Quais ações comprar hoje? Descubra

Quais ações comprar hoje? Acesse e descubra o que fazer para encontrar as melhores oportunidades da Bolsa de Valores.

Quais ações comprar hoje? Se estivéssemos no filme “Quem quer ser um milionário”, essa seria a pergunta que vale um milhão de dólares. Mas, na vida real, não existe apenas uma resposta.

A definição de quais ações comprar depende do seu perfil de investidor, da sua aceitação ao risco, dos seus objetivos com o investimento e do prazo para a aplicação.

Engana-se quem pensa que existe uma fórmula mágica ou uma receita de bolo para encontrar os melhores investimentos. Não é assim que o mercado de ações funciona na vida real.

A única saída para descobrir quais ações comprar hoje é investir no seu conhecimento e na qualidade das informações que você consome para tomar as suas decisões de investimento.

Neste artigo, você vai entender como descobrir quais ações comprar hoje, e também vai entender o que não fazer na hora de montar a sua carteira de investimentos

Como descobrir quais ações comprar hoje 

Então você tomou a decisão de investir na Bolsa de Valores, mas não sabe como encontrar as melhores ações para investir?

Em primeiro lugar, você precisa entender que o investimento na Bolsa é recomendado para o longo e longuíssimo prazo. Se você pode precisar do dinheiro em menos de um ou dois anos, a Bolsa não é o destino mais indicado.

Isso porque, na renda variável, a volatilidade é muito maior do que na renda fixa. Dependendo do humor do mercado, você pode ficar alguns anos com o investimento negativo, até começar a ter lucro de fato.

A boa notícia é que não existe aplicação mais rentável no longo prazo do que se tornar sócio de boas empresas a preços interessantes. A chance de ver o seu patrimônio se multiplicar é muito maior quando você investe em empresas que geram valor.

Agora que isso ficou claro, podemos partir para a análise de quais ações comprar hoje. Nesse momento, analistas, gestores e investidores se dividem entre duas correntes de análise: a análise técnica e a análise fundamentalista

Análise fundamentalista

A análise fundamentalista, como o próprio nome indica, se baseia nos fundamentos das empresas.

Investidores e analistas que utilizam a análise fundamentalista buscam compreender a situação financeira, econômica e mercadológica de uma empresa para encontrar boas oportunidades de investimento.

Isso significa entender como a empresa gera valor, como ela se difere das concorrentes dentro do setor, quais são suas vantagens competitivas, qual o endividamento, o fluxo de caixa e o lucro líquido, entre outras centenas de fatores que podem ser analisados.

Em geral, essa análise se baseia no uso de múltiplos do mercado, como o indicador Preço/Lucro, para comparar as companhias e identificar oportunidades.

Basicamente, a resposta que um analista fundamentalista precisa encontrar é a seguinte: ao valor que a empresa está sendo negociada, o investimento compensa, considerando a capacidade de geração de caixa da companhia e a relação de risco e retorno?

Como se vê, não é uma resposta fácil.

Analisar todos os fundamentos de uma empresa é uma tarefa que pode levar semanas, até que você esteja seguro de que entendeu o business e o momento da companhia.

Além da literatura consagrada sobre análises de empresas, outras armas do pequeno investidor nesse momento são sites de análise fundamentalista, relatórios de casas de análise e portais de debate sobre o assunto.

Análise técnica

A análise técnica não está relacionada aos fundamentos da empresa, e sim ao comportamento do preço da ação ao longo do tempo.

Para isso, analistas técnicos utilizam gráficos que mostram a evolução do preço – o que explica o fato de a análise técnica também ser conhecida como análise gráfica.

Analistas técnicos entendem que todas as informações necessárias para identificar o comportamento do mercado em relação a uma empresa estão contidas no preço e no volume de negociação.

Assim, bastaria interpretar as mudanças de humor do mercado analisando o comportamento do preço da ação ao longo do tempo.

O objetivo dos analistas técnicos é identificar linhas de tendência, áreas de resistência e suporte, além de figuras gráficas que permitam prever o comportamento do mercado.

Também há indicadores de análise técnica que auxiliam na análise, ao relacionar o preço da ação com o volume negociado e calcular médias móveis exponenciais, por exemplo.

