Índice de rentabilidade: o que é e como calcular?

Saiba qual o impacto dos índices nos negócios, como calculá-lo, tipos de análise e muito mais

Índice de Rentabilidade

Considerado um dos principais indicadores de desempenho de um negócio, os índices de rentabilidade servem para revelar a capacidade que uma empresa tem em conseguir gerar retorno financeiro a partir dos investimentos realizados. 

Esse retorno pode ser em relação a ativos, investimentos financeiros, patrimônio líquido, entre outros. Neste artigo, vamos explicar a importância dos índices de rentabilidade, como calcular, qual o impacto deste índice e muito mais. Confira. 

Porque é importante saber desse índice?

Os índices de rentabilidade são essenciais para ajudar a analisar se a estratégia que a empresa adotou para determinado negócio está realmente funcionando. Com esses dados, a tomada de decisões é facilitada, contribuindo para que resultados mais assertivos sejam concretizados. 

Conforme a rentabilidade apresentada, novos sócios, acionistas e investidores tem mais embasamento para decidir se é válido ou não entrar no negócio. Além disso, a empresa também consegue analisar a gestão por meio dos índices de rentabilidade, fazendo ajustes para atingir o retorno esperado ou até superá-lo. 

Qual o impacto desse índice para uma empresa? 

É através dos indicadores, incluindo os de rentabilidade, que as empresas podem mostrar aos investidores externos que são opções atrativas no mercado e provar as vantagens do negócio para sócios e acionistas. Este diagnóstico também possibilita que sejam criadas soluções em prol da eficiência do negócio, reduzindo custos e elevando o faturamento.

Como calcular esse índice?

Cada um dos índices de rentabilidade possui uma fórmula específica de cálculo. A seguir, vamos detalhar como funciona o cálculo dos dois principais indicadores: retorno sobre ativos e retorno sobre capital próprio.

  • Retorno sobre ativos: este primeiro indicador é calculado da seguinte maneira:

Lucro líquido / ativos totais x 100 = porcentagem de ROA (Return on Assets). Por exemplo:  

Ativo total: 150 milhões

Lucro líquido: 200 milhões

Aplicando a fórmula:

200 / 150 x 100 = 133,3.

Ou seja, a porcentagem aproximada do retorno sobre ativos neste exemplo é de 133%. 

  • Retorno sobre capital próprio: já o cálculo sobre o capital próprio tem a seguinte fórmula:

Lucro líquido / patrimônio líquido x 100 = porcentagem de ROE (Return on Equity). 

Esse índice é usado para medir a taxa de retorno do capital dos acionistas. Por exemplo: 

Lucro líquido: 200 milhões

Patrimônio líquido: 90  milhões

Aplicando a fórmula:

200 / 90 x 100 = 222,2

Desta forma, a rentabilidade do patrimônio líquido é de 222,2%.

Quais os principais fatores que podem influenciar nesse índice?

Diversos fatores podem influenciar nos índices de rentabilidade, como:

  • Estrutura da empresa: principalmente por conta dos capitais próprios, a estrutura financeira da empresa é um fator essencial para determinar os índices de rentabilidade. A estrutura pode ser definida como o grau de financiamento adotado com capitais próprios e alheios, bem como o custo dos investimentos.
  • Competição: os concorrentes da sua empresa também influenciam nesse índice, pois é primordial estudá-los antes de tomar decisões, independente de qual seja o seu segmento. Uma forte ou fraca concorrência pode afetar radicalmente os resultados do seu negócio.
  • Fatores macroeconômicos: além de tudo isso, a rentabilidade também é afetada pelo ambiente macroeconômico, que variam a cada segmento. Alguns fatores que precisam ser levados em conta na análise financeira são:
  • Indicadores de consumo para projeção da evolução do negócio
  • Sazonalidade, com variação de preços de insumos e consumo, por exemplo
  • Índices de inflação e seu impacto no segmento
  • PIB, situação do emprego e níveis de confiança do consumidor
  • Taxas de juros
  • Riscos políticos, de energia, oferta/preço, etc.

Quais são os tipos de análise dos índices de rentabilidade? 

Existem três tipos principais de análise dos índices de rentabilidade: ROI, ROA e ROE. Confira a importância de cada um deles: 

 

  • ROI: significa Retorno sobre Investimentos e indica qual é a capacidade da empresa de gerar retorno financeiro a partir do valor que foi investido. Pode ser utilizado para medir o poder de ganho total e específico do negócio. No cálculo, o Lucro Líquido é dividido pelos Investimentos em determinado período. Já ´para chegar ao valor do Lucro Líquido, deve-se subtrair todos os custos, sejam fixos e variáveis, da receita bruta da empresa.
  • ROA: são Retornos sobre Ativos e servem para indicar a capacidade da empresa em gerar retorno financeiro a partir de seus ativos, que incluem todos os bens e direitos que podem ampliar o poder aquisitivo. Para chegar a esse valor, o Lucro Operacional –  gerado exclusivamente pela operação do negócio – é dividido pelo valor do Ativo Total Médio em determinado período, sem considerar despesas comerciais, operacionais e administrativas.
  • ROE: por fim, tem o Retorno sobre o Patrimônio Líquido, referente aos valores que os sócios e acionistas têm na empresa e que tem como objetivo revelar quanto a empresa está gerando de retorno financeiro para o capital próprio investido. Esses dados servem para os novos sócios e acionistas avaliarem se a empresa está conseguindo alcançar os resultados esperados ou apenas gastando seu capital. Para chegar a valor, é necessário dividir o Lucro Líquido da empresa pelo Patrimônio Líquido Médio em determinado período. 

 

Os resultados da análise de todos esses cálculos é o que vai ajudar a indicar se o investimento vale a pena ou não. Desta forma, potencializa-se os recursos e diminuem-se os riscos. Isso vale tanto para a expansão de um negócio, criação de uma nova empresa, aplicação em ações, entre outras diversas situações. 

Agora que você já conhece melhor o que são os índices de rentabilidade e a importância deles para os negócios, aplique-os. Acompanhar este e outros indicadores de desempenho para avaliar o sucesso da sua empresa é fundamental para alcançar os resultados desejados. 

Recomendados

Investimentos

Entenda porque a Matemática Financeira pode ser útil para você

Saiba um pouco mais sobre Juros, Amortização, entre outros, em nosso conteúdo ...

3 anos atrás

Investimentos

Fusões e Aquisições: como o processo de M&A influencia nos investimentos

Fusões e aquisições, ou (M&A), são acontecimentos comuns no mercado financeiro. ...

3 anos atrás

Investimentos

Tesouro Direto: passo a passo de como investir

O Tesouro Direto é uma opção mais rentável e tão segura quanto a poupança. ...

3 anos atrás