O que é mercado de capitais e como ele funciona

Entender o que é mercado de capitais é um dos primeiros passos para quem deseja investir em ações. Confira nosso guia.

Entender o que é mercado de capitais é um dos primeiros passos para quem está interessado em investir na bolsa de valores.

Formado principalmente por ações, debêntures e títulos de crédito privado, o mercado de capitais permite que as empresas busquem recursos para financiar seus projetos.

Ele faz parte do mercado financeiro e é essencial para o funcionamento da economia de qualquer país. Ao mesmo tempo, permite que você invista seu patrimônio e seja remunerado por isso.

Neste artigo, você vai entender em detalhes o que é mercado de capitais e como ele funciona no Brasil.

O que é mercado de capitais

O mercado de capitais é uma das partes do sistema financeiro, voltado, como o próprio nome indica, à capitalização das empresas.

É por meio do mercado de capitais que as empresas conseguem captar recursos para financiar projetos.

E também é por meio do mercado de capitais que o investidor consegue investir nas empresas e comprar seus títulos de crédito privado, em troca de rentabilidade e de valorização do patrimônio.

Ao aproximar as empresas dos investidores, o mercado de capitais assume um papel fundamental em qualquer economia, porque se transforma em um motor da atividade econômica.

As empresas são os principais canais de geração de riqueza da sociedade, e uma economia saudável depende do acesso dessas empresas a dinheiro, para que elas consigam financiar seus projetos, operações e atividades.

Além disso, são as empresas que geram empregos. Assim, a capacidade de consumo da sociedade passa pela saúde financeira dessas empresas. Quanto mais investimento há no mercado, mais dinheiro circula, e a economia aquece. 

De uma forma geral, as instituições que fazem parte do mercado de capitais são as empresas, as bolsas de valores, as corretoras, os bancos e Comissão de Valores Mobiliários (CVM), como veremos a seguir.

Como funciona o mercado de capitais

A principal função do mercado de capitais é distribuir títulos e ativos das empresas entre os investidores. Mas como o mercado de capitais funciona na prática? Há três grandes categorias de ativos, também chamados de valores mobiliários, em negociação no mercado de capitais: 

Ações

Uma ação é um papel negociado na bolsa de valores que garante ao seu proprietário a participação em uma empresa. Ao comprar uma ação, você se torna um sócio daquela empresa – ou dono de uma pequena fração da companhia.

Ao investir em ações, o investidor pode lucrar com a distribuição de dividendos ou com a valorização da ação ao longo do tempo. 

Para as empresas, emitir ações é uma maneira de captar recursos que entram diretamente para o caixa da empresa, garantindo recursos para o crescimento da companhia.

Debêntures

Debêntures são títulos de crédito privado com horizonte de investimento de médio e longo prazo.

As debêntures são emitidas pelas empresas para financiar diretamente projetos de crescimento ou aquisição de novas empresas. 

Na prática, ao comprar uma debênture, você está emprestando dinheiro para a empresa, e incorre no risco de crédito dela. 

Em troca do risco de a empresa não arcar com os seus compromissos, você recebe uma rentabilidade acima da praticada em outros títulos de renda fixa. 

Commercial Papers

Commercial papers são títulos de crédito privado de curto prazo, emitidos pelas empresas para captar recursos no mercado de capitais. 

Para os investidores, o retorno do investimento em Commercial Papers ocorre em 360 dias, no máximo.

Instituições do mercado de capitais

Além desses valores mobiliários, vale a pena dedicar alguns minutos para entender quais instituições fazem parte do mercado de capitais:

O mercado de capitais é formado por diversos agentes e instituições. Entre os principais, é possível listar:

  • Empresas: emitem os ativos e se capitalizam por meio do mercado de capitais
  • Bolsa de valores: local onde a maior parte dos ativos são negociados
  • Corretora de valores: instituições que dão acesso à bolsa aos investidores
  • Bancos: atuam em diversas frentes do mercado de capitais, viabilizando as operações
  • Comissão de Valores Mobiliários (CVM): responsável por regular o mercado de capitais no Brasil.

Diferença entre mercado de capitais e mercado financeiro

Embora alguns investidores confundam o mercado financeiro com o mercado de capitais, é importante pontuar as diferenças entre esses termos.

Mas não é difícil de entender. O mercado financeiro abrange diversos mercados, incluindo o mercado de capitais.

De fato, há quatro grandes mercados que compõem o mercado financeiro:

  • Mercado monetário: onde ocorre a transferência de valores no curtíssimo prazo. É formado apenas por instituições financeiras e abrange todas as transações que ocorrem em até 24 horas
  • Mercado de crédito: esse mercado reúne os empréstimos realizados junto a instituições financeiras. Cheque especial e empréstimo pessoal fazem parte desse mercado
  • Mercado de câmbio: onde ocorre a troca de moedas estrangeiras. Controlado pelo Banco Central, é utilizado principalmente por empresas exportadoras
  • Mercado de capitais: é aqui que as empresas se capitalizam, emitindo ações ou títulos de crédito privado aos investidores.

Como se vê, o mercado financeiro é um sistema que inclui quatro mercados, sendo um deles o mercado de capitais.

Quando alguém fala do mercado financeiro, está falando das diversas operações do sistema financeiro no Brasil, do crédito privado às transações financeiras. Agora, quando é mencionado o mercado de capitais, o foco são as empresas e os papéis viabilizados por elas: ações, debêntures e Commercial Papers.

E aí, gostou do texto? Assine a newsletter da Capital Research para receber atualizações diárias sobre o mercado financeiro na sua caixa de entrada.

Recomendados

Investimentos

Bullish: o termo que todo mundo quer ouvir no mercado financeiro

Mercado operando em alta e clima de otimismo entre acionistas tem nome: bullish. ...

2 anos atrás

Investimentos

10 livros para o investidor sobre mercado financeiro

Opções de leitura não faltam para quem quer investir. Veja lista com 10 livros ...

2 anos atrás

Investimentos

5 sites de notícias para acompanhar o mercado

Buscar informações atualizadas e confiáveis é fundamental para entender as ...

2 anos atrás