Como usar o Custeio ABC para justificar investimentos

Entenda como calcular o Custeio ABC e analisar se o investimento vale a pena.

custeio abc

Antes de calcular o lucro de um investimento, é preciso entender seus custos. Nesse sentido, vários fatores devem ser considerados, como tipo de investimento, produtos e pessoal envolvidos, e até recursos básicos, como energia elétrica. Para realizar este cálculo existe o método de Custeio ABC.

O que é Custeio ABC?

A sigla vem de Activity Based Costing, termo em inglês que significa Custeio Baseado em Atividades. O método foi criado para possibilitar que empresários e investidores visualizem quanto custa cada etapa de uma operação, evitando assim, desperdícios e conseguindo ter um panorama mais abrangente sobre todo o processo.

Com ele, é possível calcular exatamente quanto é gasto em cada etapa, mesmo que os elementos sejam divididos em outras operações. Por exemplo, o valor gasto na energia elétrica utilizada pode ser dividido entre a porcentagem utilizada pelo setor administrativo ou pela produção, assim como o custo homem na preparação ou embalagem de um produto.

Por que analisar antes de investir?

Antes de investir é preciso analisar como o processo de produção funciona, se há gargalos em alguma etapa, desperdícios em outra e onde a verba pode ser melhor empregada para otimizar os processos. É para isso que o Custeio ABC serve. 

Além de maquinários, é possível avaliar também quem os controla, como os colaboradores.

Por exemplo, se os números de acidentes são altos, é preciso investir em segurança para garantir a integridade física dos funcionários, diminuir as ausências e as indenizações. 

Ou, se a operação está lenta, é possível entender se o motivo são os complexos processos. 

Utilizando o método,  os “tiros no escuro” ficam cada vez menores, os investimentos são melhor aplicados e toda a operação poderá sofrer melhorias. Tudo isso através do entendimento do funcionamento e custos de cada etapa. 

Quando é possível comprovar gastos excessivos e possíveis melhoras, fica mais fácil um investimento ser direcionado ao lugar certo e ser aprovado. Afinal, contra dados não há argumentos e quanto menor forem os custos, maiores serão os lucros que os investidores terão. 

Como é calculado o Custeio ABC?

Para que o cálculo seja possível é preciso ter os dados de cada processo que envolve a operação separadamente, como: produtos utilizados, maquinário, pessoal e recursos (água e energia elétrica, por exemplo).

Para se ter esses dados, eles são analisados de duas formas: custos de recurso e custos de atividades:

 

Custo de Recurso

São aqueles que envolvem os recursos necessários para obtenção do produto final, como água e energia elétrica que citamos acima. Para realizar esse cálculo, precisamos descobrir, por exemplo, quantos litros de água são necessários na etapa final da linha de produção.

 

Custo de Atividades

Aqui é analisado o custo da atividade de produção, como funcionários e processos de contratação. É preciso analisar cada setor e função separadamente, pois em cada etapa pode haver dados diferentes. 

Ou seja, é preciso saber quantos colaboradores foram necessários para determinada etapa do processo de produção e qual o valor correspondente pelo tempo em que estiveram nesta atividade.

Para obter os números de custos de cada elemento em cada setor, sejam eles de recursos ou atividades, há alguns passos a se seguir:

  • identificar as atividades relevantes;
  • atribuir os custos às atividades;
  • identificar e selecionar os direcionamentos de custos;
  • demonstrar os resultados.

Como saber se o investimento valerá a pena?

Apenas com uma organização bem estruturada será possível obter estes dados. Com eles em mãos será possível analisar se a instituição que receberá o investimento saberá lidar com ele ou não, e entender onde estão

Também, através desta análise, é possível verificar onde estão os setores ou etapas que mais necessitam de investimentos para que o negócio gire com mais facilidade e obtenha melhores porcentagens de lucro.

Vantagens x Desvantagens

Como tudo que envolve a área contábil, há vantagens e desvantagens na utilização do método de Custeio ABC. Entre as vantagens, pode-se considerar três principais:

  • Melhor definição dos custos em cada processo da operação;
  • Identificação dos produtos ou serviços que consomem mais ou menos recursos;
  • Identificar o real custo de cada atividade dentro dos custos totais.

Da mesma forma, considera-se três desvantagens:

  • O levantamento desses dados pode ser demorado e complexo;
  • As informações podem mudar, por isso requerem revisão constante;
  • É preciso formular as próprias análises.

Com a Capital Research, você tem esse suporte de um jeito simples. Fique sempre bem informado sobre investimentos aqui no blog da Capital Research. Aproveite para acessar nosso site e descobrir mais sobre como encontrar as melhores oportunidades de investimento de forma gratuita.

Recomendados

Investimentos

Asset management: o que é e como funciona a gestão de ativos

O asset management é a gestão inteligente dos seus ativos. Descubra agora como ...

2 anos atrás

Investimentos

Capacidade produtiva: o que é e como analisar nos investimentos

A capacidade produtiva é um fator importante ao analisar uma ação da bolsa. Saiba ...

2 anos atrás

Investimentos

Curva de oferta: o que é e como ajuda a entender seus investimentos

Entenda mais sobre um dos elementos mais importantes da econometria e como ele ...

3 anos atrás