BBPO11: Saiba tudo para investir certo neste fundo imobiliário

Conheça as características do BBPO11 (BB Progressivo II). Clique no link e confira como fazer o investimento.

Os fundos imobiliários (FIIs) são constituídos por grupos de investidores com o objetivo de investir em conjunto em imóveis.

Nesse caso, essa sociedade s é proprietária de um ou mais imóveis de grande porte, sejam eles prédios comerciais, shoppings, hospitais, etc. A intenção desses investidores é obter renda principalmente com o aluguel desses empreendimentos. 

Mas então por que não comprar um imóvel e alugá-lo, sem precisar investir em um fundo? Porque gerenciar um imóvel não é tarefa nada simples, e requer gastos, como o condomínio e o IPTU. Isso, além de muitos outros incômodos, como problemas com locatários, inclusive de calotes, manutenção e vacância. 

Veja também: Comprar apartamento ou investir? Tire suas dúvidas!

Muitos especialistas citam a facilidade para se investir em fundos imobiliários. Entre as desvantagens estão a possível desvalorização dos imóveis) e a pouca liquidez, já que para resgatar o rendimento antes do prazo, será preciso negociar suas cotas no mercado secundário.

Lembrando que aqui estamos falando dos chamados fundos imobiliários de tijolos, como são chamados no mercado. Existem também os fundos de papéis, como as LCIs e CRIs, e fundos de fundos, que compram participações em outros fundos imobiliários, que podem ser de papel, tijolo ou híbridos.

Tendo essas questões esclarecidas, vamos abordar um FII específico: o BBPO11. 

O que é BBPO11 – BB Progressivo II

O BBPO11 é o Fundo Imobiliário Banco do Brasil Progressivo II. Esse FII tem o Banco do Brasil como locatário e seus imóveis são agências e prédios comerciais locados ao BB. São mais de 393 mil m² de área construída em todo o país, divididos da seguinte forma:

  • Região Sudeste: 69%
  • Região Sul: 14%
  • Região Centro Oeste: 11%
  • Região Nordeste: 3%
  • Região Norte: 3%

Apesar de funcionar como um investimento conservador, com prazo de vencimento, os fundos imobiliários, em geral, se comportam como ativos de renda variável, por estarem sujeitos ao mercado. São interessantes para investidores de todos os perfis, tanto conservador quanto moderado ou arrojado

Como funciona o BB Progressivo II

Os contratos que fazem parte do BBPO11 são atípicos, com duração de 10 anos, sendo que o fundo entrou no mercado em 2012. Isso significa que os contratos vão até 2022. Após esse período, devem-se renovar alguns contratos e rescindir outros, e portanto, o fundo passará por uma reavaliação.

De qualquer forma, cerca de 50% dos ativos do BBPO11 são concentrados em imóveis estratégicos, que não devem ser retirados do portfólio. Além disso, desde o início, o fundo foi planejado para manter um caixa robusto, de cerca de 10% do patrimônio líquido ao longo desses 10 anos.

Como investir no BBPO11?

Os fundos imobiliários são adquiridos por meio do Home Broker das corretoras financeiras ou bancos. Por isso, para adquiri-lo, é preciso ter uma conta em uma dessas instituições e negociar pelo Home Broker delas. 

Vale a pena investir no BBPO11?

Até agora, o BBPO11 teve um rendimento muito bom, com um dividend yield entre 0,9% e 1%. Em termos comparativos, vale explicar que os FIIs têm dividend yields entre 0,4% e 0,9%.

Assim, o grande risco atual do fundo é do Banco do Brasil seguir a tendência da grande maioria e reduzir o número de agências de atendimento físico, locando menos imóveis e prejudicando o fundo. No entanto, como dito acima, o fundo tem um bom valor em caixa. 

Além disso, seus gestores, no caso, o grupo Votorantim, tem uma relação bem próxima ao banco e está atenta a qualquer mudança que possa acontecer no futuro, reduzindo os riscos dos investidores.

 

Taxas

Como qualquer investimento, as taxas são um fator importante a ser avaliado. O investidor de qualquer fundo imobiliário irá pagar 20% de Imposto de Renda sobre o rendimento obtido na hora de realizar o resgate. 

Veja também: Conheça aqui 5 investimentos isentos de IR!

Além disso, alguns bancos e corretoras cobram uma taxa de corretagem, que varia de acordo com a instituição. 

Quer encontrar os investimentos mais adequados ao seu perfil? Acesse o site da Capital Research, inscreva-se e receba nossos relatórios diários!

Recomendados

Investimentos

Como escolher um fundo de investimento: Guia Completo 2020

Assim como qualquer modalidade, saber como escolher um fundo de investimento é a ...

2 anos atrás

Investimentos

BRAX11: Entenda tudo e saiba como investir neste fundo de índice

BRAX11: Entenda tudo e saiba como investir neste fundo de ...

2 anos atrás

Investimentos

BBSD11: Entenda tudo e saiba como investir neste fundo de índice

Saiba o que são fundos de índice e conheça um pouco mais sobre um deles: o ...

2 anos atrás