Saiba o que é capital nominal, como aumentar e como reduzir o capital da empresa

Fundamental no início de um novo negócio, o capital nominal é um investimento muito necessário para qualquer empresa

No momento de abrir ou administrar inicialmente uma empresa, é comum que muitas dúvidas surjam. Uma delas é sobre o capital nominal ou capital social, fundamental para qualquer negócio.

Você sabe o que é o capital nominal? Que motivos levam a um aumento do capital nominal? Ou então a uma redução? Confira tudo sobre o assunto neste artigo.

 O que é capital nominal?

 Capital social, conhecido também como capital nominal, pode ser definido como os recursos que cada um dos sócios investe no momento da abertura da empresa. Esse investimento é fundamental para que as empresas consigam dar o pontapé inicial nas atividades do novo negócio, considerando que nos primeiros meses, uma empresa dificilmente consegue sustentar-se sozinha. Desta forma, o capital nominal cobre estes custos para que o negócio ganhe fôlego até começar a gerar um lucro que seja suficiente para cobrir as despesas.

Quais são os motivos para o aumento no capital nominal?

 O aumento do capital nominal pode acontecer por diversos motivos. Um dos mais comuns é quando os sócios realizam uma captação de recursos em parceria com investidores ou bancos de financiamentos. Nesta situação, é fundamental ficar atento a questões como custo benefício, prazos de pagamento, valor das prestações, juros, entre outras coisas.

Outra alternativa muito comum para ter um capital integralizado e captar mais recursos são as chamadas debêntures ou commercial papers, que oferece a empresa o compromisso pelo pagamento futuro.

Por fim, com o objetivo de desenvolver operações e reinvestir nas suas operações, também existe ainda a possibilidade de emitir ações ou títulos para que as sociedades anônimas consigam ampliar o capital nominal.

É muito importante ressaltar que a empresa deve registrar por escrito um eventual aumento do capital nominal investido, pois esta ação está prevista em lei e deve detalhar as informações como de onde este dinheiro veio,  a modalidade do aumento, entre outras coisas.

 Quais são os motivos para a redução do capital nominal?

 A redução do capital social também pode ocorrer, mas é menos frequente. Um exemplo é quando pode acontecer é um cenário no qual há o ajuste da diferença entre o capital integralizado no início do negócio e o valor atualizado da empresa. Se a empresa não consegue atingir os objetivos projetados, naturalmente é necessário realizar um ajuste.

Outra forma de redução é a que ocorre por excesso, ou seja, quando o capital investido é maior do que o necessário. Desta forma, se todo o investimento cobre os gastos e ainda sobra um montante considerável, é possível que os proprietários decidem retirar esse dinheiro para investir em outras coisas ou ainda criar uma reserva de lucro.

 O capital nominal é uma ação primordial na abertura de qualquer negócio, garantindo os primeiros passos das empresas no mercado e assegurando que elas consigam competir até começarem a gerar lucros. Vimos também que é possível que esse capital nominal seja ampliado ou reduzido dependendo da situação e que tudo deve ser registrado como garante a legislação brasileira.

Agora que você já conhece mais sobre o assunto, esteja atento a situação do capital nominal da sua empresa ou quem sabe do seu futuro negócio!

Confira nossa newsletter, que atualiza os principais assuntos do mercado financeiro, todos os dias, para você!

 

Recomendados

Investimentos

Bolsa de Valores: o que é, qual sua importância e 5 razões para investir

A Bolsa de Valores pode ser uma maneira de aumentar a rentabilidade dos seus ...

3 anos atrás

Investimentos

CDB e CDI: conheça as diferenças antes de investir

Entenda melhor sobre esses dois tipos de certificado de depósito e como se ...

3 anos atrás

Investimentos

Conheça os 7 melhores aplicativos de controle financeiro

Selecionamos os melhores aplicativos de controle financeiro para você. Saiba qual o ...

3 anos atrás