolsa de Valores, você deve ter uma conta em uma corretora de investimentos. Nela, poderá ver todos os papéis disponíveis, além do histórico de rentabilidade.

A renda variável não oferece taxas fixas de rentabilidade. Assim, os investimentos realizados podem sofrer grandes oscilações em sua remuneração.

3 erros ao começar a investir

Aprender como começar a investir exige, também, evitar erros comuns ao aplicar dinheiro. Vamos falar sobre eles agora:

 

1 – Não ter estratégia

Quanto você espera ganhar? Em quanto tempo? Quais ativos remuneram dentro dessas expectativas? Quais seus riscos e custos? É preciso saber todas essas respostas e elaborar estratégias para aumentar os ganhos e diminuir as perdas.

 

2 – Ser impaciente

Existem estratégias de investimento de curto prazo. No entanto, toda aplicação precisa de tempo para ter bons retornos. Então, foque na estratégia e seja paciente.

 

3 – Não ter disciplina

Investir requer foco e autodeterminação. Grande parte do sucesso dos investimentos está em manter a regularidade das aplicações. Dessa forma, mantenha a disciplina para alcançar seus objetivos.

Gostou de aprender como começar a investir? Nessa jornada, siga ampliando conhecimento. Conte com os conteúdos, recomendações e análises da Capital Research e aplique seu dinheiro com muito mais confiança.

Recomendados

Investimentos

7 dicas para você investir sem medo

Quer investir, mas não sabe por onde começar? Confira nossas dicas para perder o ...

2 anos atrás

Investimentos

Ações recomendadas e dicas para investir (GUIA)

Apenas seguir ações recomendadas não é caminho mais indicado na sua jornada de ...

2 anos atrás

Investimentos

10 livros para o investidor sobre mercado financeiro

Opções de leitura não faltam para quem quer investir. Veja lista com 10 livros ...

2 anos atrás