Lucro contábil: o que é e como analisar nas ações

Quer entender melhor o que é lucro contábil, sua diferença para o lucro econômico e como analisá-lo nas ações? Veja nosso guia.

Lucro contábil

O lucro contábil é um dos indicadores financeiros mais importantes para gerenciar seus investimentos em ações. Afinal, investir em empresas requer um certo conhecimento em contabilidade, uma vez que seu objetivo é escolher as organizações mais rentáveis e promissoras.

Para facilitar sua análise, vamos explicar o que é lucro contábil, qual a diferença em relação ao lucro econômico e como avaliar essas e outras informações contábeis. Se você quer otimizar as ações da sua carteira, este é um conteúdo essencial. Siga a leitura e aprofunde sua análise.

O que é lucro contábil

O lucro contábil é o resultado financeiro dado pela receita total menos os custos explícitos de uma empresa, conforme apurado pela contabilidade. Para as empresas de capital aberto, a divulgação periódica desse indicador é obrigatória, como uma das principais referências de saúde financeira do negócio. Assim, o lucro contábil é utilizado como uma medida resumida do desempenho da empresa, voltado principalmente a públicos externos como acionistas e investidores.

Para chegar a esse resultado os contadores responsáveis somam todos os custos operacionais da empresa (matérias-primas, folha de pagamento, impostos, despesas administrativas, etc.) e subtraem do faturamento no período.

Um detalhe importante é que esses valores são apurados a partir do regime de competência, ou seja, com receitas e despesas contabilizadas no momento em que ocorrem — independente de quando serão efetuados os pagamentos ou recebimentos. Dessa forma, o indicador se assemelha ao lucro líquido, mas com fins de informação contábil.

Lucro contábil x lucro econômico

Há uma diferença importante entre o lucro contábil e o lucro econômico: o primeiro leva em conta somente os custos explícitos da empresas e o segundo considera os custos de oportunidade no cálculo. Ou seja: enquanto os contadores olham apenas para os custos fixos e variáveis gerados dentro da organização, os economistas vão além e medem os custos por trás das escolhas da empresa.

Para entender o que isso significa, você precisa compreender o conceito de custo de oportunidade. Esse indicador procura medir a possibilidade de maior potencial de ganho dentre todas as alternativas existentes do mercado. Basta pensar que, ao escolher investir em uma determinadas empresa, você está renunciando a diversas outras opções de investimento, certo? Logo, o custo de oportunidade é o que você ganha ou perde ao fazer suas escolhas.

No caso da empresa, é um custo implícito que representa o maior valor que poderia estar sendo obtido com os possíveis caminhos do segmento. Para calcular esse indicador, é preciso subtrair os gastos totais do negócio e mais o custo de oportunidade da receita total. Por essa razão, o lucro econômico é sempre menor do que o lucro contábil — mas, se for menor, significa que o negócio não é a melhor escolha para investimento.

Importância da análise do lucro contábil nas ações

O lucro contábil é um dos principais indicadores do desempenho financeiro de uma empresa e, portanto, essencial para qualquer investidor. Por isso, antes de comprar ações de uma organização na bolsa de valores, é importante que você analise os últimos balanços e tire suas conclusões sobre a situação do negócio. Geralmente, as empresas de capital aberto publicam trimestralmente seu balanço geral, trazendo informações contábeis completas para o investidor.

Como analisar o lucro contábil

Analisar o lucro contábil para tomar decisões de investimento é um dos requisitos básicos para operar na bolsa. Veja como usar esse indicador em favor da sua carteira. 

1. Acompanhe as demonstrações contábeis

As empresas de capital aberto são obrigadas a divulgar várias demonstrações contábeis para informar sua posição patrimonial e financeira aos investidores. Estas são algumas das mais importantes:

Assim, o lucro contábil pode ser conferido nos relatórios trimestrais e dados econômico-financeiros. Para acompanhar as informações contábeis das empresas em que você investe, basta acessar as Empresas Listadas da B3. Lá, você confere demonstrações financeiras, fatos relevantes, comunicados, entre outras informações importantes.

2. Considere também o lucro econômico

Enquanto o lucro contábil mostra se a empresa está crescendo e gerando lucro aos acionistas, o lucro econômico pode ser útil para complementar a análise. Afinal, ao considerar o custo de oportunidade, você estará comparando a rentabilidade das ações a outros investimentos disponíveis, inclusive de empresas concorrentes. Assim, fica mais fácil visualizar as melhores oportunidades no mercado de renda variável e adquirir papéis mais promissores.

3. Analise outros indicadores

Por fim, ao acessar os demonstrativos das empresas, você vai notar que há muitos outros indicadores além do lucro contábil. Então, se você quer aprender a investir melhor e multiplicar seus ganhos com ações, é importante dominar o máximo de conceitos da contabilidade, como patrimônio líquido, equivalência patrimonial, atividades de investimento, ativo total, etc.

Felizmente, você pode contar com o apoio da Capital Reserach e seus conteúdos exclusivos, feitos para descomplicar o universo de investimentos e trazer as melhores recomendações. É só assinar um dos nossos planos e obter acesso à Carteira Capital, newsletter diária e relatórios completos.

Recomendados

Investimentos

Ajuste de Avaliação Patrimonial: entenda o conceito e como aplicar

Saiba como funciona o Ajuste de Avaliação Patrimonial. Confira nosso artigo e ...

3 anos atrás

Investimentos

Anbima CEA: tudo sobre a Certificação de Especialista em Investimentos

Entenda mais sobre como essa certificação pode ser importante para você e quais ...

3 anos atrás

Investimentos

Ancord: Saiba o que é e como funciona essa certificação

Confira o artigo para que você entenda melhor o que é a certificação Ancord e ...

3 anos atrás