Investimento seguro e rentável: 5 opções para começar a aplicar

É um investimento seguro e rentável que você procura? Conheça e avalie ativos que se encaixam nessas características.

Quer opções de investimento seguro e rentável para compor sua carteira? Essa é uma busca de muitos daqueles que dão seus primeiros passos no mercado financeiro.

Afinal, encontrar ativos com essas características representa aplicar dinheiro sem correr tantos riscos e receber um retorno interessante, fazendo seu patrimônio crescer.

Neste artigo, nossa intenção é apresentar a você modalidades de aplicação financeira que possam se adaptar a seu perfil de investidor, expectativas de ganho e propensão ao risco. Por isso, vai encontrar alternativas de investimento que conseguem mesclar boa rentabilidade com relativa segurança. Vamos conferir?

O que é um investimento seguro e rentável?

Qualquer tipo de investimento tem um risco. Isso é fato. O que vai diferenciar um formato do outro é, basicamente, o tamanho desse risco.

Então, caso você esteja em busca de novas aplicações financeiras e formas para ter retorno, deve estar ciente de que sempre haverá uma chance de perder parte do capital aplicado. A diferença é que alguns investimentos são mais instáveis e, outros, neutralizam os riscos.

Nesse sentido, o retorno da aplicação financeira funciona, exatamente, para compensar a exposição ao risco financeiro. Logo, quanto maior o risco, maior a expectativa de retorno. Menor o risco, menores os ganhos.

Assim, um investimento seguro e rentável é aquele que, enquanto tem a capacidade de diminuir ou neutralizar as perdas, proporciona retorno financeiro ao investidor.

Mas o conceito é relativo, uma vez que tudo vai depender da propensão que ele tem ao risco. Ou seja, é preciso saber qual o perfil de quem investe para entender até que ponto as perdas são aceitáveis dentro dessa margem de segurança.

5 investimentos com segurança e rentabilidade

Falar em investimento seguro e rentável é falar em renda fixa. O investidor que aplica em opções como títulos públicos e letras de crédito já sabe o quanto e em quanto tempo receberá pelo investimento.

Confira, assim, 5 tipos de aplicações financeiras com bons ganhos e baixo risco.

 

1. Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um tipo de ativo de renda fixa emitido pelo governo. Os títulos públicos podem ter taxas de juros pré-fixadas, pós-fixadas ou híbridas. Os papéis mais comuns são o Tesouro Prefixado, Tesouro Selic e Tesouro IPCA+.

O Tesouro Prefixado rende a uma taxa determinada e isso garante estabilidade ao investidor. Já o Tesouro Selic e IPCA+ são indexados à taxa de juros básica e níveis de inflação, respectivamente. Portanto, eles sempre vão render mais do que a desvalorização da moeda.

 

2. Letras de Crédito LCI / LCA

Letras de Crédito Imobiliário e Letras de Crédito do Agronegócio funcionam como uma espécie de “empréstimo” do investidor para financiamentos nesses setores. Como são atrelados a garantias reais, os riscos são baixos.

As letras remuneram com taxas bem próximas a 100% do CDI (Certificado de Depósitos Interbancários) ou, até mesmo, superiores. Além disso, são cobertas pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) e isentas de Imposto de Renda – o que aumenta a rentabilidade.

 

3. CDB

Os Certificados de Depósito Bancário são títulos emitidos pelos bancos privados. Assim, o investidor compra CDBs para financiamento das instituições financeiras e é remunerado por elas.

A aplicação é coberta pelo FGC e possui muitas vantagens, como baixo investimento inicial e diferentes maneiras de remuneração.

 

4. Debêntures

As debêntures são papéis de empresas privadas que buscam financiamento no mercado. É um tipo de renda fixa que conta, ainda, com prioridade de pagamento pelas organizações, em caso de falência.

 

5. Fundos de Investimento

Por fim, existem diferentes tipos de fundos de investimento que são mais seguros e rentáveis. Os fundos de renda fixa, por exemplo, destinam cerca de 80% em aplicações como Tesouro, CDB e outras.

Sua diversificação em aplicações traz ainda mais segurança, garantindo a rentabilidade.

Poupança é um investimento seguro e rentável?

Atualmente, a caderneta de poupança está atrelada ao movimento da Taxa Selic. Quando o índice está abaixo de 8,5% a.a. – como agora – sua rentabilidade é de 70% da Selic, somando a Taxa Referencial, que se mantém zerada há três anos

Com a nova regra, a poupança fica com rendimento negativo. Ou seja, descontando a inflação, o resultado de um investimento na caderneta teve perda real de 0,05% em 2019.

Nesse mesmo cenário, investimentos referenciados em CDI, por exemplo, rentabilizaram 1,59%. Assim, aplicar na caderneta de poupança não é uma boa escolha como investimento seguro e rentável.

Como escolher os investimentos para sua carteira

Quer ainda mais opções de investimento seguro e rentável? Siga estas dicas para montar sua carteira e atingir seus objetivos com o dinheiro:

  • Saiba seu perfil de investidor: é conservador, moderado ou arrojado?
  • Estabeleça metas e objetivos claros
  • Estude o mercado de investimentos
  • Elabore estratégias para curto, médio e longo prazo
  • Analise como as opções do mercado podem se adaptar a seu perfil, objetivos, orçamento e estratégias
  • Equilibre rentabilidade com risco, de acordo com as informações que você coletou anteriormente
  • Monte sua carteira de investimentos e invista de maneira disciplinada.

Uma boa carteira de investimentos é aquela que consegue atender às suas expectativas como investidor, ponderando os riscos.

Gostou das dicas? Para ter mais informações importantes, continue acessando nossos conteúdos. Na Capital Research, você encontra tudo o que precisa saber sobre finanças e investimentos.

Recomendados

Investimentos

Risco de Liquidez: o que é e como manter seus investimentos seguros

Descubra como lidar com o risco de liquidez em seus ...

3 anos atrás

Investimentos

Liquidez e Rentabilidade: entenda melhor a diferença entre esses termos financeiros

Saiba mais sobre esses conceitos fundamentais do mercado financeiro e como se ...

3 anos atrás

Investimentos

Índices de rentabilidade: Saiba como funcionam e como calcular

Entenda quais são os principais índices de rentabilidade, como utilizá-los e como ...

3 anos atrás