É possível ficar rico sem ganância no mercado de investimento?

Conheça a diferença entre ganância e ambição e descubra o que é melhor no mercado de investimento: ser um investidor ganancioso ou ambicioso?

A busca por estratégias que permitam aumentar os lucros é frequente. Através dessa busca por uma maior rentabilidade, investidores experientes e iniciantes se veem diante de muitos caminhos dentro do mercado financeiro

Em questão de significância, ganância é um sentimento intenso que leva alguém a querer possuir tudo que deseja ter e alcançar. É um comportamento exagerado, excessivo, na busca de conseguir algo a todo custo. 

Quando começam a investir, por exemplo, muitos se deparam com a ganância e com a ambição no meio do caminho, já que a ideia é ganhar muito dinheiro e, consequentemente, se pretende ficar rico, certo? 

Daniel Kahneman, economista comportamental, analisou o perfil de pessoas em situações em que tomar decisões necessariamente envolve riscos. Ele concluiu que, nesses momentos, o medo de perder é maior do que a vontade de ganhar. 

Mas será que é possível ficar rico sem ganância? O que é melhor: ser um investidor ganancioso ou ambicioso? 

 Ganância x Ambição

Ganância e ambição são dois termos que muito tem relação com o mercado financeiro, e, principalmente, no mundo de investimentos. No entanto, embora tenham significado distinto, muitos podem confundir os dois termos. 

Esse desejo seria o de lucrar cada vez mais, por meio de um desejo extremo de ganhar muito e de forma rápida, a qualquer preço,

A ambição, no entanto, embora seja vista como algo negativo, justamente por ser igualada ao pensamento ambicioso, pode ser uma atitude mais positiva, que impulsiona a pessoa para as ações. A ambição seria correr riscos, sair da zona de conforto e ir além, para superar seus limites. Em linhas gerais, é a determinação de alcançar um objetivo da melhor forma. 

A principal diferença entre um termo e outro está justamente na intensidade: enquanto de um lado temos uma atitude exagerada, e que muitas vezes pode ser direcionada sem planejamento, do outro, temos um caminho para arriscar e superar os limites.

Investir com ganância x Investir com ambição

Ambos termos, ganância e ambição, são impulsionadas pelo desejo de ganhar, mas há a diferença quando a ganância leva à atitude exagerada, enquanto a ambição está mais direcionada à vontade de ter sucesso. 

A partir dessas concepções, pode-se interpretar que investir com ganância pode levar o investidor a caminhos mais impulsivos, pondo em risco suas ações, e de forma vulnerável.

Nesse sentido, há dois polos opostos no que diz respeito às emoções humanas: ganância e medo. 

Por outro lado, o medo de perder é considerável nesse tipo de mercado e acaba por ser maior que a vontade de ganhar. Um estudo, feito por Daniel Kahneman, aponta que a maior parte das pessoas prefeririam não perder R$ 100,00 do que ter um desconto de R$ 100,00 em um produto, por exemplo. 

Isso quer dizer que é necessário haver um equilíbrio entre a ganância (vontade intensa de conseguir algo) e a ambição (determinação para conseguir algo). Afinal, a distância entre investir com ambição ou investir com ganância está no quanto uma pessoa resolve arriscar para alcançar um objetivo. 

É um ponto importante para quem investe: estar disposto a correr riscos. 

No entanto, é necessário ter cuidado quanto ao uso aplicado dos termos, pois as atitudes em excesso sobre um investimento acaba por prejudicar a visão de mercado e pode levar a riscos inconsequentes. Um equilíbrio entre ganância e ambição está no risco calculado, ou seja, na capacidade de planejar suas aplicações, mas também coragem de arriscar dentro do possível.

Dicas para investir e ficar rico sem ganância

Você acaba de descobrir que a ganância e a ambição, na verdade, podem andar juntas e contribuir para seus investimentos. Portanto, a partir de agora, saiba que ficar rico sem ganância (a ganância exagerada e sem o planejamento adequado) é possível. Para isso, seguem três dicas:

 

Objetivos

Obviamente que, no mundo dos investimentos, objetivos são essenciais. Afinal, eles são o melhor estímulo para alcançar seu planejamento. Então, liste seus objetivos de curto, médio e longo prazo de modo que possa pensar em como alcançar cada um deles. Faça metas que lhe permitam atingir seus objetivos. 

Analise o seu perfil de investidor e avalie seu patrimônio, sempre levando em consideração uma boa análise de investimento e planejamento na tomada de decisão. Vale a pena estudar melhor o mercado financeiro para que você encontre a forma mais acertada de investir em seus objetivos e alcançar melhores operações.

 

Estratégia

Como tudo no mundo do investimento, para ter sucesso, é necessário ter um bom planejamento. Junto com o planejamento, vem a metodologia, ou seja, que tipo de estratégia irá seguir para essa operação.

A estratégia precisa levar em consideração a situação atual do mercado, bem como ter certa dose de previsibilidade sobre como isso poderá atingir o objetivo de quem investe. O intuito é que a estratégia permita maximizar seu lucro dentro de um planejamento, seja ele de curto, médio ou longo prazo.

 

Riscos

Todo investimento possui riscos, mas pode-se dizer que o lucro normalmente segue a mesma linha do risco, ou seja, quanto mais arriscado, mais lucrativo será. 

A partir disso, um investidor ganancioso ao extremo é capaz de correr os mais altos riscos e sem perspectiva de gerenciamento da operação.

Nesse ponto é necessário realizar uma autoavaliação. Considere suas escolhas de investimento, a rentabilidade das opções favoráveis, o tempo do lucro que pretende obter, as estratégias que irá utilizar, ferramentas e métodos. Avalie tudo, mas, principalmente, avalie o quanto está disposto a arriscar nesse negócio. 

Afinal, um bom investidor é aquele que consegue perceber a diferença entre suas ambições e suas ganâncias e, acima de tudo, equilibrar ambos os sentimentos em prol de seu sucesso. 

Quer saber como investir melhor? Confira os planos da Capital Research. Você terá acesso a conteúdos exclusivos e ainda terá o auxílio de uma equipe de especialistas para te orientar nos investimentos.

Recomendados

Investimentos

Anbima: entenda o papel dessa associação reguladora do mercado financeiro

Saiba mais sobre o que é a Anbima, entendendo seu papel regulador do mercado e ...

3 anos atrás

Investimentos

Casa de análise: vale a pena? Entenda mais sobre

Investir pode causar muitas dúvidas nos iniciantes, por isso, contratar os serviços ...

2 anos atrás

Investimentos

Como ganhar o primeiro milhão com risco baixo

Buscar conhecimento para investir nas aplicações corretas, ter disciplina e ...

2 anos atrás