BBSD11: Entenda tudo e saiba como investir neste fundo de índice

Saiba o que são fundos de índice e conheça um pouco mais sobre um deles: o BBSD11

O mercado de capitais é um sistema de distribuição de valores mobiliários, proporcionando liquidez aos títulos de emissão de empresas e viabilizando o processo de capitalização. Esse mercado é constituído pelas bolsas de valores, sociedades corretoras e outras instituições financeiras autorizadas.

Os títulos mobiliários negociados representam o capital social das empresas ou empréstimos (debêntures), conversíveis em ações, bônus de subscrição ou outros papéis. Isso permite a circulação de capital e também custeia o desenvolvimento econômico. 

Um tipo de ativo negociado na bolsa é o ETF (Exchange Traded Fund), também chamado de fundo de índice. Trata-se de um fundo de investimento negociado na Bolsa de Valores como se fosse uma ação, acompanhando um índice. Existem inúmeros ETFs, e um deles é o BBSD11, sobre o qual  iremos explicar nos próximos tópicos.  

O que é BBSD11?

O BBSD11 é um ETF negociado na bolsa que utiliza o índice S&P Dividendos Brasil como referência. Esse índice representa a performance das empresas da bolsa que mais pagam dividendos. Aplicar em ETFs baseados em índices de empresas que pagam altos dividendos é uma estratégia bastante utilizada no mundo todo, constituindo-se como um investimento bastante rentável em longo prazo. 

Como funciona o BBSD11? 

Todos os ETFs funcionam como um fundo de investimentos, e cada um funciona com uma metodologia predeterminada em seu regulamento. No BBSD11, a instituição gestora deve alocar no mínimo 95% do capital nos ativos que compõem o índice S&P Dividendos Brasil. As empresas que fazem parte desse índice precisam seguir os seguintes critérios:  

– Ter ações listadas no mercado acionário brasileiro

– Possuir valor de mercado de no mínimo 250 milhões de dólares

– Ter pago dividendos de maneira estável ou crescente nos últimos 5 anos

O rendimento dos papéis é baseado no dividendo pago por ação sobre os últimos meses dividido pelo preço da ação. Anualmente, em abril, o BBSD11 reavalia os ativos que fazem parte do índice, excluindo os que já não correspondam aos critérios e inserindo outros que atendam a eles. 

Como investir em BBSD11

Investir em BBSD11 ou em qualquer ETF é simples e não difere de outros investimentos em renda variável. É preciso apenas ter conta em uma corretora.

Algo importante em um investimento em ETF é que os papéis costumam ser vendidos em lotes de 10 cotas. Então, por exemplo, se o  BBSD11 estiver sendo negociado por R$ 80, é preciso desembolsar R$ 800 e mais a taxa de administração para começar a investir nele.

Prós e Contras de investir em BBSD11

Prós:

Diversificação

Investindo no BBSD11, o investidor está se expondo a uma grande carteira de ações, ou seja, 30 empresas pagadoras de dividendos dos mais variados setores da economia.

Facilidade

Investir no BBSD11 é muito fácil e prático, já que se trata de um investimento apenas com inúmeras empresas participantes. O investidor não precisa se preocupar em analisar as empresas, já que os critérios do fundo são obrigatórios e os ativos são renovados a cada ano. 

Menores taxas

As taxas administrativas dos ETFs costumam ser menores que da maioria dos fundos de investimento. 

Alta performance

O rendimento do BBSD11 será provavelmente sempre superior ao Ibovespa, já que atua com empresas saudáveis e previsíveis. 

 

Contras: 

Tributos

Os acionistas são indiretamente tributados ao investir na BBSD11. Isso porque os proventos são reinvestidos em novos ativos do fundo, e não distribuídos. 

Rotatividade

A entrada e saída de empresas do fundo pode fazer com que a rentabilidade baixe. Isso porque uma empresa que na data da reavaliação estiver com algum critério fora das regras do fundo irá ser excluída dele. No entanto, isso não quer dizer que ela não apresentará uma boa rentabilidade no futuro.

Critérios 

Os critérios do BBSD11 podem ser muitas vezes falhos, como no exemplo acima. É preciso ficar atento a outros fundamentos das empresas, o que o fundo não faz. 

Taxas

Apesar de as taxas serem menores, existem investimentos isentos de taxas que podem ser tão ou mais rentáveis que o BBSD11.

Quer saber mais sobre ETFs e outros investimentos? Acesse o site da Capital Research.

Recomendados

Investimentos

Anbima: entenda o papel dessa associação reguladora do mercado financeiro

Saiba mais sobre o que é a Anbima, entendendo seu papel regulador do mercado e ...

3 anos atrás

Investimentos

Bancos múltiplos: o que são e quais serviços oferecem

Quer entender melhor o que são bancos múltiplos e quais são os serviços que eles ...

2 anos atrás

Investimentos

Bullish: o termo que todo mundo quer ouvir no mercado financeiro

Mercado operando em alta e clima de otimismo entre acionistas tem nome: bullish. ...

3 anos atrás