Volume Weighted Average Price: entenda o indicador VWAP

VWAP (Volume Weighted Average Price) é uma métrica que encontra o preço médio de um ativo em determinado período, conforme o volume negociado. Saiba mais!

Já conhece o indicador VWAP – Volume Weighted Average Price? Se você pretende aplicar dinheiro em renda variável, é bom ficar por dentro. Bons investidores sabem que, para a compra e venda de ações, diversos elementos devem ser considerados.

E o VWAP é um dos mais importantes. O indicador consegue ilustrar o preço médio de uma ação em certo período de tempo, levando em conta o volume de operações. Com essas informações em mãos, o trader tem instrumentos para avaliar qual o melhor momento para a compra e venda do papel.

Assim, o Volume Weighted Average Price se coloca como um importante instrumento para o sucesso das transações no mercado financeiro. Acompanhe o artigo e descubra como analisar o VWAP e como ele pode te ajudar a tomar melhores decisões de investimentos.

O que é VWAP – Volume Weighted Average Price?

VWAP é um indicador gráfico que faz a representação do preço médio das ações no mercado em determinado período de tempo.  Esse valor é ponderado pelo volume de títulos negociados durante o intervalo.

O Volume Weighted Average Price (Preço Médio Ponderado por Volume) pode ser utilizado para um papel isoladamente ou como comparativo entre diferentes ativos financeiros. Seu cálculo se torna um algoritmo para ser usado em softwares de investimentos.  Assim, os dados gerados resultam em gráficos com as informações sobre o preço médio dos papéis durante o tempo estudado.

A análise gráfica permite, inclusive, a avaliação da liquidez do ativo no período. O tempo analisado, geralmente, é intraday, semanal ou mensal. Através de sua avaliação, o investidor consegue criar táticas de especulação, uma vez que ele tem informações sobre o comportamento dos valores do título no intervalo.

Assim, pode formular estratégias para realizar melhores negociações. Confira, a seguir, quais são as táticas de investimento pela análise do VWAP, o Volume Weighted Average Price.

Estratégia de aplicação do VWAP

O trader pode considerar o VWAP para elaborar estratégias de atuação no mercado financeiro. Dessa forma, observando o preço médio ponderado por volume, ele pode agir em duas frentes: manter a tendência de mercado ou se descolar dela.

Ao observar o gráfico, o investidor constrói uma observação do comportamento do preço da ação em um intervalo de tempo. Pode, assim, verificar se o preço de um ativo, naquele momento, está acima ou abaixo do VWAP.

Com essa informação, ele tem a capacidade de avaliar se aquele é um bom momento para a aquisição ou a venda da ação.

Quando o preço de um papel praticado no mercado está afastado do valor médio histórico para o volume de venda, pode significar uma “sobrevenda” ou “sobrecompra” do papel. Por isso, a tendência é que haja negociações que façam com que o ativo retorne ao seu preço médio – estratégia conhecida como pullback.

Nesse sentido, o investidor pode atuar mantendo um movimento de correção de preço, contrariando a tendência do mercado. Ou, em outra estratégia, o trader se posiciona a favor do fluxo que rompeu a região do VWAP.

Basicamente, traders utilizam o VWAP para comprar abaixo ou vender acima dessa média. Podem, ainda, utilizar o indicador visando negociar após o rompimento da região.

Cálculo do Volume Weighted Average Price

Apesar de a fórmula não demonstrar isso à primeira vista, VWAP tem um cálculo simples. A fórmula do Volume Weighted Average Price é a seguinte:

  • Pvwap = ∑ j P j x Qj / ∑ j Qj

Nela:

  • Pvwap = preço médio ponderado por volume
  • j = ativo financeiro
  • Pj = preço médio de j
  • Qj = quantidade de j

Como existe um grande volume de dados para se criar uma série histórica de VWAP, o cálculo é feito, geralmente, por algoritmos. Através deles, é criado um gráfico com as informações obtidas.

Com base nesse gráfico, então, os traders fazem análises e criam estratégias de investimento.

Como usar o VWAP em investimentos

O VWAP funciona como um indicador de qualidade do ativo. Dessa forma, caso o preço ofertado esteja maior do que o volume médio ponderado, talvez seja melhor esperar um momento mais oportuno para a compra.

Em situação contrária, se o valor da ação está abaixo do VWAP, pode ser uma boa hora para efetivar a aquisição do ativo. Mas essa informação sozinha não deve ser considerada como fator decisivo para a transação.

Outros indicadores sobre a ação precisam se juntar ao VWAP para formular a decisão de compra, venda ou manutenção do ativo por mais tempo.

Informações sobre o mercado em geral e a empresa em questão precisam ser consideradas para a tomada de decisão. O indicador pode ser usado para análise isolada de um título financeiro. Ou, ainda, pode servir como benchmark entre diferentes modalidades de renda variável.

Além de avaliá-los dentro de um histórico de valores, o investidor pode tomar os dados para comparação entre os tipos de aplicações. Assim, o trader que analisa o gráfico do preço médio ponderado por volume pode criar estratégias de investimento, decidindo pelo melhor momento de negociação da ação. Portanto, o Volume Weighted Average Price é um importante instrumento para a tomada de decisão dos investidores.

Quer ter mais informações como essas para decidir sobre investimentos com confiança? Acompanhe todo o conteúdo da Capital Research no blog. Aproveite para acessar nosso site e descobrir mais sobre como encontrar as melhores oportunidades de aplicar seu dinheiro.

 

Recomendados

Investimentos

Ativo gerador de renda: o que é, tipos e como investir

Entenda mais sobre investimentos em ativos geradores de renda como imóveis ou ...

3 anos atrás

Investimentos

Entenda o que é uma carteira de investimentos e como montar a sua

Construa seu perfil de investidor para descobrir qual estrátegia se encaixa melhor e ...

3 anos atrás

Investimentos

Private Equity: o que é e como funcionam esses fundos

Entenda mais sobre esse tipo de investimento e como está se tornando uma tendência ...

3 anos atrás