Trade system: o que é e quais são os tipos para operar na Bolsa

Trade system é um sistema utilizado para operar na bolsa de forma automatizada. Conheça os tipos e descubra como funcionam.

Trade system

Trade system é um sistema utilizado pelos investidores para operar na Bolsa de Valores de forma automática, deixando de lado a emoção e a subjetividade.

Também conhecido como trading system, o trade system permite que você monte uma estratégia de compra e venda com base em indicadores da análise técnica e depois deixe toda a operação na mão do algoritmo – que também pode ser considerado uma espécie de robô.

Mas com base em quais indicadores é possível operar um trade system? Quais são os principais tipos à disposição dos investidores que fazem trading? É o que veremos a partir de agora.

O que é trade system

Trade system é um algoritmo criado para operar na Bolsa de Valores com base em uma estratégia de compra e venda, levando em consideração indicadores de análise técnica.

Dessa maneira, o trade system exclui a influência do emocional e da subjetividade dos investidores.

Ao seguir critérios pré-definidos, a operação não fica refém de mudanças de humor, medo, incerteza ou ganância por parte do investidor.

Essa subjetividade pode minar os ganhos do investidor no longo prazo, porque as decisões deixam de ser racionais.

Além disso, o trade system também facilita a operação, porque, depois de fazer a análise do cenário, é só aguardar o comportamento do mercado, porque o algoritmo opera sozinho.

Você precisa definir os indicadores que vai considerar e montar uma estratégia de compra e venda. Depois, é só esperar o mercado se movimentar, e fazer ajustes pontuais, em caso de mudanças significativas na tendência.

A análise técnica, também chamada de análise gráfica, consiste em tomar decisões de investimento com base no movimento do preço da ação no gráfico.

Esse tipo de análise não leva em consideração critérios fundamentalistas, como a capacidade de geração de caixa da empresa ou sua saúde financeira – o foco está apenas em entender para onde vai o preço da ação, com base no que os gráficos mostram.

Tipos de trade system

Como o trade system, na maior parte dos casos, é focado em indicadores de análise técnica, eles podem ser divididos em dois principais tipos:

Trade system de tendência

O trade system de tendência é criado por meio de uma análise técnica que leva em consideração os indicadores de tendência.

Um exemplo de trade system de tendência é o baseado nas médias móveis de um ativo.

As médias móveis permitem suavizar a oscilação no preço de um ativo ao longo do tempo, eliminando os movimentos pequenos e sem importância, e dando destaque apenas àquilo que é mais relevante.

Dessa forma, o trade system de tendência costuma colher bons resultados quando há uma tendência clara para o preço de um ativo, seja essa tendência de alta ou de baixa.

Agora, quando a oscilação não apresenta qualquer tipo de tendência, pode valer a pena apostar no trade system de oscilação.

Trade system de oscilação ou momento

Enquanto o trade system de tendência é focado nos indicadores de tendência, o trade system de oscilação leva em consideração os indicadores de oscilação.

Portanto, ambos são baseados na análise técnica, mas consideram indicadores diferentes.

Um exemplo de indicador utilizado no sistema de oscilação é o Índice de Força Relativa.

Também chamados de “indicadores de momento”, esses indicadores permitem identificar um enfraquecimento das tendências.

Por isso, eles tendem a funcionar muito bem em momentos de oscilação lateral, quando o preço do ativo não está seguindo qualquer tipo de tendência do ponto de vista da análise técnica.

Indicadores para montar um trade system

A seguir, vamos apresentar quatro dos principais indicadores para montar uma operação utilizando o trade system. Acompanhe:

Média móvel

O trade system baseado na média móvel é utilizado em momentos de tendência clara para o preço de um ativo.

A média móvel é um indicador muito popular na análise técnica, porque elimina, ao longo de um período definido, as oscilações mínimas na trajetória do preço, que têm pouca influência no resultado final.

Dessa maneira, o sistema de média móvel define um ponto de compra e um de venda, baseado nos valores da média móvel, e aguarda o mercado se movimentar para que a operação seja realizada automaticamente.

Índice de Força Relativa – IFR

O trade system focado no Índice de Força Relativa é ideal para momentos em que o mercado não possui uma tendência definida para o preço de um ativo.

O IFR permite observar o enfraquecimento das tendências e também reversões. Por isso, ele não é recomendado para momentos em que há uma tendência clara no mercado.

Convergência/Divergência das Médias Móveis – MACD

O MACD também é um indicador de tendência muito comum na análise técnica de um ativo.

Ao transformar duas duas médias móveis exponenciais seguidoras de tendência em um oscilador de momento, o MACD subtrai o valor da mais curta pelo valor da mais longa.

Assim, esse indicador consegue seguir tendências e sinalizar o momento, ao integrar os dois tipos de indicadores e ficar com o melhor de cada um.

Estocástico

Já o indicador Oscilador Estocástico, também conhecido apenas por Estocástico, também é utilizado na análise técnica para identificar o momento.

Falando de forma simplificada, esse indicador mostra a relação entre o preço de fechamento de um ativo com as máximas e mínimas no período de tempo definido.

Assim, o sistema baseado nesse indicador leva em consideração apenas a velocidade de momento do preço. A estratégia de compra e venda é baseada nessa velocidade aferida pelo indicador.

E agora, qual trade system utilizar? A resposta direta é: depende.

Depende do seu perfil de investidor e dos seus objetivos com o trade system. Há sistemas que funcionam melhor em alguns momentos, enquanto outros se mostram mais lucrativos em outros.

A única certeza é que você precisará fazer ajustes constantes no seu sistema, seja ele qual for, porque o preço de todos os ativos alternam entre momento de oscilação indefinida e momentos de oscilação em tendência definida.

Por isso, só a experiência pessoal com cada sistema no mercado financeiro vai mostrar o que é o melhor para o seu caso.

Gostou do artigo? Então assine a newsletter da Capital Research e receba, diariamente, novidades sobre investimentos.

Recomendados

Investimentos

6 dicas para ficar rico: você também pode alcançar a riqueza!

Confira uma lista com 6 dicas para ficar rico combinando economia de despesas, renda ...

2 anos atrás

Investimentos

Asset management: o que é e como funciona a gestão de ativos

O asset management é a gestão inteligente dos seus ativos. Descubra agora como ...

2 anos atrás

Investimentos

Auditoria externa: o que é para que serve

A auditoria externa faz uma análise independente das demonstrações financeiras ...

2 anos atrás