O que é INPC e como o índice impacta finanças e investimentos

Entender o que é INPC e como a inflação afeta a sua vida é parte importante da educação financeira. Veja também como é calculado.

Você sabe o que é o INPC? O Índice Nacional de Preços ao Consumidor registra como a inflação afeta metade da população brasileira. Além disso, ele é um dado interessante na análise de alguns investimentos. 

Quer saber como o INPC pode ser utilizado a favor das suas finanças? Então, não deixe de conferir este texto até o final. Acompanhe!

O que é INPC?

O INPC é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor. O dado é mensurado desde 1979 todos os meses pelo IBGE, o Instituto Nacional de Geografia e Estatística. Sua principal função é registrar a oscilação dos preços dos itens de cesta básica e outros produtos e serviços essenciais à população. Ou seja, o INPC mensura a inflação.

Mas o índice não mede um processo inflacionário qualquer. O grande diferencial do INPC é que ele avalia o impacto do aumento dos preços sobre a população de menor renda no Brasil.

Assim, esse índice da inflação registra os dados relativos às famílias com um assalariado que receba entre 1 e 5 salários-mínimos – o que corresponde a cerca de 50% da população brasileira.

Nessa camada populacional, os pesos de produtos e serviços são diferentes daqueles que têm renda mensal maior. Por isso, o INPC avalia o impacto do aumento dos preços entre os mais pobres do país e como as oscilações afetam suas finanças.

Como o INPC é calculado

Depois de descobrir o que é INPC, vale observar que ele possui algumas especificidades no seu cálculo. Assim, o índice considera:

  • População residente nas áreas urbanas das regiões de abrangência do SNIPC
  • Famílias com rendimentos de 1 a 5 salários-mínimos, cuja pessoa de referência é assalariada
  • Preço de 9 categorias de produtos e serviços, subdividas em 465 itens

Então, mensalmente, o Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor (SNIPC) coleta estes dados entre os dias 01 e 30 do mês de referência. A coleta é realizada em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, concessionária de serviços públicos e internet.

INPC e seus impactos nas finanças

Agora, você já sabe o que é INPC e como é calculado. Mas como afeta o seu bolso? Para a gente entender os impactos do INPC sobre as finanças, é necessário compreender o processo inflacionário.

A inflação é, de modo geral, o aumento do nível dos preços. Ela pode ser medida por diversos índices, sendo o IPCA o mais famoso deles.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) abrange diferentes setores da economia. No entanto, os efeitos da inflação se dão de forma diferente entre os mais pobres. Afinal, eles são muito mais sensíveis à variação do preço de produtos e serviços referentes à alimentação, moradia e transporte.

Além disso, os itens variam em importância dentro das categorias. O aumento do preço da passagem de ônibus e do combustível afeta de forma diferente aqueles que têm renda de até 5 salários-mínimos e aqueles que ultrapassam essa faixa.

Por isso, o principal objetivo do INPC é a compreensão de como bens de consumo são distribuídos entre as diferentes faixas de renda. O aumento dos salários pode ser feito de acordo com os indicadores apontados pelo INPC, por exemplo.

Dessa forma, o índice é importante para a análise das finanças e de como o aumento dos níveis de preço afeta a metade da população brasileira.

 

O INPC nos investimentos

Além disso, o INPC também é importante para os investimentos. Algumas aplicações financeiras utilizam o índice como indexador. Ou seja, remuneram seus investidores de forma atrelada ao INPC.

Mas a principal observação que deve ser feita quanto ao INPC e investimentos é com relação à renda fixa.

Se o INPC sobe, é sinal de que há mais inflação na economia. Para inibir o consumo e, assim, controlar o processo inflacionário, o governo pode determinar o aumento da taxa de juros – como a taxa Selic. Dessa forma, com o crédito mais caro, as pessoas compram menos e pode haver redução da inflação.

O grande ponto aqui é que vários títulos de renda fixa são indexados à taxa Selic e indicadores como o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). 

Assim, com a alta do INPC, títulos de renda fixa indexados a índices de inflação e taxas de juros podem melhorar a sua rentabilidade.

Além do INPC: outros índices de inflação

Já vimos que o INPC e o IPCA são os indicadores mais utilizados para mensurar a inflação. Além deles, existem outros números que você deve conhecer e ficar de olho. Confira:

  • IGP-M – Índice Geral de Preços – Mercado
  • IGP-DI – Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna
  • IPC-S – Índice de Preços ao Consumidor Semanal
  • IPC-Fipe – Índice de Preços ao Consumidor – Fipe
  • INCC – Índice Nacional da Construção Civil.

Para entender como a inflação e outros indicadores econômicos afetam as suas finanças e investimentos, conte com a Capital Research. Aqui, você encontra todas as informações de que precisa para investir com mais rentabilidade a partir de conteúdos exclusivos e carteiras recomendadas.

Recomendados

Investimentos

IPCA: como o principal índice de inflação da economia afeta seus investimentos

IPCA, ou índice de preços ao comsumidor amplo é o principal indicador da ...

3 anos atrás

Investimentos

Causas da inflação: razões e impactos da oscilação de preços

...

2 anos atrás

Investimentos

Tipos de Inflação: conheça todos e entenda como impactam a economia de um país.

A inflação é uma variação de preços que acontece em todos os países, o tempo ...

3 anos atrás