Colocando em termos gerais, para resumir as duas análises: enquanto o analista fundamentalista olha para os números e o negócio, o analista técnico olha para o preço da ação no gráfico.

E agora, qual a melhor análise? A resposta depende do seu perfil e dos seus objetivos.

Você vai conhecer investidores que ficaram ricos com a análise fundamentalista, enquanto outros ganharam muito dinheiro na análise técnica. Da mesma forma, há quem tenha fracassado nas duas vertentes.

Isso mostra que a única maneira de definir o melhor modelo para você é conhecer, estudar e experimentar ambos, com risco controlado, para que a experiência mostre a melhor alternativa no médio e longo prazo.

Isso é o que você precisa fazer. Agora, vamos entender o que não fazer.

Quais ações NÃO comprar hoje

Agora que você já conhece as duas vertentes mais famosas de análise de ações, chegou a hora de entender o que não fazer ao escolher os ativos que vão compor o seu portfólio.

Aquela dica “quente” do seu amigo

O primeiro passo é abandonar aquela dica “quente” do seu amigo, que começou a investir recentemente e está empolgado com o desempenho ou as perspectivas para alguma empresa.

Você precisa assumir a responsabilidade pelas suas decisões. Ao seguir as dicas de amigos, você não apenas deixa de aprender durante o processo de decisão, como fica refém de uma análise cujos princípios você desconhece.

Além disso, o que pode ser bom para ele talvez não seja para você. Dependendo do seu perfil de investidor, você pode ficar desconfortável ao investir na empresa que o seu amigo indicou.

Aquela ação que está subindo

Não é porque uma ação está com aparente tendência de alta que ela seguirá subindo. Essa análise é muito superficial, e pode levar a grandes erros de análise.

Você precisa entender por que o mercado está otimista com a ação, e o que justifica o crescimento. Essa tendência é sustentável no longo prazo ou se trata de apenas uma movimentação momentânea.

Dedique-se a entender o business da empresa, e não tente surfar ondas que você desconhece.

Aquela ação que já subiu bastante

Aqui, uma dica para levar para a eternidade: rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.

Não é porque uma ação vem subindo há três anos, por exemplo, que ela continuará seguindo. Cabe a você projetar o futuro, e comparar o preço da ação com o momento atual da empresa. As perspectivas são boas? Por quê?

Essa é análise que você precisa fazer.

Aquela ação que já caiu bastante

Investir em uma ação que já caiu bastante e está próximo ao valor mínimo histórico pode ser tentador. Afinal, não tem como a ação cair ainda mais, tem? 

Infelizmente, a resposta é sim. Você não conseguirá determinar se a ação chegou ao fundo do poço olhando apenas para o preço. 

É preciso analisar o contexto da empresa, compreender por que o mercado está “punindo” a companhia e descobrir se as perspectivas mudaram. Só assim você terá chance de fazer um bom negócio. 

Como você percebeu, todas as dicas têm como ponto central a informação, o estudo e a busca por conhecimento. No longo prazo, é isso que fará a diferença para a sua independência financeira. 

Quais ações comprar hoje: carteira recomendada

Uma das melhores alternativas para munir o investidor com informações de qualidade são as análises de profissionais do mercado financeiro, especializados em ações.

A Capital Research é uma casa de análise formada por profissionais com longa experiência na análise de ativos, treinados para encontrar ações com potencial de valorização a preços atraentes. 

Ao se tornar assinante, você ganha acesso à Carteira Capital, uma carteira de investimentos que busca a acumulação de capital no longo prazo.

São as melhores ações da Bolsa de Valores analisadas por quem entende do assunto. Assim, você consegue embasar as suas decisões e ainda aprende cada vez mais sobre a análise de ações. 

E aí, gostou do artigo? Então assine a newsletter da Capital Research e receba, diariamente, novidades sobre investimentos.

Recomendados

Investimentos

Ações preferenciais ou PN: entenda qual a vantagem

Ações preferenciais ou PN são ações com prioridade na distribuição de ...

3 anos atrás

Investimentos

Análise técnica: o que é e como lucrar com ações

Análise técnica é uma ferramenta utilizada para qualificar o investimento no ...

3 anos atrás

Investimentos

Ações Small Caps: o que são, exemplos e por que investir nas pequenas

As ações Small Caps atraem investidores pelo seu potencial de valorização e bons ...

2 anos atrás