O que é ativo financeiro, como utilizar e quais são os principais

Entenda a importância de possuir um ativo financeiro e qual encaixa-se mais com o seu perfil

Nos últimos anos, o mercado financeiro tornou-se cada vez mais acessível e somado ao desenvolvimento de inúmeras plataformas digitais, investir é um hábito cada vez mais comum entre as pessoas. Porém, se você também deseja entrar nesse mundo, precisa conhecê-lo mais profundamente.

Um dos conceitos primordiais que é necessário entender são os chamados ativos financeiros. Você sabe o que é um ativo financeiro? Como utilizá-lo? Quais são os principais tipos de ativos financeiros? Confira!

 O que é ativo financeiro?

 Ativo financeiro, basicamente é tudo que tem valor e pode ser negociado no mercado financeiro. Esse valor é derivado de uma reivindicação contratual e geralmente são mais líquidos em relação a outros tipos de ativos, como os tangíveis.  

Entre os exemplos de ativos financeiros mais conhecidos estão as ações, moeda e câmbio, títulos públicos, títulos privados, commodities e o mercado de opções. Existem outros inúmeros ativos, incluindo até objetos como obras de arte, coleções e etc.

Até o momento que o ativo financeiro for convertido em dinheiro, é muito importante que o possuidor desses ativos contenham documentos e certificados sem um valor intrínseco, pois o documento certificando a posse possui um valor derivado em relação ao valor do ativo representado, afinal, mesmo geralmente não sendo físicos, esses ativos são registrados no balanço patrimonial.

 Como utilizar um ativo financeiro?

 O grande desafio de possuir um ativo financeiro é saber como utilizá-lo, por isso, primeiramente é fundamental ter um planejamento financeiro bem consolidado. Não aplique seu dinheiro sem antes entender qual é o melhor tipo de investimento para a sua situação.

Entenda qual é o seu perfil, se é mais conservador, moderado ou arrojado nos investimentos e posteriormente procure profissionais ou empresas habilitadas para te ajudar na hora de investir. Avalie com cuidado quais são as rentabilidades que mais compensam comparando os diferentes ativos financeiros, entenda quais são os maiores rendimentos, os custos de taxa de administração e performance, além da incidência do imposto de renda e outros custos associados.

Quais são os principais tipos de ativos financeiros?

Existem três grandes tipos de ativos financeiros no mercado. São eles:

  • Ativos de geração de renda: esta primeira opção é mais indicada para quem gostaria de ter uma renda periódica. Encaixam-se nesta categorias ativos financeiros como fundos imobiliários e ações. A principal característica deste grupo é a rentabilidade, que pode compensar as possíveis flutuações de valor.
  • Ativos de reserva financeira: ideal para quem deseja fazer investimentos mais seguros, com poucos riscos. O exemplo mais popular desses grupos são as conhecidas poupanças, além dos títulos públicos com rendimento pré-fixado. Por serem investimentos seguros, possuem baixo rendimento e portanto, são indicados para quem deseja guardar dinheiro.
  • Ativos de crescimento: são caracterizados pelo bom rendimento a longo prazo, como por exemplo, os mercados de ações de grandes empresas confiáveis e o fundo de índice (ETF). Como os valores podem oscilar bastante, é mais indicado para quem quer se arriscar no mercado.

Ter um ativo financeiro e saber como investi-lo é fundamental para as suas finanças. Estude bem qual é o seu perfil, quais são os tipos de ativos financeiros e aplique de maneira correta no mercado. Desta forma, seus rendimentos podem crescer, aumentando seus lucros… como também podem regredir caso não aplicado da maneira correta. Por isso, tome cuidado e invista com consciência.

Recomendados

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás

Investimentos

Como comprar ações: confira o passo a passo e 4 formas diferentes para voce começar a investir agora!

Devido à queda da taxa SELIC e a baixa rentabilidade da renda fixa, demanda-se ...

3 anos atrás

Investimentos

Custo de produção: como calcular para investir melhor

Entenda melhor sobre os gastos e custos de produção e como calculá-los para ...

3 anos atrás