Efeito manada: o que é e como evitar nos investimentos

O efeito manada pode gerar grandes prejuízos para o investidor. Veja como evitar esse fenômeno e tomar decisões racionais.

Efeito manada

O efeito manada é um grande vilão para o investidor. Entenda o que é e como evitá-lo.

Definitivamente, o efeito manada não combina com investimentos. Movidos pelas tendências do mercado, muitos investidores amargam prejuízos ao ceder aos impulsos coletivos e buscar os ativos da moda.

Esse fenômeno é comum em várias áreas da vida, mas é particularmente perigoso nos investimentos, pois afeta a racionalidade e a capacidade analítica. Por isso, você precisa saber como evitar o efeito manada e tomar suas decisões por conta própria — sem seguir cegamente as tendências.

Siga a leitura e evite perder dinheiro com essa armadilha.

O que é efeito manada

Efeito manada é um fenômeno psicológico coletivo em que as pessoas tendem a seguir o que as outras estão fazendo, geralmente de forma acrítica. O impulso vem da necessidade de seguir o comportamento do grupo, e é típico de seres sociais que vivem em comunidades.

Do ponto de vista evolutivo, essa influência social foi importante para a sobrevivência dos seres humanos, que sempre  beneficiaram da vida coletiva. Até hoje, o efeito manada é percebido em vários aspectos do mundo moderno, como na indústria cultural, tendências de moda e consumo orientado pela avaliação de usuários na internet.

Mas também existe o lado negativo do fenômeno, que pode levar pessoas a seguir uma tendência de forma quase inconsciente, considerar a vontade individual. Além disso, essa ânsia de seguir o grupo prejudica a racionalidade e pode gerar decisões equivocadas.

Como é o efeito manada nos investimentos

No mundo dos investimentos, o efeito manada costuma ser um grande problema. Tudo começa com uma promessa de rentabilidade, que aciona uma corrida pela compra do ativo e, consequentemente, aumenta seu preço no mercado.

Quando o investidor percebe que muitos estão comprando aquele ativo e tendo bons rendimentos, ele tem o impulso imediato de comprá-lo. No entanto, isso pode gerar grandes prejuízos, pois os investimentos são muito mais complexos e não podem ser avaliados sob um critérios de “popularidade”.

No mercado de ações, por exemplo, o efeito manada leva o investidor a fazer tudo ao contrário do que deveria: ele acaba comprando o papel na alta, porque todos estão comprando, e vendendo na baixa, quando a desvalorização afeta seu emocional.

Para ganhar dinheiro na bolsa, é preciso fazer exatamente o oposto, mas o fenômeno coletivo pode ser mais forte do que a capacidade analítica.

Geralmente, os mais influenciados pelo efeito manada são os investidores iniciantes, que ainda se pautam muito na performance dos ativos e querem saber “o que está rendendo mais” no momento. Muitas vezes, as escolhas erradas surgem do medo de ficar para trás, pois o investidor acredita que os outros estão enriquecendo e ele não.

Como evitar o efeito manada nos investimentos

Se você quer fugir do efeito manada nos investimentos, precisa ficar atento e tomar decisões muito bem embasadas. Veja como evitar as ações por impulso.

 

Conheça seu perfil de investidor e objetivos

O único antídoto para o efeito manada nos investimentos é a racionalidade. Para se manter racional, você deve conhecer muito bem seu perfil de investidor e ser fiel aos objetivos que traçou quando decidiu entrar no mercado financeiro.

Se você tiver um plano de investimentos claro, será mais fácil resistir às tentações dos “ativos em alta” que não se encaixam nos seus objetivos e grau de tolerância ao risco.

 

Tenha uma visão de longo prazo

O efeito manada é um fenômeno imediatista, e a melhor forma de evitá-lo é manter sua visão de longo prazo sobre os investimentos. Na bolsa, por exemplo, as desvalorizações eventuais são compensadas pelo crescimento sustentável ao longo dos anos, e você pode perder a chance de ter ganhos consistentes por vender uma ação na hora errada.

 

Mantenha a disciplina e a paciência

Disciplina e paciência são virtudes essenciais do investidor, que ajudam a enfrentar o efeito manada e manter sua cabeça no lugar. Ser disciplinado significa analisar com rigor cada decisão de investimento, enquanto a paciência se encarrega de proporcionar o tempo necessário para obter seus retornos.

 

Invista no controle emocional

O efeito manada atinge diretamente seus medos, inseguranças e pulsões. Por isso é tão importante ter controle emocional para investir, pois, se mover pelas emoções é a receita para perder dinheiro — principalmente na renda variável.

Lembre-se também que o efeito manada é uma expressão do senso comum — e você nunca deve escolher investimentos com base em opiniões rasas. A fonte mais confiável para isso são as análises profissionais do mercado, como os relatórios exclusivos que a Capital Research envia diariamente para você.

Então, em vez de seguir a manada, tome suas próprias decisões de investimentos e monte uma carteira equilibrada, diversificada e focada nos seus objetivos financeiros.    

Recomendados

Investimentos

6 dicas para ficar rico: você também pode alcançar a riqueza!

Confira uma lista com 6 dicas para ficar rico combinando economia de despesas, renda ...

2 anos atrás

Investimentos

Assessor de investimentos: saiba por que a profissão está em alta

Um assessor de investimentos é alguém que aconselha clientes sobre onde aplicar seu ...

2 anos atrás

Investimentos

Cálculo da TIR: como usar a Taxa Interna de Retorno

O cálculo da TIR é mais uma ferramenta que você pode utilizar para escolher os ...

3 anos atrás