Aplicações financeiras mais rentáveis: quais são e como encontrar

Você quer encontrar as aplicações financeiras mais rentáveis? Entenda como escolher os melhores investimentos para seu perfil.

Encontrar as aplicações financeiras mais rentáveis do mercado financeiro é o objetivo de qualquer investidor que deseja enriquecer. Mas a escolha entre as aplicações depende do seu perfil de investidor, dos seus objetivos com o dinheiro e do seu grau de aceitação ao risco.

Neste artigo, você vai descobrir como encontrar as aplicações financeiras mais rentáveis e também vai entender como montar o seu portfólio a partir dessas informações. 

Onde estão as aplicações financeiras mais rentáveis 

A primeira coisa que você precisa entender ao procurar pelas aplicações financeiras mais rentáveis é a dinâmica da relação entre risco e retorno. Se você já ouviu a expressão “não existe almoço grátis”, vai entender do que estamos falando.

Nos investimentos, a rentabilidade esperada de uma aplicação depende do seu nível de risco.

A relação é simples: quanto menor o risco, menor a rentabilidade esperada. Quanto maior o risco, maior a possível rentabilidade.

Na prática, isso significa que você dificilmente vai encontrar aplicações financeiras de baixo risco e grande rentabilidade. Se você quiser alta rentabilidade, principalmente no curto prazo, vai precisar se expor a mais risco.

Portanto, a busca por investimentos de alta rentabilidade depende de uma análise do seu perfil de investidor, além de uma compreensão sobre os seus objetivos com o investimento.

  • Quanto você deseja investir?
  • Quais são os seus objetivos com o investimento?
  • Qual o prazo de investimento?
  • Qual o seu grau de aceitação ao risco?

Essa compreensão é necessária porque você precisa montar o seu portfólio com um grau de exposição ao risco compatível com o seu perfil.

Investidores mais arrojados podem optar por investir a maior parte do patrimônio em ativos de alto risco, como ações. Já investidores mais conservadores tendem a colocar apenas a menor parte do capital nesse tipo de aplicação.

Quais são as aplicações financeiras mais rentáveis?

Agora que você já entendeu que as aplicações mais rentáveis são aquelas que necessariamente exigem maior exposição ao risco, vamos analisar como essas informações impactam o seu portfólio.

Primeiro, vale a pena analisar as aplicações mais rentáveis em 2019, considerando apenas os 365 dias – um prazo curto, portanto.

Aplicações financeiras mais rentáveis de 2019

O economista Pedro Lula Mota fez uma seleção dos ativos com a maior rentabilidade em 2019 e a sua respectiva volatilidade no período.

A volatilidade indica quanto os preços oscilaram dentro de um período. Quanto maior a volatilidade, maior a oscilação. Confira o ranking, que traz o percentual de rentabilidade seguido pelo percentual de volatilidade de cada ativo em 2019:  

  • Bitcoin: 145% / 85%
  • Juro Real 30 anos: 64% / 18%
  • Small Caps: 58% / 16%
  • IFIX: 36% / 4%
  • Ibovespa: 32% / 18%
  • S&P: 28% / 12%
  • Ouro: 28% / 21%
  • Pré 5 anos: 22% / 6%
  • Pré 2 anos: 12%/ 2%
  • IHFA: 11%/ 3%
  • CDI: 6%/ 0%
  • Dólar: 4%/ 11%.

Quem dedicou alguma parte do patrimônio para investir em bitcoin, um ativo extremamente volátil, foi recompensado por uma valorização de 145% em apenas um ano. Se você tinha R$ 10 mil aplicados, por exemplo, viu esse valor chegar a R$ 24,5 mil. Mas a volatilidade foi enorme, de 85%, o que significa que os preços fizeram uma verdadeira montanha-russa no período. 

Só que esse retorno expressivo do bitcoin não é uma regra. Entre dezembro de 2017 e fevereiro de 2019, por exemplo, a variação foi de -80%. Quem tinha R$ 10 mil nesse ativo no fim de 2017 e vendeu em fevereiro de 2019, sacou apenas R$ 2 mil do investimento inicial. É por isso que ativos de renda variável não são indicados no curto prazo.

Agora, quem optou pela volatilidade de 0%, seguindo uma aplicação extremamente segura e previsível, que rende 100% do CDI, obteve 6% de rentabilidade (sem considerar taxas e impostos), um pouco acima dos 4,31% da inflação de 2019. 

Aplicações financeiras mais rentáveis no curto prazo

Se você pretende investir para o curto prazo, com o horizonte de um ano, por exemplo, e quer uma boa rentabilidade dentre as opções disponíveis, a indicação é buscar ativos de renda fixa que ofereçam maior exposição ao risco e, por isso, proporcionem uma rentabilidade maior.

Entre as opções, estão o crédito privado, como debêntures, CRI e CRA, em que você acaba emprestando dinheiro para empresas, ou Certificado de Depósito Bancário (CDB) de bancos pequenos, que ofereçam um percentual maior de retorno do que bancos maiores, já que o risco de crédito é maior.

Para o curto prazo, o investimento em renda variável não é indicado, a não ser que você já tenha experiência com o assunto, aceite o fato de que pode ter rentabilidade negativa nesse período, use mecanismos como stop loss e faça uma exposição controlada ao risco.

Quer um exemplo de como a renda variável pode ser cruel no curto prazo? O índice Ibovespa teve rentabilidade de -30% entre 26 de abril de 2019 e 20 de março de 2020, em menos de um ano. 

É claro que esse resultado negativo foi impactado pela crise provocada pelo Coronavírus, mas, ao investir em renda variável, é impossível controlar os eventos externos que vão afetar os seus investimentos. 

Aplicações financeiras mais rentáveis no longo prazo

No longo prazo, o retorno proporcionado pelas ações é insuperável. Um estudo publicado no livro Triumph of the Optimists mostra o retorno obtido pelos títulos públicos, títulos privados e ações no longo prazo (117 anos) em diversos países. Confira o gráfico:

Como se vê, o retorno anualizado das ações foi muito superior aos outros ativos. E é fácil entender isso, já que o crescimento dos lucros das empresas é a lógica no longo prazo, conforme as economias crescem e os países se tornam mais desenvolvidos.

Como encontrar as aplicações financeiras mais rentáveis

Encontrar as aplicações financeiras mais rentáveis para o seu perfil de investidor pode ser trabalhoso e cansativo, principalmente quando falamos de ativos que você não domina.

Com a Capital Research, você tem acesso a indicações de investimentos dos nossos profissionais especializados no mercado financeiro, que passam o dia monitorando o mercado para encontrar as melhores oportunidades.

Faça sua assinatura e tenha acesso à Carteira Capital, com as melhores alternativas de investimento de renda fixa, ações e fundos imobiliários para quem procura enriquecer no longo prazo.

Recomendados

Investimentos

Carteira diversificada: o que é, sua importância e como fazer

Ter uma carteira diversificada de investimentos é muito importante para a maior ...

2 anos atrás

Investimentos

Entenda o que é uma carteira de investimentos e como montar a sua

Construa seu perfil de investidor para descobrir qual estrátegia se encaixa melhor e ...

3 anos atrás

Investimentos

Carteira recomendada: como encarar as dicas de investimentos

A carteira recomendada é uma referência útil para tomar decisões sobre ...

2 anos atrás