Back office: importância na empresa e em investimentos

Back office é um importante departamento em empresas e também um cargo atualmente disputado em fundos de investimento. Saiba mais!

O trabalho do back office é aquele que poucos veem, mas toda empresa e investidor precisa.

Afinal, as atividades exercidas pelos profissionais de retaguarda são fundamentais para o bom funcionamento dos negócios.

Talvez você esteja se perguntando quem são essas pessoas “invisíveis” e o que fazem por trás das cortinas. 

Por isso, vamos explicar o que é o back office e como ele está presente nas organizações e investimentos.

Acompanhe o artigo!

O que é back office em uma empresa?

Para falar sobre o que é back office, vamos a uma rápida analogia. Pense em uma peça de teatro. 

No palco, estão os atores e o cenário para a apresentação. Para nós, o espetáculo se resume àquilo que estamos vendo. 

Porém, existem diversas pessoas, ferramentas e processos que ficam escondidos do grande público.

Nas empresas, o mesmo acontece.  Quando os clientes compram algum produto ou serviço dela, só têm contato com uma pequena parcela de toda a sua estrutura profissional.

Por exemplo, no comércio, o público se relaciona, basicamente, com os vendedores. 

No back office, porém, existem estoquistas, gestores, pessoal de compras, limpeza e uma série de outras pessoas aparentemente invisíveis.

Na indústria, os colaboradores que não atuam diretamente na produção podem ser considerados de back office. 

Recursos humanos, marketing e área jurídica são alguns dos setores de retaguarda.

São esses os profissionais de “bastidores”, que fornecem todo o suporte para que a atividade principal da empresa seja exercia com harmonia. 

O back office garante a operacionalidade do negócio, organizando o sistema empresarial como um todo.

A importância do back office para os negócios

Você já imaginou ir a um restaurante em que o serviço de limpeza não está bem executado? 

Ou uma operadora de cartão de crédito sem uma central de atendimento?

Apesar de não ser o objeto de venda do empreendimento, a continuidade desses serviços – feitos pela retaguarda – é crucial para o bom funcionamento do negócio.

Ou seja, as atividades indiretas não geram faturamento para a empresa. 

Mas, sem elas, o empreendimento perde em qualidade e pode, inclusive, nem conseguir operar mais.

Assim, o back office é extremamente importante para o desenvolvimento e manutenção dos negócios. 

São seus serviços que permitem que a organização funcione em todas as suas frentes.

Administrativo, logística, manutenção e vários outros setores se esforçam para fazer com que a empresa possa funcionar adequadamente.

Também conhecido como serviço indireto, o back office é imprescindível para que ela opere com qualidade e entregue ao cliente aquilo que ele precisa.

O que é back office nos fundos de investimento?

Da mesma forma que a equipe de retaguarda é crucial para as empresas, ela também atua de maneira decisiva no mercado financeiro.

Você sabe que existe a função de back office nos fundos de investimentos?

Além de gestores de recursos e analistas, existem profissionais atuando nos bastidores das corretoras de títulos e valores mobiliários.

São eles que oferecem suporte e preparam toda uma estrutura para que o investidor consiga executar suas aplicações com tranquilidade. 

Além disso, permitem um ambiente mais seguro e livre de erros.

Na sequência, vamos falar sobre as principais funções da retaguarda em investimentos.

Atribuições do back office em fundos

Na linha de frente da relação entre investidores e a corretora estão gestores de recursos e analistas. 

Eles tomam decisões sobre fundos e avaliam cenários e gráficos.

Para que esse trabalho seja realizado e a relação entre corretora e investidores seja bem-sucedida, outros profissionais atuam nos bastidores dos investimentos.

O setor Administrativo, por exemplo, garante o suporte para que a operacionalização dos fundos seja executada.

Ele é responsável pela conferência de valores e operações, “batimento de cotas”, abertura de conta em corretora, emissão de relatórios e várias outras atribuições operacionais.

Enfim, o back office pode aparecer em diferentes cargos que não estejam diretamente ligadas à execução dos investimentos.

Como o back office qualifica o investimento

Um investimento de qualidade precisa ser avaliado sob diversas frentes: rentabilidade, risco, custo de oportunidade, custo de operação, entre outros.

Em uma corretora, diferentes profissionais trabalham para chegar a uma análise global sobre a aplicação. 

Como resultado, o investimento terá uma avaliação mais aprofundada e segura.

Mas não basta somente a validação antes da operação. É preciso que toda a operacionalização também seja realizada com sucesso. 

Assim, as chances de ganho aumentam consideravelmente.

O pessoal de back office faz parte dessa entrega de qualidade. 

Desde um simples cadastro efetuado com informações precisas, até a correta entrega de relatório, o trabalho de retaguarda é fundamental.

Afinal, o mundo dos investimentos demanda um grau de confiança extremo e, para isso, dados e informações corretas são fundamentais.

A equipe de back office se mostra importante, então, para que as aplicações financeiras sejam realizadas com eficácia.

Quer saber mais sobre o universo dos investimentos e como aplicar adequadamente seus recursos?

Fique sempre bem informado sobre assuntos financeiros, investimentos e contábeis, aqui no blog da Capital Research.

Aproveite para acessar nosso site e descobrir mais sobre como encontrar as melhores oportunidades de investimento de forma gratuita.

Obrigado pela leitura!

Recomendados

Investimentos

Análise de custos: o que é, para que serve e como fazer

Entenda a importância, quais os métodos mais utilizados e de que forma a análise ...

3 anos atrás

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás

Investimentos

Como comprar ações: 6 dicas para quem quer ingressar nesse mercado

...

2 anos atrás