Entenda a carga tributária brasileira

A carga tributária brasileira é realmente alta, comparada a outros países? Entenda.

carga tributária

O crescimento da economia em um determinado país é medido pelo aumento do PIB (Produto Interno Bruto), que consiste na soma total dos bens e serviços produzidos no local. Já a carga tributária desse país é a relação entre o total dos tributos arrecadados pelo governo e o seu PIB. Quando a carga tributária abrange uma grande porcentagem do PIB, há um desestímulo a investimentos em geral, tanto de investidores do próprio país, quanto de investidores de fora.

Qual a carga tributária brasileira?

No Brasil, a carga tributária corresponde à porcentagem do PIB que abrange os tributos arrecadados pelas três esferas do governo – União, estados e municípios -, além de pelas entidades do Sistema S, como Sesi, Senai, Sebrae, Senac, etc. e pelo FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Os principais impostos cobrados no país são:

  • IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física)
  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica)
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido)
  • INSS (Instituto Nacional do Seguro Social)
  • FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço)
  • PIS (Programa de Integração Social) ou PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público)
  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social)
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados)
  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras)
  • IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores)

Entre muitos outros…

Por que a carga tributária do Brasil é considerada alta?

Nos últimos anos, o Brasil teve uma carga tributária entre 30% e 40% do PIB. Considerando países com economias bem estruturadas e bons serviços prestados ao cidadão, nossa carga não é elevada. Suécia e Dinamarca, por exemplo, arrecadam como tributos mais de 50% do PIB. No entanto, prestam serviços de excelência em saúde, segurança e educação, entre outros. Estados Unidos arrecadam de 20% a 30% do PIB em tributos e o Canadá, mais de 40%.

O grande problema do nosso país é a má administração desse dinheiro, além, é claro, da corrupção. Sendo assim, mais importante que cobrar menos impostos é cobrar de nossos representantes no governo boas políticas de prestação de serviços, já que pagamos por elas e não estamos tendo retorno. Basta olharmos para nossos serviços educacionais, de saúde e segurança, principalmente.

Saiba mais sobre economia e o mercado financeiro

A Capital Research disponibiliza a visitantes e assinantes de seu portal conteúdos sobre o mercado financeiro, economia e investimentos, com análises frequentes de especialistas. Visite o nosso site e cadastre-se em nossa newsletter.

Recomendados

Investimentos

IVA: Entenda a discussão em cima desse novo tipo de tributação

O IVA busca vir para simplificar, mas como será que ele afetará nos negócios e no ...

3 anos atrás

Investimentos

IR sobre investimentos: quais são tributados e quais estão isentos?

Conhecer as regras de tributação do IR pode lhe ajudar a escolher suas ...

2 anos atrás

Investimentos

Curva de Laffer: o termômetro tributário no Brasil

Entenda o que a Curva de Laffer prevê como equilíbrio entre arrecadação de ...

2 anos atrás