O que são bens substitutos, quais os tipos e exemplos práticos

Descubra como esses bens afetam seu dia e dia, e como refletem no mercado financeiro

Quantas vocês você já foi fazer compras e ficou em dúvida entre qual produto do mesmo segmento escolher? Com tantas opções disponíveis, é preciso decidir com cuidado.

Pois bem, você sabia que esse processo de escolha tem um nome? Chama-se bens substitutos, tema deste artigo. Saiba o que são bens substitutos, confira alguns exemplos e fique por dentro do assunto.

 O que são bens substitutos?

 Bens substitutos podem ser definidos como produtos que concorrem pela preferência de uma pessoa, ou seja, na hora de escolher um bem, o consumidor deixa de selecionar outros para pegar aquele que deseja. São chamados de substitutos por serem consumidos em substituição ao outro.

É difícil encontrar bens que sejam considerados substitutos ideais. Geralmente existe um critério individual subjetivo de seleção, considerando as características de cada um dos bens. Aliás, conforme os bens podem ser substituídos um pelo outro, consequentemente a demanda por ambos também será impactada no mercado, já que a substituição acontecerá de forma mais frequente.

Exemplos de bens substitutos

 É muito fácil encontrar exemplos de bens substitutos no dia a dia. Se você vai ao mercado e fica em dúvida entre comprar margarina ou manteiga por exemplo, quer dizer que ambos são considerados bem substitutos, afinal, a margarina pode substituir a manteiga e vice-versa.

O mesmo vale para a carne de frango ou de boi. Pode observar que se o preço da carne de boi aumentar, naturalmente a demanda pela carne de frango será maior caso ele esteja mais barato. A segunda opção pode substituir a primeira. E a consequência dessa maior demanda pela carne de frango vai gerar um aumento no preço deste bem.

Por fim, um exemplo mais moderno é a relação entre taxistas e motoristas de Uber. Com o surgimento e crescimento do aplicativo, muitas pessoas passaram a utilizar mais o Uber em substituição ao táxi, o que gerou até debate a nível político.

 Tipos de bens substitutos

Os bens substitutos podem ser classificados de duas formas: bens substitutos perfeitos e bens substitutos imperfeitos. Conheça a diferença entre eles:

  • Bens substitutos perfeitos

Como já citado, os bens substitutos perfeitos são muito mais raros de serem encontrados pois a taxa de troca entre os bens é fixa. Por exemplo: suponhamos que um motorista tem como prioridade principal a quantidade de litros gastos por quilômetro na hora de escolher entre abastecer com álcool ou gasolina. Se um litro de gasolina fizer 15 quilômetros e o álcool fizer a mesma distância com dois litros, ele sempre vai substituir o álcool pela gasolina, pois a segunda opção gasta menos litros.

  • Bens substitutos imperfeitos

Caso um bem substituto não seja perfeito, ele naturalmente é imperfeito, que são o caso dos exemplos já citados da manteiga e margarina, carne de boi e carne de frango, etc. Neste caso, os bens são substitutos por conta de sua características, seja preço, tamanho, sabor, segurança, entre outros.

 Impacto dos bens substitutos na economia

 Os bens substitutos tem um grande impacto na economia, afinal, ajudam a regular os preços entre os bens. Se um bem é muito mais vendido que outros, normalmente ficará mais caro e consequentemente vai estimular a compra por outros bens mais baratos, que como demonstrado na relação da carne de boi e frango anteriormente.

Desta forma, na medida em que os bens podem ser substituídos um pelo outro, a demanda por ambos consequentemente também será impactada pelo fato de que as pessoas podem substituir um bem pelo outro se a situação for vantajosa.

 Viu como os bens substitutos são importantes para a economia? Seja bens perfeitos ou imperfeitos, ambos têm um impacto no mercado e ajudam a regularizar esse mercado.

Confira muito mais conteúdo sobre assinando nosso newsletter abaixo!

Recomendados

Investimentos

Aprenda como calcular prestações, de forma rápida e prática

Calcular suas prestações é essencial, não importa qual seu ramo de negócios. ...

3 anos atrás

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás

Investimentos

Como investir em ações com pouco dinheiro: passo a passo

Aprenda como investir e comprar ações com pouco dinheiro, confira nosso passo a ...

3 anos atrás