Certificação PQO: como se qualificar enquanto investidor?

Aprenda mais sobre essa certificação essencial para profissionais que atuam e pretendem atuar no mercado financeiro

A certificação PQO é sinônimo de conhecimento avançado no mercado financeiro, o que é útil ao investidor por razões variadas.

Estamos falando sobre uma espécie de selo de qualidade, uma referência que atesta a sua habilidade para realizar investimentos.

E essa condição, como você deve imaginar, é importante tanto para cuidar das próprias aplicações financeiras quanto para atuar em empresas do setor.

Em ambos os casos, a certificação PQO representa um passo para fazer dos investimentos o seu meio de vida.

O que é a certificação PQO?

A certificação PQO (Programa de Qualificação Operacional) tem como objetivo atestar o conhecimento de quem atua no mercado financeiro.

Ela é conferida pela B3 Educação, instituto educacional da B3 (a bolsa de valores brasileira) e pela Cetip (Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados).

Embora falar em bolsa remeta automaticamente ao investimento em ações, a certificação vai além e pode ser realizada com foco em diferentes áreas do segmento de finanças.

Assim, a PQO é entregue pela bolsa de valores oficial do Brasil às pessoas que comprovaram que conhecem bastante sobre investimentos.

Como funciona a certificação PQO?

Para obter a certificação, é necessário que o candidato faça uma prova nas dependências da B3 Educação – em São Paulo ou no escritório do Rio de Janeiro.

O teste contém 60 questões e deve ser realizado em até 3 horas. Para ser certificado, o candidato precisa acertar, pelo menos, 60% das perguntas.

O resultado sai imediatamente e, a certificação, no próximo dia útil.

Por fim, o candidato aprovado se mantém certificado por 5 anos.

Depois desse período, deve fazer nova prova – dessa vez, com 30 questões – para renovar sua certificação por mais 5 anos.

A quem a certificação se destina?

Todo profissional que atue no mercado financeiro de abrangência da B3 deve ter a certificação PQO.

Porém, ela também é de interesse das pessoas que desejam conhecer a fundo o segmento de investimentos – e ter sucesso nele.

Assim, qualquer indivíduo pode se candidatar à certificação PQO, independentemente do grau e tipo de formação profissional.

No entanto, a área de certificação deve ser definida de acordo com os conhecimentos e práticas do indivíduo, como consta no Manual de Certificação Profissional.

Nele, é possível distinguir entre as diferentes modalidades para a emissão do certificado.

Por isso, não deixe de conferir em que segmento você se encontra e, assim, escolher adequadamente a certificação PQO.

O que estudar para a certificação PQO?

Como vimos, o candidato que queira ser certificado precisa acertar, no mínimo, 36 das 60 questões da prova.

Por isso, é necessário estudar bastante sobre diversos assuntos do mercado financeiro.

A B3 fornece, então, um guia prático de estudos para aqueles que querem se certificar.

Dentre os assuntos abordados, estão as seguintes áreas do conhecimento:

  • Operações
  • Risco
  • Back Office
  • Liquidação
  • Compliance
  • Comercial
  • Custódia
  • Cadastro de Clientes.

O tema a ser estudado deve ser o mesmo referente à certificação. Afinal, para cada área de conhecimento, é proposta uma prova específica.

O primeiro passo, portanto, é definir para qual setor do mercado financeiro deseja a PQO e, então, começar os estudos para o teste.

Além disso, o guia oferecido pela B3 tem importantes informações sobre o que cairá na prova.

Vale conferir o documento em detalhes, mas é interessante buscar ainda novas fontes de conhecimento para ser aprovado no processo de certificação.

Afinal, no universo dos investimentos, as oportunidades de aprendizagem e evolução são diárias.

Por que fazer a certificação PQO e aprender sobre investimentos?

Como já destacado, profissionais que atuam no mercado financeiro da B3 precisam ter a certificação PQO para trabalhar em suas respectivas áreas.

Para eles, o tal selo de qualidade não é um luxo, mas uma exigência.

Ao conseguir ser aprovado em uma das provas mais importantes do mercado financeiro nacional, você também estará apto a compreender melhor as finanças.

Ou seja, dominando as aplicações, você se capacita para investir, inclusive, seu próprio capital. Ainda, terá plenos conhecimentos para ler dados com muito mais confiança.

É o caso das casas de research.

Elas oferecem a você análises mais elaboradas sobre o mercado financeiro.

Você, já conhecedor sobre o assunto, conseguirá interpretar as informações com muito mais propriedade.

E, dessa forma, fará investimentos com muito mais segurança sobre as suas decisões.

A Capital Research, por exemplo, fornece preciosos estudos e observações que, certamente, serão melhor aproveitados por quem já tem conhecimento na área.

Mas, se você ainda não tem a certificação PQO e quer começar a investir pode iniciar seus estudos pelo guia da B3 e, também, através de informações que encontra em nosso site.

Recomendados

Investimentos

Ação Vale: saiba as informações principais e o que pode afetar em seu valor

Conheça mais sobre a VALE3, código das ações da Vale, e entenda quais fatores ...

3 anos atrás

Investimentos

Ancord: Saiba o que é e como funciona essa certificação

Confira o artigo para que você entenda melhor o que é a certificação Ancord e ...

3 anos atrás

Investimentos

COE: o que é, quais as principais vantagens, como funciona e mais

Conheça o COE, saiba suas vantagens, desvantagens, tipos, taxas e tributações, ...

3 anos atrás